O Fio da Inocência / Felicia’s Journey


Nota: ★★½☆

Anotação em 2002: Garota irlandesa interiorana e inocente vai para Manchester atrás do namorado que a engravidou. Lá vai encontrar a ajuda de um funcionário graduado de uma indústria, um solteirão bom gourmé que prepara pratos em casa seguindo as receitas que vê uma mulher ensinando na TV.

O espectador leva mais da metade do filme para perceber o que se esconde atrás da vida pacata, organizada, desse personagem – e o que se esconde é assombroso. Essa surpresa é talvez a melhor coisa deste filme que o canadense Atom Egoyan fez na Inglaterra – juntamente com a esplêndida atuação de Bob Hoskins, um ator tão eclético e tão bom em todos os diferentes tipos que faz.

É de se estranhar que o diretor Egoyan – adorado pelos chatos da Mostra de Cinema de São Paulo e autor do chato e superestimado O Doce Amanhã – tenha feito um filme assim linear e simples.

 

O Fio da Inocência/Felicia’s Journey

De Atom Egoyan, Inglaterra-Canadá, 1999.

Com Bob Hoskins, Elaine Cassidy, Sheila Reid

Roteiro Atom Egoyan

Baseado em livro de William Trevor

Música Mychael Danna

Produção Alliance Atlantis. Lançado em São Paulo 1/2/2002

Cor, 116 min.

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *