Misteriosa Paixão / Goodbye Lover


Nota: ★☆☆☆

Anotação em 1999: O competente Roland Joffe, que fez o estupendo A Missão e alguns outros filmes muito bons, foi parar no Irajá, dirigindo esta imbecilidade feita pra agradar o público americano sedento de historinhas cheias de assassinatos e muito cinismo. Toda a parte técnica é impecável, os atores estão bem, tudo funciona – dentro da fórmula nojenta que Hollywood tanto tem adorado nos últimos anos.

Um domingo, um mês depois de ter visto o filme, acordei com uma música da Noviça Rebelde na cabeça, e me lembrei de uma piada boa do filme de Joffe. A personagem de Patricia Arquette é vidrada com a trilha sonora de The Sound of Music. Quando a detetive – Ellen DeGeneres, a namorada de Anne Heche na vida real – começa a investigar os assassinatos, diz para si mesma algo como: Ninguém que gosta da trilha de The Sound of Music pode ser inocente.

A revista Premiere americana diz que o filme, lançado finalmente em 16/4/1999 nos Estados Unido, tinha estado “desesperadamente à procura de uma data de lançamento desde 1997”.

Misteriosa Paixão/Goodbye, Lover

De Roland Joffé, EUA, 1997.

Com Patricia Arquette, Dermot Mulroney, Mary Louise Parker, Ellen DeGeneres, Don Johnson

Roteiro Ron Peer, Joel Coen, Alex Sokolov

Cor, 102 min

Um comentário para “Misteriosa Paixão / Goodbye Lover”

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.