Vice

Nota: ★★★★

(Disponível na Amazon Prime Video em 8/2023.)

Maravilhoso, extraordinário, de aplaudir de pé como na ópera, Vice, escrito e dirigido por Adam McKay, de 2018, tem duas características marcantes, fortes, uma formal, a outra de fundo. É um filme inventivo, cheio de criativóis, fogos de artifício, sacadas. E, ao mostrar a vida e a carreira, da juventude à velhice, de Dick Cheney, o vice-presidente de George W. Bush, não é, nem procura ser, de forma alguma, uma obra neutra, objetiva, sem tomar partido. Continue lendo “Vice”

Fleabag

Nota: ★★★½

(Disponível na Amazon Prime Video em 7/2023.)

Fleabag, 33 anos de idade, uma calamidade ambulante, vida pessoal, afetiva, social, econômica um absoluto e total caos, ganha do pai um voucher para uma consulta com uma psicóloga. A mulher (uma participação especialíssima, apenas naquela sequência, da grande Fiona Shaw) pergunta por que ela acha que o pai sugeriu uma terapia. Continue lendo “Fleabag”

O Eterno Feminino / Los Adioses

Nota: ★★½☆

(Disponível na Netflix em 7/2023.)

Alguém de língua ferina e gosto especial por ironia, tipo Pauline Kael, poderia dizer que este Los Adioses, no Brasil O Eterno Feminino, sobre Rosario Castellanos, tem uma boa qualidade: ele deixa o espectador bastante curioso para saber mais sobre essa escritora, poeta, diplomata e feminista mexicana, hoje seguramente bem menos conhecida do que deveria. Continue lendo “O Eterno Feminino / Los Adioses”

Adoráveis Mulheres / Little Women

rating:3.5]

(Disponível na Netflix em 5/2023.)

O romance Little Women, de Louisa May Alcott, publicado em 1868, é um clássico básico, dos maiores, amado de paixão por gerações e gerações. E é tão fundamentalmente norte-americano quanto o hamburguer, a Coca-Cola, as cheerleaders e o chiclete. Não é à toa que foi levado para as telas em 1917, 1918, 1933, 1939, 1946, 1949, 1958, 1970, 1978, 1979, 1994 e 2017, em filmes, filmes produzidos para a TV e minisséries – antes da versão de 2019, dirigida por essa espantosa, fascinante, incrível Greta Gerwig. Continue lendo “Adoráveis Mulheres / Little Women”

Trapped – A Segunda Temporada / Ófærð

Nota: ★★★☆

(Disponível na Netflix em 5/2023.)

A segunda temporada da série islandesa Trapped, de 2018, trata de uma grande gama de temas – racismo, imigração, xenofobia, defesa do meio ambiente x grandes empresas, corrupção, terrorismo, abuso sexual. E, sim, crimes de morte. Assassinatos, vários assassinatos. Muito sangue.    Continue lendo “Trapped – A Segunda Temporada / Ófærð”

Mistério no Mediterrâneo e Mistério em Paris

Nota: ★★½☆

(Disponível na Netflix em 4/2023.)

Em 2011, Jennifer Aniston e Adam Sandler, amigos de longa data, fizeram uma comedinha romântica, Esposa de Mentirinha/Just Go With It. Deu certo. Em 2019, voltaram a fazer juntos uma comedinha – dessa vez, um mistério de assassinato, Murder Mystery, no Brasil Mistério no Mediterrâneo. Deu certo demais da conta. Continue lendo “Mistério no Mediterrâneo e Mistério em Paris”

Um Lindo Dia na Vizinhança / A Beautiful Day in the Neighborhood

Nota: ★★★☆

(Disponível na Netflix em 4/2023.)

Um Lindo Dia na Vizinhança, produção hollywoodiana de 2019, caminha perigosamente na corda bamba. Fala de uma figura bem pouco conhecida no Brasil, mas que na TV americana tem fama semelhante à de um Silvio Santos, uma Xuxa – e é a personificação do pensamento positivo, do modo de ver a vida com otimismo, esperança. Continue lendo “Um Lindo Dia na Vizinhança / A Beautiful Day in the Neighborhood”

Olhar Invisível / La Mirada Invisible

Nota: ★★★☆

(Disponível na Netflix em 2/2023.)

Co-produção Argentina-França-Espanha, La Mirada Invisible, no Brasil Olhar Invisível, de 2010, é um filme esmeradamente realizado – e esmeradamente pretencioso. Pretende ser uma metáfora sobre a ditadura argentina de 1976-1983, ou, de maneira mais ampla, sobre todas as ditaduras; sobre os paralelos entre as pessoas reprimidas, psicológica e sexualmente, e a repressão exercida pelas ditaduras; sobre a disciplina rígida exigida por algumas instituições da sociedade, e como as pessoas com algum grau de poder, do general-presidente ao guarda da esquina, são tomados de fascinação exatamente pelo poder que assumiram. Continue lendo “Olhar Invisível / La Mirada Invisible”

Talk Show: Reinventando a Comédia / Late Night

Nota: ★★½☆

(Disponível na Netflix em 11/2022.)

Uma sinopse rápida de Late Night, no Brasil Talk Show: Reinventando a Comédia, produção americana de 2019, poderia ser assim: o tempo passou na janela e só Katherine Newbury, a estrela premiadíssima de um talk show da TV americana, não viu. Quando a audiência despenca e a rede decide acabar com o programa, a ajuda vem da pessoa que menos parece adequada: uma jovem indiana gorduchinha escurinha sem qualquer experiência no show-business. Continue lendo “Talk Show: Reinventando a Comédia / Late Night”

Homecoming – A Primeira Temporada

Nota: ★★★½

(Disponível na Amazon Prime Video em 10/2022.)

A primeira temporada da série Homecoming, de 2018, é extremamente interessante, por diversos motivos. Instigante, para usar um adjetivo que meu amigo Sandro Vaia proibia, por ter se desgastado pelo uso excessivo. Fisgadora. Continue lendo “Homecoming – A Primeira Temporada”

O Mundo de Gloria / Sic Transit Gloria Mundi

Nota: ★★★½

(Disponível no Now em 9/2022.)

O mundo ao qual a garotinha Gloria chega na primeira e longa sequência do filme – que parece um documentário sobre o nascimento de um bebê – não está preparado para recebê-la. Há pais, avós e tios sorridentes no quarto da maternidade – mas a vida deles é dura, muito dura. Continue lendo “O Mundo de Gloria / Sic Transit Gloria Mundi”

A Verdade / La Vérité

Nota: ★★★½

(Disponível no HBO Max em 9/2022.)

A Verdade/La Vérité, de 2019, é um muito belo e muito sensível filme sobre relações familiares, afetivas – essa coisa que é absolutamente fundamental na vida de todas as pessoas, mas sobre a qual o cinema acaba falando menos do que sobre serial killers, super-heróis e personagens de realidades paralelas tipo Game of Thrones ou Senhor dos Anéis. Continue lendo “A Verdade / La Vérité”

Os Homens São de Marte… E é Pra Lá Que Eu Vou

Nota: ★★★☆

(Disponível na Netflix em 4/2023.)

Acho que eu realmente sou de Marte, porque levei quase 10 anos até finalmente ver Os Homens São de Marte… E é Pra Lá Que Eu Vou, o filme baseado na peça de teatro de Mônica Martelli que por sua vez já havia feito um sucesso espetacular, e que, lançado em 29 de maio de 2014, bateu o recorde de bilheteria daquele ano, e foi visto no cinema por mais de 1,7 milhão de espectadores. Continue lendo “Os Homens São de Marte… E é Pra Lá Que Eu Vou”