Conflito de Duas Almas / Golden Boy

Nota: ★★★☆

(Disponível no YouTube em 8/2023.)

Um dos cartazes originais para o lançamento de Golden Boy, no Brasil Conflito de Duas Almas, em outubro de 1939, tinha uma imagem que é a mais perfeita propaganda enganosa, e uma frase que até era em parte verdadeira. Não há nada, absolutamente nada no filme parecido com a figura de uma mulher deitada de braços abertos para um homem que se aproxima dela para – cráu! Continue lendo “Conflito de Duas Almas / Golden Boy”

O Eterno Feminino / Los Adioses

Nota: ★★½☆

(Disponível na Netflix em 7/2023.)

Alguém de língua ferina e gosto especial por ironia, tipo Pauline Kael, poderia dizer que este Los Adioses, no Brasil O Eterno Feminino, sobre Rosario Castellanos, tem uma boa qualidade: ele deixa o espectador bastante curioso para saber mais sobre essa escritora, poeta, diplomata e feminista mexicana, hoje seguramente bem menos conhecida do que deveria. Continue lendo “O Eterno Feminino / Los Adioses”

O Anjo das Ruas / Street Angel

Nota: ★★★☆

(Disponível no YouTube, em 8/2023.)

O Anjo das Ruas, produção de 1928, quase um século atrás, pode causar estranheza entre as audiências mais jovens, e até surpreender pessoas que já deixaram bem para trás a juventude. Mas, independentemente da época em que foi feito, é um belo filme, forte, interessante, fascinante. Continue lendo “O Anjo das Ruas / Street Angel”

O Beijo Amargo / The Naked Kiss

Nota: ½☆☆☆

(Disponível no YouTube em 7/2023.)

The Naked Kiss, no Brasil O Beijo Amargo, de 1964, foi “escrito, produzido e dirigido por Samuel Fuller”, como está escrito nos créditos iniciais. Realizador lendário, mítico, para usar os adjetivos que escolhi para a abertura de meu comentário sobre seu ótimo Anjo do Mal/Pickup on South Street, Samuel Fuller é adorado, endeusado pelos críticos e por ele mesmo. Continue lendo “O Beijo Amargo / The Naked Kiss”

Maestro

Nota: ★★★★

(Disponível na Netflix em 1/2024.)

Leonard Bernstein foi uma figura admirável, de talento esplendoroso. O primeiro grande maestro nascido nos Estados Unidos, da estatura dos maiores do século XX, Arturo Toscanini, Herbert von Karajan, Karl Böhm. O compositor e pianista erudito que não teve medo de se imiscuir nas artes populares, e revolucionou o teatro musical americano com West Side Story. Um homem de vida pessoal rica, turbulenta, ousada – e de imensa sorte, como muito bem mostra logo de cara Maestro, o filme que conta uma parte da biografia do grande artista. Continue lendo “Maestro”

Um Triste Prazer / Damaged Lives

Nota: ★★½☆

(Disponível no Dwan e Walsh Filmes, no YouTube, em 7/2023.)

Damaged Lives, de 1933, no Brasil Um Triste Prazer, não é um grande filme, em nenhuma das acepções do adjetivo. Em tamanho, duração, é bem pequeno, com apenas 61 minutos. Mas, para quem gosta de cinema, de História do Cinema, é uma preciosidade. E por vários motivos. Continue lendo “Um Triste Prazer / Damaged Lives”

Gente Ansiosa / Folk med ångest

Nota: ★★★★

(Disponível na Nefflix em 6/2023.)

O título, Gente Ansiosa, não é nada atraente. E, no primeiro dos seis episódios curtinhos desta série sueca de 2021, um dos personagens centrais, um jovem policial de uma cidade do interior, se atrapalha tanto diante de uma de tentativa de assalto a banco, e faz tanta bobagem, que por um momento o espectador pode ter a sensação de que está diante de uma comédia boba. Continue lendo “Gente Ansiosa / Folk med ångest”

Carne Trêmula / Carne Tremula

Nota: ★★★½

(Disponível na Netflix em 5/2023.)

Carne Trêmula (1997) é uma beleza de filme, como tantos outros de Pedro Almodóvar. Como tantos outros desse realizador especial, um dos mais importantes que há, tem diversas qualidades e características interessantes. Na minha opinião, a melhor delas é a trama. Meu Deus, que trama fascinante, envolvente, criativa, um emaranhado de eventos, coincidências, surpresas ligando os cinco personagens centrais. Continue lendo “Carne Trêmula / Carne Tremula”

Fiéis / Faithfully Yours

Nota: ★★½☆

(Disponível na Neflix em 5/2023.)

Quase toda a ação se passa em Flandres, Bélgica, no município litorâneo de Oostende, à beira do Mar do Norte, mas é uma produção dos Países Baixos; os personagens são todos holandeses, falam, é óbvio, na língua que conhecemos como holandês. Mas a epígrafe e o título do filme são em inglês. Continue lendo “Fiéis / Faithfully Yours”

O Sol Brilha na Imensidão / The Sun Shines Bright

Nota: ★★★☆

(Disponível noYouTube em 6/2023.)

O gigante John Ford fez dois filmes com o personagem William Pittman Priest: O Juiz Priest/Judge Priest, de 1934, e O Sol Brilha na Imensidão/The Sun Shines Bright, de 1953. Este aqui ele dizia ser o favorito entre seus filmes – e, diabo, isso não é pouca coisa, de jeito nenhum. Continue lendo “O Sol Brilha na Imensidão / The Sun Shines Bright”

Adoráveis Mulheres / Little Women

rating:3.5]

(Disponível na Netflix em 5/2023.)

O romance Little Women, de Louisa May Alcott, publicado em 1868, é um clássico básico, dos maiores, amado de paixão por gerações e gerações. E é tão fundamentalmente norte-americano quanto o hamburguer, a Coca-Cola, as cheerleaders e o chiclete. Não é à toa que foi levado para as telas em 1917, 1918, 1933, 1939, 1946, 1949, 1958, 1970, 1978, 1979, 1994 e 2017, em filmes, filmes produzidos para a TV e minisséries – antes da versão de 2019, dirigida por essa espantosa, fascinante, incrível Greta Gerwig. Continue lendo “Adoráveis Mulheres / Little Women”

Quem Ama Não Teme / Never Fear e Escravo de Si Mesmo / Beware, My Lovely

Nota: ★★½☆

(Disponíveis no YouTube em 5/2023.)

Ida Lupino é absolutamente admirável. Atriz, roteirista, produtora e diretora em uma época em que quase nenhuma mulher dirigia e produzia em Hollywood, era um vulcão, uma força da natureza, uma artista “extremamente talentosa, intensa”, como sintetizou a Baseline.  Continue lendo “Quem Ama Não Teme / Never Fear e Escravo de Si Mesmo / Beware, My Lovely”