Juventude Selvagem / The Young Savages


Nota: ★★★☆

Anotação em 1999, com complemento em 2008: Um filme dos anos 60 que eu nunca tinha visto, e que gostaria de rever. É corajoso, não é nada simplista, esquemático ou maniqueísta, ao tratar dessa coisa tão difícil que é a delinquência juvenil. Ao contrário, é extremamente corajoso e competente, ao mostrar a luta do assistente de promotoria (Lancaster) para descobrir a verdade no meio das versões conflitantes – e ao demonstrar que todos os lados têm culpa no cartório, não há bonzinhos e maus.

A fotografia em P&B e a câmara são excepcionais.

Parte de uma guerra de gangues nas ruas do Spanish Harlem de Nova York, louros versus latinos. Na primeira seqüência, brilhante, a gangue de louros mata um latino, um porto-riquenho. Um dos latinos usa uma capa, exatamente como o Capeman que Paul Simon trouxe à baila neste final dos anos 1990. O filme é de 1961. Não consta das duas resenhas que li, mas é óbvio, hoje, que o caso do Capeman, ocorrido em 30 de agosto de 1959, foi a inspiração deste filme.

Fiquei com a sensação de que houve um abrandamento do final do filme por causa de censura, possivelmente dos próprios produtores.

Um filme para rever. Mas só se for na própria TV a cabo; não consta que ele tenha sido lançado em vídeo no Brasil.

 The Capeman foi o maior fracasso da vida de Paul Simon. O grande compositor criou um musical sobre a história real do porto-riquenho que matou um branco numa briga de gangues em Nova York em 1959; o espetáculo ficou pouquíssimo tempo em cartaz e fechou dando um prejuízo imenso para o autor. O tema era pesado demais, e a defesa que Simon fazia do direito do assassino a uma segunda chance era uma coisa libertária demais, progressista demais, para aquele país. O CD com algumas das músicas do espetáculo, que Simon lançou em 1997, é de uma beleza fenomenal, extraordinária. Vejo agora, em 2008, que a internet tem várias referências ao espetáculo, incluindo um belo site não oficial e um outro oficial, feito pela gravadora de Simon.

Juventude Selvagem/The Young Savages

De John Frankenheimer, EUA, 1961.

Com Burt Lancaster, Shelley Winters, Dina Merrill, Telly Savalas, John David Chandler.

Roteiro Edward Anhalt e J.P. Miller

Fotografia Lionel Lindon

Basseado na novela A Matter of Conviction, de Evan Hunter

Produção United Artists

P&B, 103 min.

3 Comentários para “Juventude Selvagem / The Young Savages”

  1. Realmente um filme para ver e rever, gravei do Telecine e estou sempre revendo por ser um retrato da comtepencia pessoal e luta de uma pessoa contra o sistema legal fracassado.
    Bom filme!

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *