O Sangue de Romeu / Romeo is Bleeding


Nota: ★★☆☆

Anotação em 1995: Quase um bom filme. Excelentes interpretações de ótimo elenco (é muito nome bom junto), música, de Mark Isham, muito competente. Em várias cenas, esse Peter Medak, um diretor nascido na Hungria e que passou pela Inglaterra, cria um clima quase tão opressivo e sufocante quanto o de Coração Satânico, de Alan Parker. Continue lendo “O Sangue de Romeu / Romeo is Bleeding”

Atraída pelo Perigo / Catchfire ou Backtrack


Nota: ★★☆☆

Anotação em 1995: Um filme muito estranho, e ao mesmo tempo bastante previsível. Daquele tipo de filme que se candidata desde o início a virar cult – tem todos os trejeitos, todas as manhãs, todos os truquezinhos para virar cult. Só que quem decide o que vira cult não é o diretor, é o público e a porra da crítica. Esse, por exemplo, não virou. Continue lendo “Atraída pelo Perigo / Catchfire ou Backtrack”