Arquivos do Rótulo: Nota 4

Brooklyn

zzbrooklyn1

Nota: ★★★★

Brooklyn, a co-produção Inglaterra-Canadá-Irlanda de 2015 dirigida pelo jovem irlandês John Crowley, é um filme maravilhoso, grande, obra-prima. Excede em talento e sensibilidade, e emociona o espectador com sua história triste, amarga, sobre imigração, solidão, saudade, que de repente muda de tom, fica solar, até nova tragédia. Ler Mais »

As Sufragistas / Suffragette

zzsufra1

Nota: ★★★★

As Sufragistas, dirigido pela jovem inglesa Sarah Gavron, é um daqueles filmes que são, além de belas obras de arte, também importantes documentos sobre episódios relevantes da História. Ler Mais »

Todos se van

zztodos1

Nota: ★★★★

A garotinha Nieve (Rachel Mojena), que vemos com 8 anos de idade, foi abençoada com uma inteligência fora de série e, de quebra, um fantástico talento para escrever. No entanto, foi também vítima de duas maldições terríveis, tenebrosas, das piores que pode haver. Ler Mais »

Spotlight: Segredos Revelados / Spotlight

zzspot1

Nota: ★★★★

Filmaço, obra-prima, cinema grande, Spotlight, do diretor Tom McCarthy, trata de dois temas fundamentais – embora, para a imensa maior parte dos espectadores, um deles seja tão importante que acaba eclipsando o outro. Ler Mais »

Amor para a Eternidade / Gui lai

zzamor1

Nota: ★★★★

Zhang Yimou é cineasta de afrescos, de sinfonias, de épicos – planos gerais, multidões em movimento. Tudo em seu estilo é grandioso. Tornou-se extremamente conhecido no Ocidente em boa parte por suas fábulas de uma China do passado remoto – ou de um passado que a rigor jamais existiu –, povoado por adagas e heróis voadores, por guerreiros que mais parecem bailarinos. Ler Mais »

Cinco Graças / Mustang

zzmustang1

Nota: ★★★★

A frase é dita por uma voz de uma adolescente, em off, ainda ao final dos créditos iniciais, antes que surja na tela a primeira sequência de Cinco Graças, no original Mustang: “É como se tudo tivesse mudado em um piscar de olhos. Uma hora, estávamos bem. Depois, tudo ficou uma merda”. Ler Mais »

A Confissão / L’Aveu

zzaveu1

Nota: ★★★★

Nem mesmo Franz Kafka seria capaz de criar essa história de tamanho absurdo kafkiano que viria a acontecer de verdade ali mesmo, na sua cidade natal, a bela Praga, e que Costa-Gavras, Monsieur Cinéma Politique, transformou em um filme em tudo por tudo extraordinário, eletrizante, importantíssimo, em 1970. Ler Mais »

Ponte dos Espiões / Bridge of Spies

zzponte1

Nota: ★★★★

Workaholic absoluto, superdotado, incansável, Steven Spielberg raramente fica dois anos seguidos sem lançar um filme de sua autoria, desde Louca Escapada, de 1974. Ficou entre Lincoln, de 2012, e este Ponte dos Espiões, de 2015.

Valeu a pena esperar. Bridge os Spies é um filmaço, uma obra-prima. Ler Mais »

A Aventura / L’Avventura

zzaventura1

Nota: ★★★★

As relações afetivas são frágeis, precárias, quebradiças. Podem se desfazer a cada momento, sem aviso prévio, sem causa aparente. As pessoas são volúveis, instáveis, imprevisíveis. E, muitas vezes, abertamente, absurdamente contraditórias. Ler Mais »

E aí, Meu Irmão, Cadê Você? / O Brother, Where Art Thou?

zzbrother1

Nota: ★★★★

O Brother, Where Art Thou?, no Brasil E aí, Meu Irmão, Cadê Você?, é um filme genial, uma maravilha, uma obra-prima. Tem qualidades a dar com o pau, e espero poder demonstrar um pouco delas nesta anotação – mas a principal é simples de se explicar. É uma comédia danada de engraçada. É uma das comédias mais absolutamente hilariantes que já vi. Ler Mais »

A Rosa Púrpura do Cairo / A Rosa Púrpura do Cairo

 

zzcairo1

Nota: ★★★★

A Rosa Púrpura do Cairo é um filme genial. Dos mais geniais que já foram feitos.

Algumas palavras e expressões vão perdendo um tanto de seu significado, de sua importância, vão se desgastando, por conta do uso indiscriminado, e “genial” é uma delas. Mas é o adjetivo o mais adequado para A Rosa Púrpura: o filme é o resultado de um lampejo de gênio, uma idéia preciosa, única, especial, genial. Ler Mais »

Downton Abbey – A Quinta Temporada

zzabbey1

Nota: ★★★★

Na minha opinião, Downton Abbey é a melhor série de TV que já foi feita. A quinta temporada (e, infelizmente, penúltima) só confirma, atesta, demonstra isso. Ler Mais »

Anjo / Angel

zzangel1

Nota: ★★★★

Anjo/Angel foi, para mim, uma fantástica, maravilhosa descoberta. Este filme que Ernst Lubitsch fez em 1937 tem muito menos fama, muito menos reconhecimento do que deveria. Pelo que dá para perceber, simplesmente não foi compreendido em sua época. Ler Mais »

Retorno a Ítaca / Retour à Ithaque

zzitaca1

Nota: ★★★★

Em sua segunda incursão a Cuba, após ter realizado um dos episódios de 7 Dias em Havana (2012), o diretor francês Laurent Cantet fez uma obra-prima, um filmaço. Retorno a Ítaca é um filme apaixonado, apaixonante, arrebatado, arrebatador, um tour-de-force, uma espetacular combinação de talentos de grandes atores. Ler Mais »

Como Era Verde o Meu Vale / How Green Was My Valley

zzverde1

Nota: ★★★★

O nome dele era John Ford e, bem diferentemente do que indica sua frase famosérrima, não fazia apenas westerns. Claro, fazia westerns, e fez alguns dos melhores que há. Mas fez de tudo, passou por todos os gêneros. Ler Mais »