Confidências Muito Íntimas / Confidences Trop Intimes


Nota: ★★½☆

Anotação em 2007, com complemento em 2008: O ponto de partida do filme é extremamente interessante, fascinante – mulher com sérios problemas conjugais e sexuais se engana, entra no escritório de um advogado achando que ele é o psiquiatra com quem marcou hora, e começa a contar sua vida. Fascinado, intimidado, ele não consegue contar a verdade a ela.

Há uma nova consulta. O advogado, sujeito tímido, solitário, bem que se esforça para dizer a verdade, mas não consegue, até porque não quer deixá-la embaraçada – e a mulher o fascina cada vez mais contando suas maiores intimidades.

Sandrine Bonnaire e Fabrice Luchini são excelentes atores, e estão maravilhosos. A expectativa é que tenhamos um grande filme. Mas, a partir daí, com meia hora, 40 minutos de filme, a sensação que se tem é que roteirista e diretor não souberam muito bem o que fazer com a situação extraordinária que criaram. O ritmo cai bastante.

Não que seja um filme ruim. De forma alguma. Valeria unicamente pelas grandes interpretações. Mas é de fato um tanto decepcionante.

Um leitor do iMDB fez uma boa frase: “Uma diversão menor de um diretor maior”. É isso ai.

Outros filmes de Patrice Leconte comentados aqui:

Caindo no Ridículo/Ridicule

A Mulher e o Atirador de Facas/La Fille sur le Pont

Uma Passagem para a Vida/L’Homme du Train

Confidências Muito Íntimas/Confidences Trop Intimes

De Patrice Leconte, França, 2004.

Com Sandrine Bonnaire, Fabrice Luchini

Roteiro e diálogos Jérôme Tonnerre

Adaptação Patrice Leconte

Produção Les Films Alain Sarde

Cor, 104 min

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*