A Cor da Noite / Color of Night

Nota: ★☆☆☆

A Cor da Noite (1994), um thriller cheio de cenas de sexo e furos na trama, é um recordista no universo dos filmes ruins. Teve nove indicações ao Framboesa de Ouro, o prêmio humorístico, sarcástico, atribuído aos piores filmes do ano em Los Angeles, em geral no mesmo dia dos Oscars, fora outras indicações e premiações em categorias de “pior” por duas outras instituições. Continue lendo “A Cor da Noite / Color of Night”

O Perigoso Adeus / The Long Goodbye

zzlong1

Nota: ★☆☆☆

O grande Robert Altman e seu comparsa Elliott Gould apropriaram-se do detetive Philip Marlowe – essa glória, esse monumento dos Estados Unidos da América – e fizeram dele uma figura à imagem e semelhança de John McIntyre, o médico doidão, gozador, inabalável non-chalant de M.A.S.H., o filme que haviam feito juntos em 1970, apenas três anos antes deste The Long Goodbye. Continue lendo “O Perigoso Adeus / The Long Goodbye”

As Irmãs Brontë / Les Soeurs Brontë

zzbronte1

Nota: ★☆☆☆

O título do filme é As Irmãs Brontë, no claríssimo feminino. Até porque são as irmãs, três das irmãs Brontë, que ficaram mundialmente famosas como escritoras na Inglaterra da era vitoriana, meados do século XIX. Elas são interpretadas por ótimas e belas atrizes, já na época grandes estrelas – Isabelle Adjani, Isabelle Huppert e Marie-France Pisier. Continue lendo “As Irmãs Brontë / Les Soeurs Brontë”

Privilégio / Privilege

zzprivilégio1

Nota: ★☆☆☆

Em 1967, o ano em que os Beatles lançaram Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band e Magical Mystery Tour e os Stones, Between the Buttons e Their Satanic Majesties Request, um estranho filme previa que, no futuro próximo, a Grã-Bretanha viveria num extraordinariamente tenebroso mundo em que governo, religião e indústria cultural se uniriam para usar a música pop como elemento de dominação da juventude. Continue lendo “Privilégio / Privilege”