O Tesouro / Comoara

Nota: ★★★☆

Desconcertante. Desconcertante. O adjetivo ficou pipocando na minha cabeça, quando terminamos de ver O Tesouro, o filme de 2015 do romeno Corneliu Porumboiu. Ler Mais »

A Noite Americana / La Nuit Américaine

Nota: ★★★★

A Noite Americana (1973) é uma das mais belas declarações de amor ao cinema que já foram feitas. É alegre (e às vezes triste), envolvente, simpático, agradável, engraçado (e às vezes sério), gostoso, inteligente, terno, apaixonado, apaixonante. Ler Mais »

Agnus Dei / Les Innocentes

Nota: ★★★★

Les Innocentes, que no Brasil e também em outros países ganhou o título de Agnus Dei, mostra, da maneira crua com que um professor de anatomia exibe para os alunos as vísceras de uma pessoa, como o ser humano pode ser vil, brutal, cruel, abjeto, desumano. E também demonstra como o ser humano é capaz dos gestos mais nobres, mais solidários, mais belos que um criador poderia pedir às criaturas feitas à sua imagem e semelhança. Ler Mais »

A Dama e o Vagabundo / Lady and the Tramp

Nota: ★★★★

Tem uma das mais belas cenas de beijo da História, no meio de uma sequência romântica capaz de derreter o coração de um frade de pedra. Uma série de personagens fascinantes, bem construídos, bem interpretados. Sequências de ação e de lutas para não deixar frustrado nenhum fã de filmes de ação e de lutas. Uma trama com reviravoltas inesperadas. Ler Mais »

Tudo o Que Amamos Profundamente / Everything We Loved

zztudo1

Nota: ★★★☆

Everything We Loved, que no Brasil ganhou no título um advérbio e virou Tudo o Que Amamos Profundamente, de 2014, é o filme de estréia do realizador neo-zelandês Max Currie, também autor do roteiro original. Ler Mais »

O Último Pistoleiro / The Shootist

zzshotist1

Nota: ★★★½

Um bonde é elemento de grande importância em The Shootist, no Brasil O Último Pistoleiro, no mundo todo conhecido pelos fãs de western como O Último Filme de John Wayne – e também como O Último Faroeste de James Stewart.

O último isso, o último aquilo, o último aquilo outro. Ler Mais »

Ave, César! / Hail, Caesar!

zzave1

Nota: ★★★½

Ave, César!, o filme dos irmãos Joel e Ethan Coen de 2016, é uma absoluta delícia, uma comédia hilariante, uma diversão fantástica para quase todo tipo de audiência. Só poderá desagradar a turma de narizinho empinado que diz amar “cinema de arte” e detestar “filme americano” – como se só houvesse um tipo de filmes americanos. Ler Mais »

Laços Humanos / A Tree Grows in Brooklyn

zztree

Nota: ★★★☆

A Tree Grows in Brooklyn, no Brasil Laços Humanos, de 1945, foi o primeiro filme dirigido por Elia Kazan, que chegou a Hollywood depois de se firmar como um dos grandes diretores do teatro americano. Nos anos seguintes, Kazan (1909-2003) se firmou como um dos maiores diretores de Hollywood. Seus oito primeiros filmes, realizados entre 1945 e 1952, tiveram 32 indicações ao Oscar e venceram em 10 delas. Ler Mais »

A Bela e a Fera / La Belle et la Bête

zzbela1

Nota: ★★½☆

A Bela e a Fera versão 2014 é uma superprodução cara (33 milhões de euros, ou cerca de US$ 35 milhões), caprichadíssima em todos os quesitos técnicos, com efeitos especiais extraordinários, e um visual acachapante, fantástico. Ler Mais »

Terra e Liberdade / Land and Freedom


Nota: ★★★★

Obra-prima. Brilhante, emocionante, de fazer pensar e chorar. Desses filmes que fazem a vida valer a pena. Ler Mais »

Conspiração e Poder / Truth

zzatruth1

Nota: ★★★½

É uma história real, bem recente, absolutamente fascinante – e bem menos conhecida do que deveria. Envolve dois temas fundamentais, a política e o jornalismo. Ler Mais »

O Dorminhoco / Sleeper

zzdorme1

Nota: ★★★☆

Duas palavras me vieram à cabeça de cara enquanto revíamos O Dorminhoco/Sleeper, que Woody Allen cometeu em 1973: bobo e engraçado. As duas coisas em grandes doses. O Dorminhoco é muito, é extremamente bobo – e muito, extremamente engraçado. Ler Mais »

Ricki and The Flash: De Volta para Casa / Ricky and The Flash

zzricki1

Nota: ★★½☆

Muita gente achou ruim Ricki and The Flash, o filme de Jonathan Demme de 2015 com Meryl Streep como a Ricki do título, uma velha roqueira que, depois de muitos anos, vai rever os três filhos que havia abandonado para cair na estrada com sua guitarra e suas roupas de roqueira dos anos 70. Ler Mais »

A História de Adèle H. / L’Histoire d’Adèle H.

zzadele1

Nota: ★★★☆

Homem passional, apaixonado pelas mulheres e pelas paixões, François Truffaut tinha uma admiração sem fim por histórias de amor trágicas, tristíssimas, sem saída. Isso explica, acho, por que ele quis filmar a trágica, tristíssima, sem saída história de Adèle Hugo e seu amor louco, absolutamente insano, por um tenente inglês que não a amava. Ler Mais »

Jogo do Dinheiro / Money Monster

zzmoney1

Nota: ★★½☆

Em seu quarto longa-metragem como diretora, a ex-garotinha prodígio e sempre talentosa Jodie Foster ataca, ao mesmo tempo, o capitalismo e os meios de comunicação. Ler Mais »