Arquivos do Rótulo: Política

Afterimage / Powidoki

Nota: ★★★★

Mestre Andrzej Wajda, um dos maiores cineastas de todos os tempos, encerrou sua longa, gloriosa carreira com mais uma obra-prima. Afterimage, de 2016, é mais um poderoso documento sobre a Grande História como vista da Polônia, mais uma séria, pesada, profunda denúncia contra os totalitarismos – e mais uma grande obra de arte. Ler Mais »

O Jornal / Novine

Nota: ★★★☆

Políticos corruptos, a política tomada pela corrupção. Organização criminosa formada por político corrupto eleito para a chefia do Executivo e por magnata do setor de construção civil. Fortunas de dinheiro sujo sendo irrigadas para campanha eleitoral. Ler Mais »

A Professora / Ucitelka

Nota: ★★★★

A Professora, do checo Jan Hrebejk, é um filmaço, uma obra-prima, um brilho, 102 minutos de primoroso cinema. É também um contundente, forte, violento, bem documentado libelo contra os totalitarismos, um minucioso estudo de como o autoritarismo vai se enraizando em absolutamente tudo, em cada detalhe da vida das pessoas que vivem sob uma ditadura. Ler Mais »

Pastoral Americana / American Pastoral

Nota: ★★★★

Há muito, muito tempo acho que uma das piores tragédias que podem acontecer a uma pessoa é perder o filho ainda jovem. Pastoral Americana mostra que há tragédia ainda maior: perder o filho com o filho ainda em vida. Ler Mais »

O Caso Farewell / L’Affaire Farewell

Nota: ★★★½

Como alguns outros grandes realizadores antes dele – John Huston, Otto Preminger, Erich von Stroheim, para citar só alguns –, o sérvio Emir Kusturica gosta de se aventurar como ator. E, como os três citados, quando faz isso, brilha. A interpretação de Emir Kusturica neste L’Affaire Farewell é magnífica, fantástica, extraordinária. Ler Mais »

O Presidente / President

Nota: ★★★★

O Presidente é um filme forte, poderoso, fascinante, muitas vezes descaradamente assustador. Ler Mais »

O Salão de Jimmy / Jimmy’s Hall

Nota: ★★★☆

Apenas oito anos após Ventos da Liberdade/The Wind that Shakes the Barley (2006), Palma de Ouro em Cannes e mais um monte de prêmios e indicações, o grande Ken Loach voltou à mesma Irlanda dividida, partida, conflagrada, do período entre a guerra civil de 1922 e a total independência da Grã-Bretanha em 1937, neste Jimmy’s Hall (2014). Ler Mais »

Chamada para um Morto / The Deadly Affair

Nota: ★★★☆

Em 1966, nove anos depois de sua estréia no cinema com 12 Homens e uma Sentença/12 Angry Men, o americaníssimo Sidney Lumet, nascido na Filadélfia e radicado em Nova York, foi a Londres fazer um filme absolutamente britânico, baseado na primeira novela publicada por John le Carré. Ler Mais »

Conspiração e Poder / Truth

zzatruth1

Nota: ★★★½

É uma história real, bem recente, absolutamente fascinante – e bem menos conhecida do que deveria. Envolve dois temas fundamentais, a política e o jornalismo. Ler Mais »

As Sufragistas / Suffragette

zzsufra1

Nota: ★★★★

As Sufragistas, dirigido pela jovem inglesa Sarah Gavron, é um daqueles filmes que são, além de belas obras de arte, também importantes documentos sobre episódios relevantes da História. Ler Mais »

Caminho da Redenção / Flamingo Road

zzflamingo1

Nota: ★★☆☆

Em 1949, Michael Curtiz e Joan Crawford, dois nomes de ouro que haviam feito juntos Mildred Pierce (1945), se reuniram novamente em Flamingo Road, no Brasil Caminho da Redenção. Ler Mais »

Todos se van

zztodos1

Nota: ★★★★

A garotinha Nieve (Rachel Mojena), que vemos com 8 anos de idade, foi abençoada com uma inteligência fora de série e, de quebra, um fantástico talento para escrever. No entanto, foi também vítima de duas maldições terríveis, tenebrosas, das piores que pode haver. Ler Mais »

Amor para a Eternidade / Gui lai

zzamor1

Nota: ★★★★

Zhang Yimou é cineasta de afrescos, de sinfonias, de épicos – planos gerais, multidões em movimento. Tudo em seu estilo é grandioso. Tornou-se extremamente conhecido no Ocidente em boa parte por suas fábulas de uma China do passado remoto – ou de um passado que a rigor jamais existiu –, povoado por adagas e heróis voadores, por guerreiros que mais parecem bailarinos. Ler Mais »

Cinco Graças / Mustang

zzmustang1

Nota: ★★★★

A frase é dita por uma voz de uma adolescente, em off, ainda ao final dos créditos iniciais, antes que surja na tela a primeira sequência de Cinco Graças, no original Mustang: “É como se tudo tivesse mudado em um piscar de olhos. Uma hora, estávamos bem. Depois, tudo ficou uma merda”. Ler Mais »

A Confissão / L’Aveu

zzaveu1

Nota: ★★★★

Nem mesmo Franz Kafka seria capaz de criar essa história de tamanho absurdo kafkiano que viria a acontecer de verdade ali mesmo, na sua cidade natal, a bela Praga, e que Costa-Gavras, Monsieur Cinéma Politique, transformou em um filme em tudo por tudo extraordinário, eletrizante, importantíssimo, em 1970. Ler Mais »