Jaguar

Nota: ★★★☆

(Disponível na Netflix em 9/2021.)

Jaguar, minissérie espanhola de 2021 distribuída pela Netflix, vem com a promessa de trama muito interessante, abordando um tema sério. Na Madri de 1962, no fundo da ditadura fascista do generalíssimo Francisco Franco, onde vivem muito à vontade criminosos nazistas que escaparam do Tribunal de Nuremberg, uma sobrevivente de campo de concentração planeja executar o monstro que havia assassinado seu pai em Mauthausen. Continue lendo “Jaguar”

Surpresas Convencionais / The Dark Horse

Nota: ★☆☆☆

(Disponível no YouTube em 12/2021.)

Surpresas Convencionais, no original The Dark Horse, produção de estúdio pequeno de 1932, tem Bette Davis no elenco, uma Bette Davis então muito jovem e muito loura, com apenas 24 anos de idade – mas já no décimo dos 124 títulos de sua carreira gloriosa. Foi por ela que resolvi experimentar o filme pouco conhecido. Continue lendo “Surpresas Convencionais / The Dark Horse”

Anatomia de um Escândalo / Anatomy of a Scandal

Nota: ★★★★

(Disponível na Netflix em abril de 2022.)

A principal característica de Anatomia de um Escândalo, minissérie co-produção Inglaterra-EUA lançada na Netflix em abril de 2022, é que é uma obra feminina. São mulheres a diretora, uma dos dois roteiristas e a autora do livro em que se baseia – ela também produtora executiva. E são mulheres as duas personagens principais. Continue lendo “Anatomia de um Escândalo / Anatomy of a Scandal”

Não Olhe Para Cima / Don’t Look Up

Nota: ★★★★

(Disponível na Netflix em março de 2022.)

Não Olhe Para Cima não é assim propriamente um filme fino, educado, elegante. De jeito algum. Não tem nada a ver com o que antigamente se chamava de piada de salão. É uma piada de botequim – sem qualquer medo de ser grosseira, suja, cheia de palavrões. Continue lendo “Não Olhe Para Cima / Don’t Look Up”

A Insustentável Leveza do Ser / The Unbearable Lightness of Being

Nota: ★★★★

(Disponível em DVD da Warner Bros.)

Poucos escritores e poucos romances foram tão absolutamente incensados, admirados, amados quanto Milan Kundera e seu A Insustentável Leveza do Ser – pelo menos durante os tempos, como diria Bertold Brecht, que me deram para viver. Continue lendo “A Insustentável Leveza do Ser / The Unbearable Lightness of Being”

A Sombra de Stálin / Mr. Jones

Nota: ★★★½

(Disponível na Netflix em 12/2021.)

Em Katyn, de 2007, o mestre Andrzej Wajda reconstituiu, com a competência e o talento inigualáveis, um dos mais monstruosos crimes cometidos pela União Soviética chefiada por Josef Stalin: o massacre, intencional, planejado, de cerca de 12 mil oficiais poloneses, ocorrido em 1940. Neste Mr. Jones aqui, de 2019, a grande Agnieszka Holland, a  brilhante discípula de Wajda, desnuda outro dos mais monstruosos crimes do ditador-assassino: o Holodomor, o genocídio intencional, planejado, de milhões de pessoas pela fome na Ucrânia, nos anos de 1932 e 1933. Continue lendo “A Sombra de Stálin / Mr. Jones”

A Jornalista / Shinbun Kisha

Nota: ★★★½

(Disponível na Netflix em 2/2022.)

A Jornalista, minissérie japonesa de 2022, é extraordinária, uma beleza, uma maravilha. Tem diversas qualidades. Infelizmente, porém, não dá para fugir da verdade: para nós, brasileiros, o ponto mais impressionante de todos é a diferença absurda, gigantesca, amazônica, jupeteriana, que a série demonstra que existe entre o Brasil e o Japão, os brasileiros e os japoneses. Continue lendo “A Jornalista / Shinbun Kisha”

Collateral

Nota: ★★★★

Collateral, impecável minissérie inglesa de 2018, começa com um assassinato: um motoboy entrega uma pizza num apartamento no Sul de Londres e, quando chega de volta à calçada do prédio, é atingido por uma bala certeira, precisa, disparada – o espectador logo terá certeza disso – por profissional experiente. Continue lendo “Collateral”

Resgate de Sangue / We Were Strangers

Nota: ★★½☆

Em 1949, exatos dez anos antes de guerrilheiros liderados por Fidel Castro, Ernesto Che Guevara e Camilo Cienfuegos derrubarem a ditadura sanguinária de Fulgêncio Batista, John Huston fez um filme sobre uma revolução popular que, em 1933, acabava derrubando uma ditadura sanguinária em Cuba. Continue lendo “Resgate de Sangue / We Were Strangers”

A Ausência Que Seremos / El Olvido Que Seremos

Nota: ★★★☆

O médico colombiano Héctor Abad Gómez era um daqueles homens que Bertold Brecht definiria como imprescindíveis. Lutou a vida inteira pelo bem, pela saúde pública, por melhor as condições de vida das populações mais pobres de seu país. Uma parte de sua vida é contada neste belo El Olvido Que Seremos (2020), do espanhol Fernando Trueba – que, a cada novo filme, demonstra ser, ele também, um imprescindível. Continue lendo “A Ausência Que Seremos / El Olvido Que Seremos”