O Vingador Invisível / And Then There Were None

Nota: ★★½☆

(Disponível no Cine Antiqua do YouTube em 11/2021.)

And Then There Were None, no Brasil O Vingador Invisível, de 1945, o último filme de René Clair em Hollywood, antes de voltar para a França após o fim da Segunda Guerra Mundial, é sem dúvida alguma gostoso de se ver. Continue lendo “O Vingador Invisível / And Then There Were None”

A Família Addams / The Addams Family

Nota: ★★★☆

(Disponível na Netflix em novembro de 2021.)

As crianças adoram A Família Addams. Quando Raul Julia era visto por crianças, na rua, onde quer que fosse, elas o chamavam de Gomez Addams, o chefe da família – e consta que o grande ator adorava isso. Ele sempre dizia que um de seus prazeres era fazer crianças felizes. Continue lendo “A Família Addams / The Addams Family”

Let Them All Talk

Nota: ★★½☆

(Disponível no HBO Max em julho de 2021.)

Há duas maneiras de se fazer uma sinopse de Let Them All Talk, que Steven Soderbergh rodou em 2019 e lançou em dezembro de 2020, na HBO Max. Antes, porém, gostaria de comentar que tem sido uma moda, uma praxe nessas grandes plataformas de streaming lançar os filmes no Brasil sem título em Português, apenas com o título original. Continue lendo “Let Them All Talk”

Dinheiro Maldito / Private Hell 36

Nota: ★★½☆

(Disponível no Cine Antiqua do YouTube em outubro de 2021. )

Lilli Marlowe usa um bracelete que imita jóias de verdade; custou US$ 11 e uns quebrados, ela mesma diz para Cal Bruner, sargento da Polícia de Los Angeles. Mais tarde, ela, Cal e também o espectador verão um bracelete quase idêntico ao dela, no braço esquerdo de uma mulher rica. Quase idêntico, só que com diamantes de verdade – uma jóia de vários milhares de dólares. Continue lendo “Dinheiro Maldito / Private Hell 36”

O Tempo Não Apaga / The Strange Love of Martha Ivers

Nota: ★★½☆

(Disponível no Cine Antiqua do YouTube em 9/2021.)

Uma das características interessantes de O Tempo Não Apaga/The Strange Love of Martha Ivers, drama pesado de 1946, é que não há propriamente mocinho na história. Não há ninguém imaculado. Muito antes ao contrário. Continue lendo “O Tempo Não Apaga / The Strange Love of Martha Ivers”

Resgate de Sangue / We Were Strangers

Nota: ★★½☆

Em 1949, exatos dez anos antes de guerrilheiros liderados por Fidel Castro, Ernesto Che Guevara e Camilo Cienfuegos derrubarem a ditadura sanguinária de Fulgêncio Batista, John Huston fez um filme sobre uma revolução popular que, em 1933, acabava derrubando uma ditadura sanguinária em Cuba. Continue lendo “Resgate de Sangue / We Were Strangers”

Envolto nas Sombras / The Dark Corner

Nota: ★★½☆

Sombrio já nos títulos, tanto o original, The Dark Corner, quanto o brasileiro, Envolto nas Sombras, e o usado em Portugal, Perdido na Sombra, este policial dirigido por Henry Hathaway em 1946, a época do ouro do noir, é daquele tipo de filme que demora bastante para revelar exatamente do que se trata, afinal. Continue lendo “Envolto nas Sombras / The Dark Corner”

O Inocente / El Inocente

Nota: ★★½☆

Para quem gosta de série com muita violência, reviravolta, mulheres sendo duramente espancadas, sexo com altas doses de sujeira, tara, violência, reviravolta, tomadas de cadáveres rasgados, decompostos, violência, reviravolta, trama artificial que nem plástico sem qualquer coisa a ver com a vida real, situações que só existem em ficção criada por escritores especialmente imaginativos, violência e reviravolta, O Inocente é a mais absoluta perfeição. Continue lendo “O Inocente / El Inocente”

Intermezzo: Uma História de Amor

[rating;2.5]

A história é muito conhecida, das mais lendárias da Hollywood daqueles anos dourados entre 1930 e 1950: o todo-poderoso David O. Selznick assistiu ao filme sueco Intermezzo, feito em 1936, e resolveu importar a atriz de beleza faiscante, uma jovem então desconhecida nos Estados Unidos chamada Ingrid Bergman.     Continue lendo “Intermezzo: Uma História de Amor”

Hebe: A Estrela do Brasil

Nota: ★★½☆

Hebe: A Estrela do Brasil, de 2019, dirigido por Maurício Farias, com Andrea Beltrão no papel-título, não é uma biografia de Hebe Camargo. É bem diferente, nesse sentido, de outros filmes mais ou menos recentes que contam as histórias de grandes personalidades da cultura brasileira, como Chacrinha – O Velho Guerreiro (2018) ou Gonzaga – De Pai Pra Filho (2012). Continue lendo “Hebe: A Estrela do Brasil”