Eu Te Matarei, Querida / My Cousin Rachel


Nota: ★☆☆☆

Anotação em 2000: Filminho ruim, siô – apesar de todos os nomes respeitáveis envolvidos – Richard Burton, Olivia de Havilland, a escritora Daphne du Maurier, que deu origem a Rebecca, de Hitchcock, e o bom roteirista Nunnally Johnson. O que é no mínimo uma prova de que também se faziam filmes ruins no período de ouro.

Vejo no Cinemania que foi indicado para quatro Oscars, inclusive ator coadjuvante para Burton, em seu primeiro filme nos Estados Unidos, o que é duplamente ridículo – primeiro porque ele, jovenzinho de tudo, está exageradp que não acaba mais, e segundo porque ele é o ator principal do filme.

A trama é uma daquelas muitas passadas em imensos casarões ingleses envolvendo herança e a suspeita de assassinato de um rico para garantir o butim.

Eu Te Matarei, Querida/My Cousin Rachel

De Henry Koster, EUA, 1952.

Com Richard Burton, Olivia de Havilland, Audrey Dalton.

Baseado em livro de Daphne du Maurier

Roteiro Nunnally Johnson

Produção Nunnally Johnson

98 min, P&B

2 Comentários para “Eu Te Matarei, Querida / My Cousin Rachel”

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *