Cantando na Chuva / Singin’ in the Rain

zzsingin1

Nota: ★★★★

Dizer “o melhor de todos” é arriscado, perigoso. Até porque não existe fita métrica, balança, escala Richter para medir o que é bom, o que é melhor. O julgamento é absolutamente subjetivo, cada um tem suas opiniões, seus gostos, suas preferências, e gosto não se discute. Continue lendo “Cantando na Chuva / Singin’ in the Rain”

A Cidade dos Desiludidos / Two Weeks in Another Town

zztown1

Nota: ½☆☆☆

O grande Vincente Minnelli fez dois filmes sobre os bastidores do mundo do cinema – os dois com Kirk Douglas como protagonista. O primeiro foi Assim Estava Escrito/The Bad and the Beautiful, de 1952. Exatos dez anos depois, fez este Two Weeks in Another Town, no Brasil A Cidade dos Desiludidos. Continue lendo “A Cidade dos Desiludidos / Two Weeks in Another Town”

Uma Carta para Elia / A Letter to Elia

zzletter1

Nota: ★★★☆

Martin Scorsese viu On the Waterfront (no Brasil, Sindicato de Ladrões) quando o filme estreou, em 1954. Tinha então 12 anos, e viu o filme no Lowe’s Commodore, no número 109 da Segunda Avenida, entre as ruas 6th e 7th East. Era um baita cinemão, com 2.830 lugares. Continue lendo “Uma Carta para Elia / A Letter to Elia”

Contrastes Humanos / Sullivan’s Travels

Nota: ★★★★

Sullivan’s Travels, no Brasil Contrastes Humanos, escrito e dirigido por Preston Sturges e lançado em 1941, é um filme extraordinário, uma obra-prima. No entanto, minha impressão é de que ele é bem menos conhecido do que deveria, pelo menos no Brasil. Continue lendo “Contrastes Humanos / Sullivan’s Travels”

Jud Süss: Ascensão e Queda / Jud Süss – Film ohne Gewissen

Nota: ★★★½

Jud Süss: Ascensão e Queda é um filme excepcional. É também apavorante, chocante, horripilante, porque reconstitui uma série de episódios reais que mostram como funcionava, por dentro, a máquina de propaganda montada por Joseph Goebbels no regime nazista, e como ela conseguia incutir em boa parte do povo alemão o ódio visceral pelos judeus. Continue lendo “Jud Süss: Ascensão e Queda / Jud Süss – Film ohne Gewissen”

O Inferno de Henri-Georges Clouzot / L’Enfer d’Henri-Georges Clouzot

Nota: ★★★½

Anotação em 2011: Se tivesse sido completado, O Inferno, que Henri-Georges Clouzot deixou inacabado em 1964, seria, muito provavelmente, um dos mais filmes mais belos, mais fascinantes da história. Continue lendo “O Inferno de Henri-Georges Clouzot / L’Enfer d’Henri-Georges Clouzot”

Bom Dia, Babilônia / Good Morning Babilonia

Nota: ★★★½

Anotação em 2010: Através da epopéia de dois irmãos artesãos da Toscana, que atravessam dois mares e um continente inteiro até se fixar na nascente Hollywood, para depois retornar à sua terra, os irmãos Taviani fazem uma ode à arte, aos artistas, ao trabalho de equipe, à solidariedade, e um libelo contra a mesma humanidade que destrói o que sabe construir.  Continue lendo “Bom Dia, Babilônia / Good Morning Babilonia”

Nine

Nota: ★★★☆

Anotação em 2010: Nine é um extraordinário, sensacional banquete para os olhos. O filme tem uma beleza visual acachapante, estonteante, que é ainda mais realçada pela maravilhosa mistura de fotografia em cores esplendorosas com um não menos esplendoroso preto-e-branco. Continue lendo “Nine”