Amor Moderno / Modern Love

Nota: ★★★★

Amor Moderno/Modern Love tem uma estrutura bastante diferente de quase todas as outras séries. Não conta uma única história, longa, que vai se desenvolvendo com o passar do tempo; nem mostra os mesmos personagens vivendo em cada episódio ou cada temporada um caso, uma história específica. Não, nada disso. Nada a ver com a estrutura de Friends ou Grey’s Anatomy ou Downtown Abbey; nem com Dexter ou Law & Order. Continue lendo “Amor Moderno / Modern Love”

Passagem para a Índia / A Passsage to India

Nota: ★★★★

Quando Passagem para a Índia – o último dos 16 filmes realizados pelo mestre David Lean, em 1984 – está com 47 dos seus 163 minutos que passam bastante depressa, a protagonista da história, a jovem inglesa Adela Quested, o papel de Judy Davis, então com 29 anos, se aventura em um passeio de bicicleta. Continue lendo “Passagem para a Índia / A Passsage to India”

O Signo de Vênus / Il Segno di Venere

Nota: ★☆☆☆

Há um monte de nomes importantes nos créditos iniciais de O Signo de Vênus/Il Segno de Venere, produção italiana de 1955 que no início de 2021 estava disponível na Netflix. A começar do diretor, Dini Risi, o realizador que o grande Jean Tulard chama de “o príncipe da comédia italiana”. “Não nos aborrecemos jamais com Risi”, sentenciou o crítico em seu Dicionário de Cinema – Os Diretores. Continue lendo “O Signo de Vênus / Il Segno di Venere”

Jornada nas Estrelas IV: A Volta Para Casa / Star Trek IV: The Voyage Home

Nota: ★★★½

Este Jornada nas Estrelas IV: A Volta Para Casa, de 1986, é um filme inteligente, delicioso, engraçado, bem humorado, agradável. E tem seu lado sério: antes que isso virasse moda mundial, faz uma vigorosa, magnífica defesa da preservação do meio-ambiente. Continue lendo “Jornada nas Estrelas IV: A Volta Para Casa / Star Trek IV: The Voyage Home”

Os melhores filmes da década de 90

Na lista dos melhores filmes da década em que o cinema fez 100 anos, a década de 90, já não há obras dos cineastas que eram grandes na minha adolescência, nos anos 60. Não há, na lista abaixo – bem diferentemente das décadas anteriores – filmes de Luchino Visconti, Ingmar Bergman, Michelangelo Antonioni, Orson Welles, Federico Fellini, Luis Buñuel, Pier Paolo Pasolini, François Truffaut, Alain Resnais. Continue lendo “Os melhores filmes da década de 90”

Mare of Easttown

Nota: ★★★½

Mare of Eastttown, série americana da HBO de 2021, já seria ótima apenas pela interpretação de Kate Winslet, essa atriz absolutamente superlativa, em momento de especial brilho no papel da personagem- título, uma dedicada sargento-detetive de cidade pequena da Pensilvânia que parece um poderoso ímã capaz de atrair para seus ombros todos os problemas do mundo. Continue lendo “Mare of Easttown”

Meus Dois Carinhos / Pal Joey

Nota: ★☆☆☆

Meus Dois Carinhos/Pal Joey, de 1957, reúne duas das mais lindas atrizes de Hollywood, Rita Hayworth e Kim Novak, uma das figuras mais carismáticas, lendárias, do showbusiness, Frank Sinatra, e diversas das mais belas canções da dupla Rodgers & Hart, o que significa que são das mais belas da Grande Música Americana. E é uma porcaria. Continue lendo “Meus Dois Carinhos / Pal Joey”

Criminal: Espanha / Criminal: España

Nota: ★★★☆

Os três episódios da série Criminal: Espanha são inquietantes,  perturbadores. Não sei se a intenção geral do conjunto de séries Criminal – além da espanhola, há as feitas na Alemanha, na França e no Reino Unido – é exatamente essa, mas, para mim, foi o que marcou. Continue lendo “Criminal: Espanha / Criminal: España”

A Mulher na Janela / The Woman in the Window

Nota: ★★★½

É uma bela, envolvente, algumas vezes apavorante homenagem a Alfred Hitchcock e aos policiais noir dos anos 40 esta que o inglês Joe Wright fez nos Estados Unidos. É verdade que, na sequência climática bem perto do final, descamba para o desnecessário exagero de violência tão comum nos thrillers americanos, mas nem isso compromete a qualidade deste A Mulher na Janela. Continue lendo “A Mulher na Janela / The Woman in the Window”