O Cavaleiro Elétrico / The Electric Horseman

Nota: ★★★½

O Cavaleiro Elétrico, de 1979, a terceira (ou seria a quarta?) reunião de Jane Fonda e Robert Redford nas telas, é um filme cheio de mensagens. É contra o consumismo, contra o poder descontrolado da publicidade, é virulentamente contra as grandes corporações. A rigor, a rigor, é contra o capitalismo. Continue lendo “O Cavaleiro Elétrico / The Electric Horseman”

A Taverna do Caminho / Road House

Nota: ½☆☆☆

Road House, no Brasil A Taverna do Caminho, um preto-e-branco com pretensões a ser noir da Fox, dirigido por Jean Negulesco em 1948, tem duas coisas capazes de atrair as atenções dos cinéfilos: as risadas macabras, tenebrosas de Richard Widmark, fazendo mais um vilão horripilante, e a presença forte, magnética, de Ida Lupino. Continue lendo “A Taverna do Caminho / Road House”

A Taberna das Ilusões Perdidas / The Rat Race

Nota: ★★★☆

O tempo mexe com tudo. The Rat Race, dirigido pelo ótimo Robert Mulligan em 1960, fala das terríveis durezas que aguardam os jovens interioranos que chegam à grande metrópole. Mostra, por exemplo, o apelo à prostituição, a violência dos bandidos, golpes inesperados praticados por gente que parece decente. Continue lendo “A Taberna das Ilusões Perdidas / The Rat Race”

Um Instante de Amor / Mal des Pierres

Nota: ½☆☆☆

Mal de Pierres, no Brasil Um Instante de Amor, foi indicado para nada menos que 8 Césars, o maior prêmio do cinema francês, inclusive nas principais categorias: melhor filme, melhor direção para Nicole Garcia, melhor atriz para Marion Cotillard, melhor roteiro adaptado para a própria Nicole Garcia e Jacques Fieschi.

Continue lendo “Um Instante de Amor / Mal des Pierres”

Um Amor Inesperado / El Amor Menos Pensado

Nota: ★★★½

El Amor Menos Pensado, no Brasil Um Amor Inesperado, é uma delícia, um encanto, uma maravilha. É tudo, tudo o que a gente pode esperar de uma comédia romântica: bem humorada, inteligente, gostosa, agradável – e o casal de atores que faz os protagonistas tem química, é belo e nos dá ótimas interpretações. Continue lendo “Um Amor Inesperado / El Amor Menos Pensado”

Essa Loura Vale um Milhão / Bells Are Ringing

Nota: ★★★½

A trama da comédia musical Essa Loura Vale um Milhão, no original Bells Are Ringing, de 1960, é uma absoluta delícia, cheia de boas idéias piadas gostosas, inclui uma gozação do meio artístico de Nova York e uma sensacional quadrilha fora-da-lei operando como se fosse uma gravadora de música erudita – mas parte de um ponto absolutamente incompreensível para as novas gerações. Continue lendo “Essa Loura Vale um Milhão / Bells Are Ringing”

A Lenda dos Beijos Perdidos / Brigadoon

Nota: ★☆☆☆

Poderia chamar Dois Americanos na Escócia. Ou Dois Americanos no Mundo da Lua, ou na Ilha da Fantasia. Três anos depois do extraordinário sucesso de público e crítica de An American in Paris, o diretor Vincente Minnelli e o ator-dançarino-coreógrafo-cantor Gene Kelly voltaram a trabalhar juntos neste Brigadoon. Continue lendo “A Lenda dos Beijos Perdidos / Brigadoon”

Uma Aventura na Martinica / To Have and Have Not

Nota: ★★½☆

A mística em torno de To Have and Have Not, no Brasil Uma Aventura na Martinica, é imensa, densa, gostosa, passional – e enfumaçada, como eram os bares de antigamente. O filme, na verdade, é muitíssimo menor que a mística, a lenda, a fama, a glória, mas fazer o quê? Nada é perfeito. Continue lendo “Uma Aventura na Martinica / To Have and Have Not”

Quando Paris Alucina / Paris – When It Sizzles

Nota: ★★★☆

Quando Paris Alucina, comédia romântica de Richard Quine de 1964, é uma gostosíssima diversão. E é também um filme belo, bonito de se ver, que faz bem aos olhos: tem, como o título indica, um monte de tomadas de Paris, e um monte de tomadas de Audrey Hepburn. Vestida, naturalmente, por Givenchy. Continue lendo “Quando Paris Alucina / Paris – When It Sizzles”