Lembranças de um Verão / Hearts in Atlantis


Nota: ★★★☆

Anotação em 2002: Vi sem saber que se baseava em Stephen King, esse sujeito que parece que escreve uma história de terror por dia, tão ampla é sua obra. E daí vem uma das coisas interessantes do filme: só mais para o final, quando já se passaram uns três quartos da ação, o espectador fica sabendo que há na história algo de extra-sensorial, de fantástico, a única praia de Stephen King.

O que traz a marca do escritor é que o personagem central, interpretado por Anthony Hopkins, é um vidente, e por isso está sendo procurado, e procurado não por bandidos abertamente bandidos, mas pelo FBI de J.Edgard Hoover.

Outra coisa interessante são os atores, todos bons e bem dirigidos. O garoto Anton Yelchin, que faz o personagem central, é nascido na Rússia, em 1989; a família emigrou para os Estados Unidos quando ele era bebê, ele começou a carreira com apenas 5 anos de idade, na série Plantão Médico/ER. Este aqui é o primeiro filme em que tem papel importante, e ele de fato é ótimo.

ahopeO diretor Scott Hicks – nascido em Uganda e radicado na Austrália – já havia feito antes deste aqui Shine e Neve sobre os Cedros. É, portanto, um nome a se acompanhar.

Nos letreiros finais, o filme é dedicado a Piotr Sobocinski, o diretor de fotografia, que morreu em 2001, o mesmo ano em que o filme foi produzido.

O DVD tem uma conversa entre o diretor Hicks e Anthony Hopkins que é uma aula sobre interpretação, uma maravilha. Em um trecho, falando que interpretar é como jogar tênis, ou xadrez – participar de uma espécie de diálogo com outro ator -, ele diz uma frase ótima, que anotei. “É só isso aí. É um emprego. Eu sei que alguns atores chamam isso de uma forma de arte. Eu não sei qual é a definição, mas é um emprego. É talvez um emprego de alto padrão, muito bem pago, mas é só isso que é.”

Lembranças de um Verão/Hearts in Atlantis

De Scott Hicks, EUA-Austrália, 2001.

Com Anthony Hopkins, Anton Yelchin, Hope Davis, Mika Boore, David Morse

Roteiro William Goldman

Baseado no livro de Stephen King

Fotografia Piotr Sobocinski

Música Mychael Danna

Produção Castle Rock e Village Roadshow, Warner. Estreou em São Paulo 25/1/2002

Cor, 101 min.

***

Título em Portugal: Corações na Atlântida. Título na França: Coeurs Perdus en Atlantide

Um Comentário

  1. José Luís
    Postado em 23 julho 2011 às 8:05 pm | Permalink

    Por acaso vi-o ontem, ou melhor revi-o, que é uma coisa que faço muitas vezes.
    Claro que gosto do filme, não é?
    E tenho o livro de S. King que é muito grande e conta várias histórias e a do filme é uma delas e adaptada.
    O livro não é dos meus favoritos do S. King.

Um Trackback

  1. […] currículo: Shine – Brilhante, de 1996, Neve Sobre os Cedros/Snow Falling on Cedars, de 1999, Lembranças de Um Verão/Hearts in Atlantis, de 2001. Como em Shine – seu filme mais famoso, sete indicações ao Oscar, prêmio de melhor […]

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*