Matar uma Vez / One Kill


Nota: ★★★☆

Anotação em 2006, com complemento em 2008: Este filme feito para a TV, baseado em fatos reais, é uma interessantíssima discussão sobre a participação das mulheres nas Forças Armadas, a difícil aceitação da mulher como uma companheira de armas de igual para igual.

Como é um filme competente, bem competente, aproveita para meter o pau no militarismo, na cega obediência aos princípios militares. Anne Heche, Sam Shepard e Eric Stoltz estão ótimos.

Anne Heche é uma atriz fascinante. A história do relacionamento de anos dela com Ellen DeGeneres ficou famosa; se não me engano, foi o primeiro casamento gay de estrelas de cinema assumidíssimo. Me lembro de ter lido alguém falando que é muito interessante o fato de ela ser lésbica assumida – e no entanto ser tão sensual em tantos filmes. É uma ótima atriz, e teve bons papéis em vários bons filmes, como, por exemplo, a rebelde e absolutamente incrédula filha da imigrante polonesa apontada como santa em O Terceiro Milagre/The Third Miracle, de Agnieszka Holland, que acabará levando para a cama o padre que investiga os milagres atribuídos à sua mãe.

Aqui também ela está ótima como a jovem oficial divorciada, com dois filhos pequenos, competente, séria, empenhada, esforçadíssima, que acaba se envolvendo com um superior (o papel de Sam Shepard), sujeito respeitadíssimo nas Forças Armadas, truculento, violento – e casado. Ao saber que ele é casado, ela quer encerrar a relação, mas ele, claro, com toda aquela macheza brava, não é homem de aceitar um não, e aí vem a tragédia.  

Mary e eu tínhamos visto o filme em dezembro de 2003, e não nos lembrávamos. O rapaz da 2001 chegou a me dizer que estava anotado que já havíamos levado esse filme, mas eu tinha certeza de que não. Só percebi que já tinha visto com uns poucos minutos de filme. E gostei muito de rever.  

Matar Uma Vez/One Kill

De Christopher Menault, EUA, 2003. Feito para a TV.

Com Anne Heche, Sam Shepard, Eric Stoltz

Roteiro Shelley Evans

Produção Showtime, WildRice e CBS. DVD Paramount.

Cor, 94 min

Um comentário para “Matar uma Vez / One Kill”

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.