O Relutante Fundamentalista / The Reluctant Fundamentalist

zzrelutante1

Nota: ★★★★

É um filme extraordinário, este O Relutante Fundamentalista, uma co-produção EUA-Inglaterra-Qatar que a indiana radicada nos Estados Unidos Mira Nair lançou em 2012. Um filmaço. Daquelas obras que, além de serem excelentes enquanto arte, são também admiráveis, importantes, pelo que falam, pelo seu significado. Continue lendo “O Relutante Fundamentalista / The Reluctant Fundamentalist”

O Pecado de Hadewijch / Hadewijch

zzhade1

Nota: ★☆☆☆

É possível que o diretor Bruno Dumont tenha querido mostrar, em O Pecado de Hadewijch, que todo e qualquer fanatismo religioso é, em si mesmo, um perigo. E que os fanatismos todos a rigor se aproximam. Céline, a protagonista do filme, passa de um cristianismo exagerado, lunático, fanático, ao terrorismo muçulmano. Do abnegadérrimo amor a Cristo à jihad sangrenta dos muçulmanos fanáticos. Continue lendo “O Pecado de Hadewijch / Hadewijch”

Tão Forte e Tão Perto / Extremely Loud & Incredibly Close

234895id1e_ELAIC_FinalRated_27x40_1Sheet.indd

Nota: ★★½☆

Tão Forte e Tão Perto, no original Extremely Loud & Incredibly Close, tem sido bastante aclamado. Venceu oito prêmios e teve 12 outras indicações, inclusive duas ao Oscar – de melhor filme e melhor ator coadjuvante para o veterano e bergmaniano Max Von Sydow. Continue lendo “Tão Forte e Tão Perto / Extremely Loud & Incredibly Close”

London River – Destinos Cruzados / London River

Nota: ★★★★

Anotação em 2011: Uma beleza de filme, uma obra de arte. Duro, triste, amargo como os temas que aborda – o mundo pós 11 de setembro, os ataques terroristas na Inglaterra em 2005, os preconceitos raciais. Uma bela lição de humanismo, uma elegia à capacidade que as pessoas têm de suplantarem seus preconceitos e serem solidários. Continue lendo “London River – Destinos Cruzados / London River”

Rastros de Justiça / Five Minutes of Heaven

Nota: ★★★★

Anotação em 2010: Um filmaço, espetacularmente bem feito em cada detalhe. Um mergulho sério, pesado, denso, sobre uma série de temas fundamentais – fanatismo, terrorismo, assassinato, arrependimento, culpa, vingança, possibilidade/impossibilidade de reconciliação. Continue lendo “Rastros de Justiça / Five Minutes of Heaven”

Ataque Terrorista / Shoot on Sight


Nota: ★★★★

 Anotação em 2010: Um grande filme, dos melhores entre tantos bons filmes sobre o mundo após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. Feito e passado na Inglaterra por um diretor de país de origem muçulmana (assim como boa parte do elenco e da equipe), ele se inspira no caso do assassinato do brasileiro Jean Charles pela polícia londrina. Continue lendo “Ataque Terrorista / Shoot on Sight”

Adoração / Adoration


Nota: ★★★☆

Anotação em 2010: Adoração, do canadense Atom Egoyan, é um filme forte, poderoso, impressionante, bem feitíssimo. Fala de problemas eternos (vida em família e as muitas possibilidades de traumas que vêm com ela), de questões antigas mas sob o ponto de vista de hoje (terrorismo, preconceitos raciais) e de questões atualíssimas (as novas tecnologias de comunicação, suas vantagens, suas ameaças). Continue lendo “Adoração / Adoration”

Segredos de Estado / Quelques Jours en Septembre


Nota: ½☆☆☆

Anotação em 2009: Este filme, na minha opinião, é mais uma comprovação de que não há diferença, no cinemão mainstream, comercialão, de hoje, entre os filmes feitos nos Estados Unidos e os produzidos na Europa. São iguaizinhos. Continue lendo “Segredos de Estado / Quelques Jours en Septembre”

Um Lugar Chamado Brick Lane / Brick Lane


Nota: ★★★☆

Anotação em 2009: Este é um belo filme. A história de uma mulher na visão de mulheres – a autora do livro, as roteiristas e a diretora são todas mulheres. É a história de travessias, jornadas, das quais a passagem de um vilarejo perdido no interior de Bangladesh para um bairro de Londres é apenas a mais evidente.  Continue lendo “Um Lugar Chamado Brick Lane / Brick Lane”

Paradise Now


Nota: ★★½☆

Anotação em 2009: Paradise Now, de 2005, foi um dos cinco indicados ao Oscar de melhor filme estrangeiro; ganhou 13 prêmios em festivais e teve outras nove indicações. Trata de um tema importante, da maior relevância, o conflito palestinos-israelenses, do ponto de vista dos palestinos. Merece respeito, portanto. Mas, na minha opinião, não é um grande filme. Continue lendo “Paradise Now”