Arquivos do Rótulo: Vida em Família

Belas Famílias / Belles Familles

Nota: ★★★☆

O veterano Jean-Paul Rappeneau passou 12 anos sem lançar um filme, depois do maravilhoso Viagens do Coração/Bon Voyage, de 2003, uma obra excitante, feérica, um tour-de-force cheio de estilo, sobre a fuga de milhares e milhares de pessoas de Paris antes da chegada dos invasores nazistas, em 1940. Ler Mais »

Um Dia no Campo / Une Partie de Campagne

Nota: ★★★½

Em 1936, três anos antes de estourar a Segunda Guerra Mundial e logo antes de fazer as obras-primas A Grande Ilusão (1936) e A Regra do Jogo (1939), Jean Renoir fez este pequeno Une Partie de Campagne. Uma pequenina pérola. Ler Mais »

Mothers and Daughters

Nota: ★★☆☆

Este Mothers and Daughters, produção americana de 2016, é mais um de tantos filmes sobre várias pessoas diferentes, cujas histórias às vezes se entrelaçam. Mosaicos, à la Short Cuts, ou, em linguagem de crítico de cinema, filmes com estrutura multiplot – algo que nos últimos anos tem ficado cada vez mais comum. Ler Mais »

Segunda Chance / En Chance Til

Nota: ★★★½

É uma beleza de filme este Segunda Chance, que a dinamarquesa Susanne Bier lançou em 2014. É uma mistura de drama familiar – uma especialidade da talentoso realizadora – com thriller, em que os elementos de um gênero se interpenetram com os do outro de uma maneira original, surpreendente. Ler Mais »

A Reconstrução / La Reconstrucción

Nota: ★★★☆

O jovem diretor argentino Juan Taratuto vinha de duas gostosas, simpáticas, agradáveis, despretensiosas comedinhas românticas. Em 2013, lançou este A Reconstrução, um drama sério, pesado. Em vez de em Buenos Aires, a bela cidade em que nasceu em 1971, foi filmar na paisagem também bela, porém gélida, dura, inóspita, do extremo Sul argentino, na região de Ushuaia, a cidade importante mais próxima do Pólo Sul. Ler Mais »

Estocolmo, Pensilvânia / Stockholm, Pensylvania

Nota: ★★★☆

Stockholm, Pensylvania, produção do cinema independente americano de 2015, é a estréia na direção de uma jovem de Massachusetts, Nikole Beckwith, também autora do argumento e do roteiro. É um drama familiar pesadíssimo, tristíssimo, e muito diferente de praticamente todos os demais dramas familiares porque conta uma história rara – uma tragédia tão absurda que seria impensável, inimaginável. Ler Mais »

Cavalos Selvagens / Wild Horses

Nota: ★★★☆

Em Cavalos Selvagens/Wild Horses, de 2015, seu quinto filme como diretor, o grande Robert Duvall criou para ele mesmo interpretar um tipo nada simpático, um homem vaidoso, dominador, brutal, homofóbico, suspeito de um crime. Ler Mais »

Tudo o Que Amamos Profundamente / Everything We Loved

zztudo1

Nota: ★★★☆

Everything We Loved, que no Brasil ganhou no título um advérbio e virou Tudo o Que Amamos Profundamente, de 2014, é o filme de estréia do realizador neo-zelandês Max Currie, também autor do roteiro original. Ler Mais »

Ricki and The Flash: De Volta para Casa / Ricky and The Flash

zzricki1

Nota: ★★½☆

Muita gente achou ruim Ricki and The Flash, o filme de Jonathan Demme de 2015 com Meryl Streep como a Ricki do título, uma velha roqueira que, depois de muitos anos, vai rever os três filhos que havia abandonado para cair na estrada com sua guitarra e suas roupas de roqueira dos anos 70. Ler Mais »

Todos se van

zztodos1

Nota: ★★★★

A garotinha Nieve (Rachel Mojena), que vemos com 8 anos de idade, foi abençoada com uma inteligência fora de série e, de quebra, um fantástico talento para escrever. No entanto, foi também vítima de duas maldições terríveis, tenebrosas, das piores que pode haver. Ler Mais »

Amor para a Eternidade / Gui lai

zzamor1

Nota: ★★★★

Zhang Yimou é cineasta de afrescos, de sinfonias, de épicos – planos gerais, multidões em movimento. Tudo em seu estilo é grandioso. Tornou-se extremamente conhecido no Ocidente em boa parte por suas fábulas de uma China do passado remoto – ou de um passado que a rigor jamais existiu –, povoado por adagas e heróis voadores, por guerreiros que mais parecem bailarinos. Ler Mais »

Cinco Graças / Mustang

zzmustang1

Nota: ★★★★

A frase é dita por uma voz de uma adolescente, em off, ainda ao final dos créditos iniciais, antes que surja na tela a primeira sequência de Cinco Graças, no original Mustang: “É como se tudo tivesse mudado em um piscar de olhos. Uma hora, estávamos bem. Depois, tudo ficou uma merda”. Ler Mais »

Os Olhos Amarelos dos Crocodilos / Les Yeux Jaunes des Crocodiles

zzolhos1

Nota: ★★½☆

Neste seu terceiro longa-metragem, a talentosa Cécile Telerman leva menos de dois minutos para nos definir boa parte do caráter, da personalidade das duas irmãs que são as protagonistas da história. Antes mesmo dos créditos iniciais, a primeira sequência de Os Olhos Amarelos dos Crocodilos mostra duas meninas brincando na praia. Ler Mais »

Divertida Mente / Inside Out

zzmente1

Nota: ★★★½

Divertida Mente é um daqueles filmes que partem de uma idéia sensacional, de uma sacada brilhante. Pode-se partir de uma grande idéia e se perder durante o processo de realizar o filme, o que é uma imensa pena. Mas, felizmente, não é o caso: Divertida Mente é maravilhosamente bem realizado, em todos os quesitos. Ler Mais »

O Jardineiro Espanhol / The Spanish Gardener

zzspanish1

Nota: ★★½☆

A.J. Cronin era um autor de imenso sucesso em 1956 quando seu romance lançado seis anos antes, O Jardineiro Espanhol, virou filme. Aparentemente, pelo que dá para perceber pela longa sinopse do livro na Wikipedia, o filme foi bastante fiel ao espírito da obra, embora tenha feito algumas mudanças importantes na trama. Ler Mais »