Separados pelo Casamento / The Break-Up


Nota: ★★☆☆

Anotação em 2007, com complemento em 2008: Parece uma comedinha romântica – até porque Jennifer Aniston é assim a perfeita tradução de comedinha romântica hollywoodiana dos últimos tempos, da mesma maneira como Meg Ryan também já foi, uma década antes.

Mas na verdade é um pequeno drama. Começa onde as comedinhas românticas acabam – o casamento dos dois heróis -, e vai mostrando a desintegração da união de duas pessoas de gostos e hábitos muito diferentes. Não com um sofrimento grande gigantesco, com o inferno – mas com uma calma suave de onda irreversível contra a qual não há nada a se fazer.

Assim, o filme tem, e transmite para o espectador muito bem, um gosto amargo, azedo, desesperançado, triste – “pois o amor é a coisa mais triste quando se desfaz”, como bem dizia Vinicius. Nesse sentido, ele faz lembrar Amor em Cinco Tempos/5 x 2, que François Ozon tinha feito dois anos antes, em 2004. A característica específica do filme francês é de que a história do casamento que acaba é contada em cinco episódios de trás para a frente.

A característica específica deste filme aqui é uma coisa especialmente triste – mas muito factível, inteligível no meio em que aqueles personagens vivem, jovens na faixa dos 30 anos na fase de acumulação de bens materiais na Chicago de hoje. Brooke e Gary, os personagens de Jennifer Aniston e Vince Vaughn, compram um belíssimo apartamento, na época em que o casamento ainda não tinha começado a azedar. Quando a fase do fel se instala, nenhum dos dois aceita tomar a decisão mais clara, mais óbvia, mais sensata – a separação, antes que a dor fique insuportável. Nenhum deles quer deixar o apartamento – preferem conviver no mesmo espaço, os dois cada vez mais infelizes.

Fui dar uma olhada no AllMovie, e vi que eles usaram uma frase idêntica à que eu havia usado na minha anotação: “The Break-Up is a romantic comedy that starts where all the others end”. Registro aqui que foi uma coincidência, já que a frase é óbvia. Sou um eterno citador de boas frases, mas sempre dou o crédito, e esta aí não foi uma citação – foi só o óbvio.  

Separados pelo Casamento/The Break-Up

De Peyton Reed, EUA, 2006.

Com Vince Vaughn, Jennifer Aniston, Judy Davis, Ann-Margret, Vincent d’Onofrio

Roteiro Jeremy Garelick e Jay Lavender

Baseado em história de Vince Vaughn, Jeremy Garelick e Jay Lavender

Música Jon Brion

Produção Universal

Cor, 105 min

**

Um comentário para “Separados pelo Casamento / The Break-Up”

  1. Sempre via esse filme na locadora, mas nunca pegava pq achava que seria chato (tb não gosto da Jennifer Aniston). Uma vez tava passando na TV e resolvi assistir. Achei a maior chatice e desisti.

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *