Arquivos da Categoria: Ásia

Lola

zzlola1

Nota: ★★★☆

Durante 110 minutos, Lola carrega o espectador para dentro da mais profunda miséria material que pode haver. A vida da Antonio Ricci, o protagonista de Ladrões de Bicicleta, de Vittorio De Sica, chega a parecer quase um mar de rosas, comparada às de Lola Sepa e Lola Puring, as personagens centrais do filme do diretor filipino Brillante Mendoza. Ler Mais »

Flor de Neve e o Leque Secreto / Snow Flower and the Secret Fan

Nota: ★★½☆

Flor de Neve e o Leque Secreto tem belezas – belezas estranhas. É belo – e estranho – como devem ser belas as manhãs em Mercúrio, ou os entardeceres vistos de uma das luas de Saturno. É um filme tão distante de nós – ou de mim, pelo menos – quanto um planeta qualquer que gire em torno de uma das estrelas mais distantes da nossa galáxia. Ler Mais »

A Separação / Jodaeiye Nader az Simin

Nota: ★★★★

A Separação, do realizador iraniano Asghar Farhadi, é uma obra-prima. Um dos filmes mais extraordinários que vi nos últimos tempos. Ler Mais »

Ó Jerusalém / O Jerusalem

Nota: ★★★☆

Ó Jerusalém é um filme raro, singular. Não tanto por suas qualidades especificamente cinematográficas, mas pelo que diz, e como diz. É uma obra extraordinária por causa das idéias, da postura política. Ler Mais »

Um Herói do Nosso Tempo / Va, vis et deviens

Nota: ★★★☆

Não dá para saber de onde os distribuidores brasileiros tiraram o título Um Herói do Nosso Tempo para o filme que Radu Mihaileanu lançou em 2005, Va, vis et deviens, uma co-produção de França, Israel, Bélgica e Itália. Ler Mais »

O Bebê de Kabul / Kabuli Kid

Nota: ★★½☆

O Bebê de Kabul, primeiro longa-metragem de ficção do documentarista afegão Barmak Akram, feito com ajuda financeira e técnica da França, é uma bem-vinda possibilidade de vermos um pouco da realidade desse país tão miserável, tão sofrido. Ler Mais »

A Missão do Gerente de Recursos Humanos / The Human Resources Manager

Nota: ★★★½

Depois de duas maravilhas, A Noiva Síria, de 2004, e Lemmon Tree, de 2008, o diretor israelense Eran Riklis mantém o nível, a categoria, o talento: A Missão do Gerente de Recursos Humanos, sua obra de 2010, é um grande filme. Mais um grande filme. Ler Mais »

Anatomia do Medo / Ikimono No Kiroku

Nota: ★★★☆

Em Anatomia do Medo, de 1955, o grande Akira Kurosawa faz o espectador refletir sobre as armas que a humanidade construiu e que têm o poder de, simplesmente, aniquilá-la. Ler Mais »

Rashomon

Nota: ★★★★

Anotação em 2011: Rashomon é uma obra-prima. É um dos filmes mais brilhantes, mais bem realizados, mais inventivos da história do cinema. Formalmente, é a perfeição. Ler Mais »

Às Cinco da Tarde / Panj é asr

Nota: ★★★☆

Anotação em 2011: Às Cinco da Tarde, da jovem iraniana Samira Makhmalbaf, é duro, árido, seco, como as vidas das pessoas e as paisagens que ela mostra. Ler Mais »

O que Resta do Tempo / Le Temps qu’il Reste

Nota: ★★★☆

Anotação em 2011: O diretor Elia Suleiman parece ter usado seu ódio, sua indignação diante da situação de seu povo, os palestinos, como combustível para fazer este O Que Resta do Tempo. Ler Mais »

À Margem do Rio Sagrado / Water

Nota: ★★★☆

Anotação em 2010: À Margem do Rio Sagrado é um ótimo filme – e um filme importante. Mostra uma realidade que, com certeza, pouca gente fora da Índia conhece: a absurda, inacreditável, desumana forma com que são tratadas as viúvas no segundo país mais populoso do mundo. Ler Mais »

O Que Há, Tigresa? / What’s up, Tiger Lily?

Nota: ★☆☆☆

Anotação em 2010: Este O Que Há, Tigresa?/What’s up, Tiger Lily? é uma peça museológica rara, e um filme sui generis, único, sem paralelo – não se parece com nenhum outro filme já feito. Ler Mais »

Procurando Elly / Darbareye Elly

Nota: ★★★★

Anotação em 2010: Procurando Elly, do iraniano Asghar Farhadi, é uma obra-prima, um filme excepcional, extraordinário. Merece todos os superlativos que possa haver. Ler Mais »

Flores do Amanhã / Xiang ri kui

Nota: ★★★½

Anotação em 2010: Belo, sensível filme, feito com extrema competência em todos os quesitos. Um drama sério sobre paternidade, educação, dificuldade de comunicação entre as gerações, tendo como pano de pano as mudanças no Planeta China ao longo das últimas cinco décadas. Ler Mais »