Como Fera Encurralada / Classe Tous Risques

Nota: ★★★☆

Claude Sautet foi um realizador de poucos filmes. Foram 16, no total, ao longo de 44 anos, entre 1951 e 1995 – e mesmo assim contando com um curta-metragem, Nous n’irons plus au bois (1950), e um em que seu nome não aparece como diretor, A Fera Está Solta/Le Fauve est Lâché (1959). Ele era o assistente do diretor, Maurice Labro, que morreu durante as filmagens, e concluiu o trabalho. Continue lendo “Como Fera Encurralada / Classe Tous Risques”

Monika e o Desejo / Sommaren med Monika

Nota: ★★★☆

Uma das características de Monika e o Desejo que mais me impressionaram ao vê-lo agora, 65 anos após seu lançamento, é como o filme demonstra clara influência do neo-realismo italiano – e como parece óbvio que ele iria influenciar a nouvelle vague francesa que surgiria daí a poucos anos.  Continue lendo “Monika e o Desejo / Sommaren med Monika”

Juventudes Roubadas / Testament of Youth

Nota: ★★★☆

O começo do filme é espetacular, um brilho, uma maestria. A primeira imagem que vemos é o rosto de uma jovem e bela mulher, em close-up, ocupando a tela inteira – Alicia Vikander, essa atriz fantástica, que já surgiu com o brilho de uma supernova. A câmara se distancia um pouco do rosto dela, e vemos que ela está na rua, no meio de uma multidão em festa. Continue lendo “Juventudes Roubadas / Testament of Youth”

Soberba / The Magnificent Ambersons

Nota: ★★★★

É possível que The Magnificent Ambersons, no Brasil Soberba, de 1942, tivesse sido um filme genial, uma obra-prima, dos mais belos filmes da História. Não dá para se saber: o filme foi picotado, reeditado, sem a presença e a autorização de seu realizador, Orson Welles. Acrescentaram coisas que o diretor não fez, criariam até uma espécie de happy ending. Continue lendo “Soberba / The Magnificent Ambersons”

La Trêve

Nota: ★★★☆

La Trêve, série belga de 2016, engloba uma diversidade grande de temas. O fio condutor da trama – criação original de um grupo de quatro roteiristas – é um caso policial, o assassinato de um jovem jogador de futebol em uma pequenina cidade rural da Bélgica próxima da fronteira com a França. Continue lendo “La Trêve”

Grisbi, Ouro Maldito / Touchez Pas Au Grisbi

Nota: ★★★☆

Touchez Pas Au Grisbi, no Brasil Grisbi, Ouro Maldito, que Jacques Becker lançou em 1954, fala sobre gângsteres, e tem, sim, rajadas de metralhadora. Mas é um filme em que o ambiente, o clima importam a rigor mais que a trama. E, como maravilhosamente definiu o historiador Georges Sadoul, é sobretudo um filme sobre a amizade e a chegada da velhice. Continue lendo “Grisbi, Ouro Maldito / Touchez Pas Au Grisbi”

Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra / Pirates of the Caribbean: The Curse of the Black Pearl

Nota: ★★★☆

Há filmes baseados em romances, novelas, contos, peças de teatro, óperas, histórias reais, histórias criadas diretamente para o cinema. Tem de tudo. Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra certamente foi o primeiro baseado no nome de uma atração de um parque de diversões. Continue lendo “Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra / Pirates of the Caribbean: The Curse of the Black Pearl”

Michael Collins, o Preço da Liberdade / Michael Collins

Nota: ★★★☆

 

O diretor Neil Jordan e o ator Liam Neeson são contemporâneos e conterrâneos. O primeiro nasceu em 1950, em Isligo, e o segundo, em 1952, em Ballymenna, a 190 km da outra cidade. Cada uma delas, no entanto, fica num país diferente. Continue lendo “Michael Collins, o Preço da Liberdade / Michael Collins”

Rebellion

Nota: ★★★☆

Na Semana Santa de 1916, enquanto a Europa estava mergulhada na Primeira Guerra Mundial, a Grande Guerra, uns poucos milhares de irlandeses se armaram e pretenderam se libertar do Império Britânico, proclamar e estabelecer a República da Irlanda.  Continue lendo “Rebellion”