A Outra Face da Raiva / The Upside of Anger


Nota: ★★★½

Anotação em 2005: Uma bela surpresa. Esse Mike Binder, o diretor, fez filmes para a HBO; trabalhou com Joan Allen em A Conspiração/The Contender, um filme sério e extremamente progressista sobre política americana. e durante as filmagens ela disse pra ele: “Escreva uma comédia para mim, eu também sei fazer comédias”.

E ele escreveu essa comédia dramática, às vezes com pitadas de humor negro, que é um belo retrato de seres humanos, gente como a gente, vida em família. Sobretudo, as atuações são maravilhosas – todas. As quatro jovens (mas experientes) atrizes que fazem as filhas do personagem de Joan Allen são espetaculares.

Um pouco da trama: quando o marido de Terry (Joan Allen) mulher rica que vive numa bela casa num belo subúrbio, com quatro filhas jovens, some, ela tem a certeza de que ele a abandonou para viver com outra. Fica frustrada, amarguradíssima, passa a encher a cara. Um vizinho (Kevin Costner), ele também um beberrão, ex-campeão de beisebol que não joga mais, vive do dinheiro acumulado e faz um programa de rádio em que se recusa a falar de beisebol, aproxima-se dela, passa cantadas nela, até que ela finalmente cede. Cada uma das filhas vai vivendo suas próprias experiências, algumas tristes, amargas, outras nem tanto. O final trará uma grande surpresa para todos.

Bela trilha sonora do competente Alexandre Desplat, um francês nascido em 1961 que anda compondo belos temas para bons filmes (Reencarnação/Birth, Moça com Brinco de Pérola).  

         Um filme despretensioso e competente.   

A Outra Face da Raiva/The Upside of Anger

De Mike Binder, EUA, 2004.

Com Joan Allen, Kevin Costner, Erika Christensen, Evan Rachel Wood, Keri Russell, Alicia Witt, Mike Binder

Argumento e roteiro Mike Binder

Música Alexandre Desplat

Cor, 116 min

5 Comentários