Marcas da Maldade / Forever Mine


Nota: ½☆☆☆

Anotação em 2005, com acréscimo em 2008: Este filme Marcas da Maldade/Forever Mine, dirigido por Paul Schrader, um nome respeitado, autor do roteiro de Taxi Driver, é tão absolutamente ruim, mas tão absolutamente ruim, que conseguiu me deixar furioso a ponto de escrever um comentário para o iMDB. Continue lendo “Marcas da Maldade / Forever Mine”

Retorno ao Paraíso / Return to Paradise


Nota: ½☆☆☆

Anotação em 2004, com complemento em 2008: Eis aí um seriíssimo candidato ao título de pior filme de todos os tempos. Poucas vezes o espírito colonialista americano esteve tão bem representado quanto nesta história de um homem que vai dar com os costados (pra usar uma expressão típica de má dublagem dos filmes dessa época) numa ilha paradisíaca dos mares do Sul e vira o bwana da população local. Continue lendo “Retorno ao Paraíso / Return to Paradise”

Do Lodo Brotou uma Flor / Ride the Pink Horse


Nota: ½☆☆☆

Anotação em 2001, com complemento em 2008: Bola preta. Este foi um dos piores de todos os filmes do festival de noirs que o Telecine 5, o canal de filmes clássicos, apresentou. Coisa completamente incompreensível, uma seqüência totalmente sem sentido de acontecimentos soltos, disparatados, ilógicos. Continue lendo “Do Lodo Brotou uma Flor / Ride the Pink Horse”

Forças da Natureza / Forces of Nature


Nota: ½☆☆☆

 Anotação em 2000: Para este filme, seria preciso inventar a cotação duas bolas pretas. Não é apenas que o filme seja ruim – e ele é extremamente ruim, com uma estética MTV de cores que parecem falsas o tempo todo e ritmo de videoclip e aquelas bobagens de câmaras entortadas e super-contre-plongées imbecis. Continue lendo “Forças da Natureza / Forces of Nature”

O Beijo da Serpente / The Serpent’s Kiss


Nota: ½☆☆☆

Anotação em 2000 e complemento em 2008: Bola preta, meia-estrela, turkey, peru – a classificação pior que existir é a deste filme. Uma gigantesca perda de tempo. É daquele tipo de filme que os críticos devem achar cabeça, feito de teóricas simbologias – na verdade, uma tremenda falta do que fazer. Continue lendo “O Beijo da Serpente / The Serpent’s Kiss”

Audrey Hepburn / The Audrey Hepburn Story


Nota: ½☆☆☆

Anotação em 2000: Bola preta. Telefilmezinho chinfrim, muitíssimo abaixo do que mereceria Audrey Hepburn, essa atriz e mulher esplenderosa. Típico do telefilmezinho que não aposta um níquel na inteligência do espectador – muito ao contrário. Tudo é previsível, esquemático, supersimplificado, corriqueiro, banal. Continue lendo “Audrey Hepburn / The Audrey Hepburn Story”

Johnny Destino / Destiny Turns on the Radio


Nota: ½☆☆☆

Anotação em 1999: Bola preta. O tipo de filme que a gente deveria não ver, desligar quando começa – e, no entanto, talvez por masoquismo, eu veja. Feito para virar cult, com essa intenção declarada – uma imensa bobagem, que mistura road movie, estar do outro lado da lei e, veja só, um imbecil toque que realismo fantástico. Continue lendo “Johnny Destino / Destiny Turns on the Radio”

Buffalo 66 / Buffalo ’66


Nota: ½☆☆☆

Anotação em 1999: Eis o lead: Presidiário é libertado; estamos no inverno, em Buffalo, NY. O agora ex-presidiário fica em frente ao presídio horas. Pede para entrar para ir no banheiro, guarda não deixa. Ele toma um ônibus, desce numa rodoviária; os banheiros da rodoviária estão em obras. Ele vai a uma lanchonete, não deixam que ele use o banheiro. Continue lendo “Buffalo 66 / Buffalo ’66”