Da Magia à Sedução / Practical Magic


Nota: ★☆☆☆

Anotação em 1999: Uma gigantesca bobagem. Mas bota bobagem nisso. Tem algum pequeno charme, possivelmente por causa das atrizes, belas e boas, da trilha sonora que usa um bando de cantoras (com as letras se misturando bem às cenas).

Mas é bobo demais. É bruxaria tratada de maneira light, como comédia leve – algo na tentativa, talvez, de obter a fórmula gostosa, engraçada, que As Bruxas de Eastwick conseguiu. Só que falta talento e sobra imbecilidade.

Como diretor, esse Griffin Dunne, bom ator em After Hours, do Martin Scorsese, realmente não presta – seu primeiro, A Lente do Amor/Addicted to Love, era outro compêndio de asneiras.

Da Magia à Sedução/Practical Magic

De Griffin Dunne, EUA-Austrália, 1998.

Com Sandra Bullock, Nicole Kidman, Dianne Wiest, Stockard Channing, Aidan Quinn

Baseado no livro de Alice Hoffman

Música Alan Silvestri

Produção Warner

Cor, 103 min.

2 Comentários

  1. Jussara
    Postado em 4 julho 2009 às 1:23 am | Permalink

    É um filme bem bobo mesmo, muito fantasioso. Mas à parte as bobagens todas , eu gostei de alguma coisa nele. Acho que do fato de grande parte do filme ser só de mulheres: as duas principais, as filhas de uma delas e as tias. Gosto de filmes que mostram amizade entre mulheres. Sempre quis ter uma irmã e ser uma bruxa. Os gatos eu já tenho, só faltam os poderes mágicos e a vassoura, rsrs.

  2. Jussara
    Postado em 25 outubro 2009 às 10:57 pm | Permalink

    Revi essa pérola há pouco tempo e realmente é uma bomba! Só se salvam mesmo as músicas e a amizade entre as irmãs. Do pouco que me lembrava dele, sabia que era ruim, mas não tanto!

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*