Baila Comigo / Marilyn Hotchkiss Ballroom Dancing & Charm School


Nota: ★☆☆☆

Anotação em 2008: Mais do que propriamente ruim, este é um filme bobo, coitadinho.

A história é ginasiana, quase infantil: um homem (o bom gordo John Goodman) viaja para reencontrar em uma escola de dança uma namoradinha da infância, depois de 30 anos sem vê-la. Na primeira cena do filme, bate o carro. Socorrido por um sujeito que passava pela estrada naquela hora (o ótimo escocês Robert Carlyle, de bons filmes feitos nas Ilhas Britânicas), conta sua história para ele.

O sujeito, um viúvo triste, desesperançado, sem graça na vida, resolve ir à tal escola, onde encontra uma mulher bela (Marisa Tomei, sempre bonitinha, com aquele charme de garota normal, parecida com a vizinha) porém profundamente infeliz, tiranizada pelo irmão.

Bobinho, bobinho.

Robert Carlyle, felizmente, depois deste filme voltou para as British Isles.

Baila Comigo/Marilyn Hotchkiss Ballroom Dancing & Charm School

De Randall Miller, EUA, 2005.

Com Robert Carlyle, John Goodman, Marisa Tomei

Roteiro Randall Miller e Jody Savin

Baseado no curta de mesmo nome, de Randall Miller

Montagem Randall Miller

Música Mark Adler

Produção Unclaimed Freight Productions. Estreou em São Paulo 20/7/2007.

*

Um Trackback

  1. […] consultar o IMDb, mas poderia também ter consultado o 50 Anos de Filmes, que tem um filme dele – Baila Comigo. O cara do 50 Anos de Filmes (quem será esse babaca?) não gostou do filme, disse que é bobo. […]

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*