O Homem Que Quis Matar Hitler / Man Hunt

Nota: ★★☆☆

(Disponível no YouTube em 9/2023.)

“Alemanha, pouco antes da guerra”, informa o letreiro após os rápidos créditos iniciais. E logo em seguida a primeira sequência do filme – lançado em 1941, o mundo em guerra, a Alemanha nazista dominando quase toda a Europa, os Estados Unidos ainda neutros – mostra um homem maduro, experiente, em uma colina, apontando a mira de seu fuzil telescópico diretamente para Adolf Hitler. Continue lendo “O Homem Que Quis Matar Hitler / Man Hunt”

Sua Única Saída / Pursued

[rating;2]

(Disponível no YouTube em 3/2023.)

Em 1947, o grande Raoul Walsh dirigiu Teresa Wright, Robert Mitchum e Judith Anderson (os nomes aparecem nessa ordem, nos créditos e nos cartazes originais) em Pursued, perseguido, no Brasil Sua Única Saída. É um western, mas a rigor é um baita dramalhão, uma coletânea de dramas familiares – até o caso de amor entre os dois protagonistas é um drama familiar. Alguém usou para ele a expressão “western freudiano”. Continue lendo “Sua Única Saída / Pursued”

Licorice Pizza

Nota: ★★☆☆

(Disponível no Now em 10/2022.)

Endeusado por uma imensa multidão de fãs, queridinho absoluto da crítica e dos júris de festivais, com 97 prêmios e outras 268 indicações, inclusive 11 aos Oscars, Paul Thomas Anderson é mais que um realizador cult: é um fenômeno. Continue lendo “Licorice Pizza”

Seberg Contra Todos / Seberg

Nota: ★★☆☆

(Disponível na Netflix em 8/2022.)

A melhor coisa deste Seberg, no Brasil Todos Contra Seberg, co-produção Inglaterra-EUA de 2019, é o fato de ele ter sido feito, de ele existir. Porque é importante que seja conhecida a história real que ele conta – a terrível, insana, criminosa perseguição exercida pelo FBI, a polícia federal americana, contra a atriz Jean Seberg, no final dos anos 60 e início dos 70. Continue lendo “Seberg Contra Todos / Seberg”

Toscana

Nota: ★★☆☆

(Disponível na Netflix em 7/2022.)

Toscana, produção dinamarquesa de 2022 exibida pela Netflix, me pareceu um filme estranho, esquisito. Me ocorreu a palavra esquizofrênico, mas, como não sei absolutamente nada de psiquiatria, tento procurar outros termos. Uma hidra de duas cabeças, talvez. Continue lendo “Toscana”

Mistério de uma Mulher / Ladies in Retirement

Nota: ★★☆☆

(Disponível no Cine Antiqua do YouTube em 4/2022.)

Gótico. Esse foi o adjetivo que ficou pipocando na minha cabeça quando vimos Mistério de uma Mulher, no original Ladies in Retirement, uma produção de 1941 dirigida por Charles Vidor e estrelada pela sempre impressionante Ida Lupino. Continue lendo “Mistério de uma Mulher / Ladies in Retirement”

Feios, Sujos e Malvados / Brutti, Sporchi e Cattivi

Nota: ★★☆☆

Quando fez Feios, Sujos e Malvados, em 1976, o grande Ettore Scola vinha de Nós Que Nos Amávamos Tanto (1974), uma obra-prima, uma absoluta maravilha, um hino ao socialismo, à solidariedade, ao amor, um painel da História da Itália ao longo de três décadas que é também um afresco sobre o próprio cinema italiano. Continue lendo “Feios, Sujos e Malvados / Brutti, Sporchi e Cattivi”

A Voz Suprema do Blues / Ma Rainey’s Black Bottom

Nota: ★★☆☆

Fala-se demais em A Voz Suprema do Blues, no original Ma Rainey’s Black Bottom. Discute-se demais, briga-se demais, berra-se demais, A grande Viola Davis, que interpreta Ma Rainey (1886-1939), a personagem-título, a pioneira do blues, até que canta uma música e é dublada em umas poucas outras; mas, sobretudo, fala demais. Continue lendo “A Voz Suprema do Blues / Ma Rainey’s Black Bottom”