Feios, Sujos e Malvados / Brutti, Sporchi e Cattivi

Nota: ★★☆☆

Quando fez Feios, Sujos e Malvados, em 1976, o grande Ettore Scola vinha de Nós Que Nos Amávamos Tanto (1974), uma obra-prima, uma absoluta maravilha, um hino ao socialismo, à solidariedade, ao amor, um painel da História da Itália ao longo de três décadas que é também um afresco sobre o próprio cinema italiano. Continue lendo “Feios, Sujos e Malvados / Brutti, Sporchi e Cattivi”

The White Lotus

Nota: ★★★½

The White Lotus, minissérie de 6 episódios da HBO de 2021 passada num resort caríssimo no Havaí, tem momentos cômicos e paisagens deslumbrantes, cheias de cores fortes, mas deixa no espectador um gosto bem amargo. Como se ele tivesse assistido a um drama serííssimo, em preto-e-branco, sobre a vida de seres miseráveis no sertão nordestino, num vilarejo do fundo da absoluta pobreza africana ou numa favela carioca ou paulistana. Continue lendo “The White Lotus”

Os Reis do Ié-Ié-Ié / A Hard Day’s Night

Nota: ★★★½

A Hard Day’s Night é um filme engraçado, divertido, gostoso de se ver. É inteligente, esperto, safo. Irreverente, gozador, suavemente ousado. Tem alguma coisa dos filmes dos irmãos Marx, tem um tom do cinema novo inglês de seu tempo, dos Angry Young Men. Apesar disso, ou por isso mesmo, era inovador. Fresco, fresh, no sentido mais literal e mais puro. Continue lendo “Os Reis do Ié-Ié-Ié / A Hard Day’s Night”

O Cidadão Ilustre / El Ciudadano Ilustre

Nota: ★★★☆

O Cidadão Ilustre, produção argentina de 2016 com apoio da pátria-mãe Espanha, como são muitos dos filmes dos hermanos nas últimas décadas, é uma daquelas coisas que fazem o espectador rir demais – para, ao final, o riso dar lugar a um gosto terrivelmente amargo. Continue lendo “O Cidadão Ilustre / El Ciudadano Ilustre”

Festa de Formatura / The Prom

Nota: ★★★☆

Alguém com má vontade, de narizinho empinado, pode argumentar que The Prom, no Brasil A Festa de Formatura, o filme de 2020 baseado em recente comédia musical da Broadway, comete o pecado da obviedade. Que faz a defesa de direitos que são absolutamente líquidos e certos, garantidos, corriqueiros. Que ataca preconceitos e intolerâncias já extintos pela civilização – tristes resquícios do tempo das cavernas, dos neanderthais. Continue lendo “Festa de Formatura / The Prom”

Amor Moderno / Modern Love

Nota: ★★★★

Amor Moderno/Modern Love tem uma estrutura bastante diferente de quase todas as outras séries. Não conta uma única história, longa, que vai se desenvolvendo com o passar do tempo; nem mostra os mesmos personagens vivendo em cada episódio ou cada temporada um caso, uma história específica. Não, nada disso. Nada a ver com a estrutura de Friends ou Grey’s Anatomy ou Downtown Abbey; nem com Dexter ou Law & Order. Continue lendo “Amor Moderno / Modern Love”

O Signo de Vênus / Il Segno di Venere

Nota: ★☆☆☆

Há um monte de nomes importantes nos créditos iniciais de O Signo de Vênus/Il Segno de Venere, produção italiana de 1955 que no início de 2021 estava disponível na Netflix. A começar do diretor, Dini Risi, o realizador que o grande Jean Tulard chama de “o príncipe da comédia italiana”. “Não nos aborrecemos jamais com Risi”, sentenciou o crítico em seu Dicionário de Cinema – Os Diretores. Continue lendo “O Signo de Vênus / Il Segno di Venere”

Os Boas Vidas / I Vitelloni

Nota: ★★★★

Lançado em 1953, o ano em que se passa a ação – bem no início, vemos a festa do anúncio da Miss Sirena 1953 –, Os Boas Vidas/I Vitelloni foi o terceiro filme dirigido por Federico Fellini, depois de Mulheres e Luzes e Abismo de um Sonho, e logo antes de A Estrada da Vida, a obra que iniciou sua consagração como um dos maiores realizadores da História. Continue lendo “Os Boas Vidas / I Vitelloni”