O Amor Custa Caro / Intolerable Cruelty


Nota: ★★½☆

Anotação em 2004, com complemento em 2008: Parece que a crítica meteu o pau, disse que é um dos piores dos irmãos Joel e Ethan Coen, que foge ao estilo tradicional deles, que eles estão ficando mais comerciais. Bobagem.

A idéia é ótima, uma boa e safada e ácida crítica à sociedade maluca que os americanos criaram – advogado especializado em processos de divórcio, extremamente bem sucedido, acaba se apaixonando por uma mulher esplendorosa que vive de se casar com milionários. Com espaço para as esperadas reviravoltas inesperadas.

A dupla de astros é bonita e charmosa. A crítica é corrosiva, como é a marca registrada dos irmãos Coen. A apresentação, com desenhinhos de anjos e Cupidos, é digna de um Saul Bass, que fez algumas das mais inteligentes apresentações do cinema, nos anos 50 e 60, inclusive Psicose, Um Corpo Que Cai e Anatomia de um Crime. Há um monte de piadas muito engraçadas. As cenas em que as mulheres riquíssimas discutem seus golpes para pegar a grana dos ex-maridos são deliciosas. As cenas de tribunal são impagáveis. Boa diversão.

O Amor Custa Caro/Intolerable Cruelty

De Joel Coen, EUA, 2003.

Com George Clooney, Catherine Zeta-Jones, Geoffrey Rush, Cedric The Entertainer, Richard Jenkins, Billy Bob Thorton

Roteiro Robert Ramsey & Matthew Stone, Ethan e Joel Coen

Argumento Robert Ramsey, Matthew Stone e John Romano

Música Carter Burwell

Cor, 99 min

Produção Universal e Imagine

Cor, 100 min.

**/12

2 Trackbacks

  1. […] com Frank Sinatra e seu Rat Pack, a refilmagem feita por Steven Soderbergh e suas continuações. O Amor Custa Caro/Intolerable Cruelty, dos irmãos Coen. Despedida em Las Vegas/Leaving Las Vegas, terrivelmente deprê, com Nicholas […]

  2. Por 50 Anos de Filmes » Ave, César! / Hail, Caesar! em 2 janeiro 2017 às 2:34 pm

    […] um filme dos Coen com George Clooney no elenco, depois de E Aí, Meu Irmão, Cadê Você? (2000), O Amor Custa Caro (2003) e Queime Depois de Ler (2008) – mas, ao contrário dos anteriores, neste aqui o galã […]

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*