Golpe de Mestre / The Sting

Nota: ★★★★

Em 1969, Paul Newman e Robert Redford se reuniram e, sob a direção de George Roy Hill, fizeram Butch Cassidy and the Sundance Kid. Foi um dos filmes mais gostosos de Hollywood nos anos 60, e um sucesso extraordinário. Quatro anos depois, em 1973, os três se reuniram de novo e fizeram The Sting, no Brasil Golpe de Mestre. Foi um dos filmes mais gostosos de Hollywood nos anos 70, e um sucesso extraordinário. Continue lendo “Golpe de Mestre / The Sting”

O Insulto / L’Insulte / The Insult

[rating:4}

O Insulto é um filmaço, uma obra-prima, uma coisa absolutamente extraordinária. Parte de um incidente pequenino, um desentendimento meio bobo, para fazer um amplo afresco sobre o Líbano de hoje, o país que já foi tido como a Suíça do Oriente Médio, e tem passado nas últimas décadas por guerra civil, invasões, ocupações, bombardeios, e permanece dividido por grupos políticos e religiosos que se odeiam profundamente. Continue lendo “O Insulto / L’Insulte / The Insult”

De Volta para o Futuro / Back to the Future

Nota: ★★★★

Os anos 30 foram dourados para os filmes de horror e de gângster, em Hollywood; os anos 40 foram dourados para os filmes noir, e os 40 e os 50, para os musicais. Da mesma forma, os 80 foram os anos dourados dos filmes de aventura & fantasia & ação & bom humor para jovens de todas as idades. Continue lendo “De Volta para o Futuro / Back to the Future”

Grand Canyon – Ansiedade de uma Geração / Grand Canyon

Nota: ★★★★

Não era para ser assim. Não era para ter tanta violência, tanta insegurança, tanto medo. Não era, de jeito nenhum, para ter tanta miséria no mundo, esse fosso entre os ricos e os pobres – esse abismo gigantesco, colossal, um Grand Canyon separando os que têm tudo sobrando e os que não têm coisa alguma. Continue lendo “Grand Canyon – Ansiedade de uma Geração / Grand Canyon”

O Orgulho / Le Brio

Nota: ★★★★

O Orgulho, no original Le Brio (2017) é antes de tudo, para começo de conversa, um ato de coragem. Para seu quinto longa-metragem como diretor, Yvan Attal – ator consagrado, experiente – escolheu temas difíceis, polêmicos demais: o racismo na França de hoje e o politicamente correto, o dever, a obrigação de ser politicamente correto no ambiente universitário. Continue lendo “O Orgulho / Le Brio”

Dunkirk

Nota: ★★★★

Dunkirk é um daqueles poucos filmes para os quais toda exaltação, todo pleonasmo, todo superlativo é pouco. É um filme chocantemente belo, uma obra-prima. Continue lendo “Dunkirk”

E.T. : O Extraterrestre / E.T. The Extra-Terrestrial

Nota: ★★★★

E,T. é um dos melhores filmes para toda a família de todos os tempos, se não o melhor de todos. Emociona pessoas de qualquer idade. É encantador, caloroso, delicioso, daqueles que, quando acabam, nos deixam a alguns centímetros do chão, em êxtase. Continue lendo “E.T. : O Extraterrestre / E.T. The Extra-Terrestrial”

Glória Feita de Sangue / Paths of Glory

Nota: ★★★★

Quando a obra de arte é boa demais, o tempo – ao contrário do que canta o Cazuza – pára. Glória Feita de Sangue, que Stanley Kubrick lançou em 1957, tem portanto 61 anos, mas não envelheceu absolutamente nada. Poderia perfeitamente ter sido lançado um mês atrás. Continue lendo “Glória Feita de Sangue / Paths of Glory”

A Estrada da Vida / La Strada

Nota: ★★★★

O cinema adora histórias de trupes mambembes, saltimbancos, artistas de variedades, gente simples, humilde, pobre, não raro feia, andrajosa, que se põe na estrada e vai de cidade em cidade exibindo suas artes, muitas vezes apenas por alguns trocados. Há motivos de sobra para crer que Gelsomina e Zampano são, de toda a imensa galeria de tipos assim que o cinema já nos mostrou, os mais pobres de todos, os mais tristes, os mais sofridos. Continue lendo “A Estrada da Vida / La Strada”