Arquivos do Rótulo: Road Movies

A Missão do Gerente de Recursos Humanos / The Human Resources Manager

Nota: ★★★½

Depois de duas maravilhas, A Noiva Síria, de 2004, e Lemmon Tree, de 2008, o diretor israelense Eran Riklis mantém o nível, a categoria, o talento: A Missão do Gerente de Recursos Humanos, sua obra de 2010, é um grande filme. Mais um grande filme. Ler Mais »

A Minha Canção de Amor / My Own Love Song

Nota: ★★★☆

Depois do grande sucesso internacional de sua cinebiografia de Edith Piaf, Piaf – Um Hino ao Amor, o jovem realizador francês Olivier Dahan se meteu a fazer um filme nos Estados Unidos, com base numa história de sua própria autoria. Ler Mais »

Bon Appétit

Nota: ★★★☆

Mais um dos tantos filmes recentes que usam a gastronomia como pano de fundo da história, este Bon Apppétit tem uma série de características bastante interessantes – e alguns paradoxos. Ler Mais »

In July (O Outro Lado das Férias) / Im Juli

Nota: ★★★☆

Este In July (O Outro Lado das Férias), no original alemão Im Juli, é uma gostosa, inteligente, talentosa mistura de road movie com comédia romântica. Ler Mais »

Um Caminho para Dois / Two for the Road

Nota: ★★★½

Um Caminho para Dois/Two for the Road é a forma mais absolutamente elegante, requintada, sofisticada – e divertida – de fazer aquelas afirmações em que muita gente acredita: que o casamento é o túmulo da paixão, o tempo acaba com a chama, o romantismo é soterrado com o passar dos anos, no começo tudo são flores mas depois tudo piora. Ler Mais »

Vincent Quer Ver o Mar / Vincent will Meer

Nota: ★★★½

Um filme alemão, de diretor e atores desconhecidos (por mim, pelo menos), sobre três jovens em uma clínica para pessoas com problemas psiquiátricos. Pode parecer pesado, soturno, angustiante – e chato. Certo? Erradíssimo. Vincent Quer Ver o Mar é uma beleza, um ótimo filme, e até alegre, de bem com a vida. Ler Mais »

Tudo por Você / My One and Only

Nota: ★★½☆

Anotação em 2011: Há filmes que dizem de cara a que vêm: definem-se nas primeiras seqüências, escancaram logo suas intenções, o que pretendem dizer. Este Tudo por Você/My One and Only é daquele outro tipo, dos que a gente leva algum tempo para perceber para onde vão. Ler Mais »

Coração Louco / Crazy Heart

Nota: ★★★½

Anotação em 2010: Coração Louco – um relato sobre um período na vida de um cantor e compositor de música country, quatro divórcios nas costas, alcoólatra, sem dinheiro e, aos 57 anos, sem a fama que já havia tido no passado – é, propositadamente, estudadamente, um filme pequeno. Ler Mais »

O Grande Dia / Sveitabrúðkaup

Nota: ★★★☆

Anotação em 2010: Nem Mario Monicelli, em comédias amargas como Parente é Serpente, nem Robert Altman em Cerimônia de Casamento, foram tão longe. Ler Mais »

Por uma Vida Melhor / Away We Go


Nota: ★★★½

Anotação em 2010: Este novo filme do diretor inglês Sam Mendes, feito em 2009, após o excelente, violento e tristíssimo Foi Apenas um Sonho/Revolutionary Road, é um filme em tom menor. É sutil, delicado, suave – e sutil, delicada e suavemente otimista, esperançoso. Ler Mais »

Vivendo em Dúvida / Sylvia Scarlett


Nota: ★☆☆☆

Anotação em 2010: O diretor é dos bons: George Cukor. O astro é dos maiores que já houve: Cary Grant. E a estrela é uma das mais fascinantes da História, a grande, imensa, maravilhosa Katharine Hepburn. Foi o primeiro encontro dos dois; em seguida brilhariam em três outros filmes, encantando multidões ao longo de décadas. Ler Mais »

Quilômetro Zero / Kilomètre Zéro


Nota: ★★½☆

Anotação em 2009: Quilômetro Zero é uma co-produção da França com a região curda do Iraque. E fala de temas bem pouco comuns no cinema, ou no mínimo nos filmes que chegam até nós: a opressão do regime de Saddam Hussein sobre os curdos, e a guerra Irã-Iraque. Ler Mais »

Nada a Perder / Nothing to Lose

Nota: ½☆☆☆

Anotação em 2009: Pobre Tim Robbins, esse ótimo ator, diretor bilhante de poucos mas extraordinários filmes. Devia estar precisando demais de dinheiro, devia estar com a hipotecada da casa bem atrasada, para se sujeitar a trabalhar nesta comédia panaca, que beira a debilidade mental. Ler Mais »

E Sua Mãe Também / Y Tu Mamá También


Nota: ★★★☆

 Anotação em 2009: E Sua Mãe Também foi um tremendo sucesso de crítica. Ganhou 33 prêmios ao redor do mundo e teve 28 indicações, inclusive ao Oscar de roteiro original e aos Baftas de roteiro original e melhor filme em língua não inglesa. Merece o sucesso que conquistou. É um belo filme – forte, pesado, denso, desconcertante.  Ler Mais »

Coisas de Família / The Thing About My Folks


Nota: ★★☆☆

Anotação em 2009: Mais um dos tantos filmes sobre relações familiares – e não vai aí nada contra a existência de muitos deles. São sempre bem-vindos, ao contrário dos milhares de filmes sobre violência, serial killers, com dez tiros por segundo e nenhum pingo de inteligência ou sensibilidade. Ler Mais »