Um Ato de Esperança / The Children Act

Nota: ★★★½

(Disponível no Now em agosto de 2021)

Quando The Children Act, no Brasil Um Ato de Esperança, chega aos cinco dos seus 95 minutos de duração, Fiona Maye (o papel da maravilhosa Emma Thompson) já tomou uma das decisões mais difíceis de sua longa e respeitável carreira como juíza do Tribunal Superior da Inglaterra, a High Court de Londres. Continue lendo “Um Ato de Esperança / The Children Act”

Boy Erased: Uma Verdade Anulada / Boy Erased

Nota: ★★★½

(Disponível na Netflix em 8/2021)

Boy Erased, co-produção Austrália-EUA de 2018, não é um filme fácil de se ver. Muitíssimo ao contrário. Ver seus 115 minutos é algo extremamente doloroso, angustiante, apavorante. Continue lendo “Boy Erased: Uma Verdade Anulada / Boy Erased”

Não Olhe Para Cima / Don’t Look Up

Nota: ★★★★

(Disponível na Netflix em março de 2022.)

Não Olhe Para Cima não é assim propriamente um filme fino, educado, elegante. De jeito algum. Não tem nada a ver com o que antigamente se chamava de piada de salão. É uma piada de botequim – sem qualquer medo de ser grosseira, suja, cheia de palavrões. Continue lendo “Não Olhe Para Cima / Don’t Look Up”

A Dança dos Vampiros / Dance of the Vampíres ou The Fearless Vampire Killers

Nota: ★★★½

(Disponível em DVD da Cinemagia.)

Ao rever A Dança dos Vampiros agora, mais de meio século depois de seu lançamento em 1967, o que mais impressiona é a versatilidade de Roman Polanski, a capacidade do grande realizador de passar pelos mais diferentes gêneros, sempre com maestria. Continue lendo “A Dança dos Vampiros / Dance of the Vampíres ou The Fearless Vampire Killers”

A Sombra de Stálin / Mr. Jones

Nota: ★★★½

(Disponível na Netflix em 12/2021.)

Em Katyn, de 2007, o mestre Andrzej Wajda reconstituiu, com a competência e o talento inigualáveis, um dos mais monstruosos crimes cometidos pela União Soviética chefiada por Josef Stalin: o massacre, intencional, planejado, de cerca de 12 mil oficiais poloneses, ocorrido em 1940. Neste Mr. Jones aqui, de 2019, a grande Agnieszka Holland, a  brilhante discípula de Wajda, desnuda outro dos mais monstruosos crimes do ditador-assassino: o Holodomor, o genocídio intencional, planejado, de milhões de pessoas pela fome na Ucrânia, nos anos de 1932 e 1933. Continue lendo “A Sombra de Stálin / Mr. Jones”

A Jornalista / Shinbun Kisha

Nota: ★★★½

(Disponível na Netflix em 2/2022.)

A Jornalista, minissérie japonesa de 2022, é extraordinária, uma beleza, uma maravilha. Tem diversas qualidades. Infelizmente, porém, não dá para fugir da verdade: para nós, brasileiros, o ponto mais impressionante de todos é a diferença absurda, gigantesca, amazônica, jupeteriana, que a série demonstra que existe entre o Brasil e o Japão, os brasileiros e os japoneses. Continue lendo “A Jornalista / Shinbun Kisha”

Desfile de Páscoa / Easter Parade

Nota: ★★★½

(Disponível em DVD.)

Desfile de Páscoa/Easter Parade, de 1948, dirigido por Charles Walters, é o único filme em que se reuniram os sensacionais talentos de Fred Astaire e Judy Garland. É um perfeito produto da MGM, o estúdio que fez vários dos melhores de todos os grandes musicais de Hollywood – e tem uma dúzia de maravilhosos números de canto & dança, ao som de canções de um dos maiores compositores da Grande Música Americana e portanto de toda a música popular do planeta, Irving Berlin. Continue lendo “Desfile de Páscoa / Easter Parade”

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban / Harry Potter and the Prisioner of Azkaban

Nota: ★★★½

Em time que está ganhando não se mexe, e então, apesar de ter havido algumas mudanças, toda a base se manteve, e o terceiro filme da saga Harry Potter, de 2004, é tão maravilhoso, tão delicioso, e tão esplendorosamente bem realizado quanto os dois primeiros, … e a Pedra Filosofal (2001) e … e a Câmara Secreta (2002). Continue lendo “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban / Harry Potter and the Prisioner of Azkaban”

Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre / Never Rarely Sometimes Always

Nota: ★★★½

É excelente, excepcional este filme de título tão estranho e interessante, uma típica produção do cinema independente americano, obra que parece bem pessoal de uma jovem diretora e roteirista, Eliza Hittman. Excelente, excepcional, feito com imenso talento. E é também desagradabilíssimo de se ver. Continue lendo “Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre / Never Rarely Sometimes Always”

Gerônimo: Uma Lenda Americana / Geronimo: An American Legend

Nota: ★★★½

Ao contrário do que o título sugere, Geronimo: An American Legend, de 1993, não é propriamente uma biografia do famosérrimo guerreiro apache, um dos últimos chefes indígenas a ser derrotado pelo Exército dos Estados Unidos, já nos anos 1880. A narrativa se concentra apenas nos últimos meses antes de ele ser finalmente derrotado. Continue lendo “Gerônimo: Uma Lenda Americana / Geronimo: An American Legend”

Vientos de Agua

Nota: ★★★½

Vientos de Agua, série de 2006 do grande Juan José Campanella, é um imenso, gigantesco, incomensurável afresco, um painel ousado, ambicioso, um épico monumental. Pretende fazer nada menos que um retrato da História, das mudanças na vida da Argentina e da Espanha num largo espaço de tempo – de 1934 a 2005. Continue lendo “Vientos de Agua”

Relatos do Mundo / News of the World

Nota: ★★★½

Deu-se muitíssimo bem o realizador inglês Paul Greengrass, autor de vários filmes baseados em fatos reais, ao entrar pela primeira vez no universo do western, esse gênero tão arraigadamente americano que é um dos mais antigos do cinema. Relatos do Mundo/News of the World, produção de 2020, requintadamente bem realizada em todos os aspectos técnicos, é uma beleza de filme. Continue lendo “Relatos do Mundo / News of the World”