O Destino de uma Nação / Darkest Hour

Nota: ★★★½

Darkest Hour, no Brasil O Destino de uma Nação (2017), do jovem talentosérrimo Joe Wright, defende uma tese: a de que foi Winston Churchill que fez o Reino Unido lutar contra a Alemanha nazista. Foi obra dele – e ele teve que enfrentar dura oposição de muita gente que preferia tentar um acordo de paz com Adolf Hitler. Ler Mais »

Uma Aventura na Martinica / To Have and Have Not

Nota: ★★½☆

A mística em torno de To Have and Have Not, no Brasil Uma Aventura na Martinica, é imensa, densa, gostosa, passional – e enfumaçada, como eram os bares de antigamente. O filme, na verdade, é muitíssimo menor que a mística, a lenda, a fama, a glória, mas fazer o quê? Nada é perfeito. Ler Mais »

The Post: A Guerra Secreta / The Post

Nota: ★★★★

The Post, o filme de Steven Spielberg de 2017 sobre o jornal Washington Post e os Papéis do Pentágono, é um filme extraordinário em todos os sentidos, um filmaço, uma obra-prima – e de imensa importância, por relatar aqueles fatos que são fundamentais não apenas para a História dos Estados Unidos da América como também de toda a civilização humana. Ler Mais »

Os filmes que não suportei ver até o fim (5)

Eis aí uma pequena leva de filmes que não consegui ver até o fim, nos últimos meses.

Repito o que disse da última vez que publiquei um post assim: sempre tive uma paciência de Jó, um estômago forte para agüentar abacaxis. Ler Mais »

Depois Daquela Montanha / The Mountain Between Us

Nota: ★★★☆

Dois personagens, e apenas eles dois, ocupam praticamente todas as sequências de Depois Daquela Montanha, no original The Mountain Between Us – Alex e Ben, interpretados por Kate Winslet e Idris Elba. Ler Mais »

Dá-me um Beijo / Kiss Me, Kate

Nota: ★★★½

História dentro de história é isso aí: Kiss Me, Kate, o filme de George Sidney de 1953, é a transposição para o cinema da peça musical Kiss Me, Kate, que havia estreado na Broadway de Nova York em 1948 e no West End de Londres em 1951, e conta a história de como foi encenado na Broadway uma versão musical da peça A Megera Domada, escrita por William Shakespeare entre 1590 e 1592. Ler Mais »

Land Girls

Nota: ★★½☆

Land Girls começa com uma tomada que é brilho puro, um show, uma maravilha, talento e cuidado artesanal saindo pelo ladrão. Em uma única tomada, longa, a câmara passeia pela plataforma de uma estação de trem apinhada de gente, no interior da Inglaterra, durante a Segunda Guerra Mundial, dá um giro de 360 graus sobre si mesma, e nos apresenta as três principais personagens da primeira temporada da série. Ler Mais »

Adorável Vagabundo / Meet John Doe

Nota: ★★★½

O cinema de Frank Capra é tão otimista, tão esperançoso, tão believer, de um humanismo tão amplo, tão positivo, tão generoso, que, ao rever Adorável Vagabundo/Meet John Doe agora, nestes nossos tempos tão sórdidos, desesperançados, desalentados, cheguei a achar, por alguns momentos, que o filme era ingênuo, bobinho, tolo. Naïf, como as pinturinhas. Ler Mais »

Victoria e Abdul: o Confidente da Rainha / Victoria & Abdul

Nota: ★★★½

Há filmes demais sobre os reis e rainhas britânicos. Demais, demais da conta. A culpa, creio, não é do cinema, é da família real. Quem manda que ela tenha tantas histórias maravilhosas, sensacionais, algumas tristes, trágicas, outras divertidas, engraçadas, mas todas sempre fascinantes? Ler Mais »

Os Eleitos – Onde o Futuro Começa / The Right Stuff

Nota: ★★★★

Os Eleitos/The Right Stuff, de Philip Kaufman, é um daqueles filmes que não apenas não perdem absolutamente nada, com o passar dos anos, das décadas, como ainda parecem melhores, ainda mais perfeitos, ainda mais maravilhosos do que a gente se lembrava. Ler Mais »

Assassinato no Expresso Oriente / Murder in the Orient Express

Nota: ★★★☆

O Assassinato no Expresso Oriente versão Kenneth Branagh é uma festa para os olhos. É um espocar incessante de imagens belíssimas, feéricas, um delírio, um show de fogos de artifício. E impressiona igualmente pela coragem com que, aqui e ali, volta e meia foge do original escrito por Agatha Christie. Ler Mais »

Cowboys do Espaço / Space Cowboys

Nota: ★★★☆

A primeira coisa que tem que ser dita sobre Cowboys do Espaço, o Clint Eastwood de 2000, é que ele não é um filme para ser levado a sério. Ele mesmo não se leva a sério. É uma aventura, uma grande brincadeira. É possivelmente o filme mais bem humorado da lavra desse respeitável senhor. Ler Mais »

Miss Fisher’s Murder Mysteries

Nota: ★★★☆

A série australiana Miss Fisher’s Murder Mysteries é um divertissement absolutamente delicioso. É visualmente caprichadíssimo – passa-se no final dos anos 20, em Melbourne, e a reconstituição de época, os figurinos, os carros, os objetos, cada pequeno detalhe, é tudo um luxo. Ler Mais »

Bye Bye Brasil

Nota: ★★★★

Bye Bye Brasil é uma beleza, uma maravilha, Ler Mais »

O Décimo Homem / El Rey Del Once

Nota: ★★½☆

O diretor argentino Daniel Burman tem duas características marcantes. É prolífico: de 2000 para cá, escreveu e dirigiu 9 longa-metragens e mais um curta, parte de um filme de vários autores, fora a direção de duas minisséries. Ler Mais »