Professor Marston e as Mulheres Maravilhas / Professor Marston and the Wonder Women

Nota: ★★★½

Nada como vidas fascinantes para render filmes fascinantes – e as vidas dos psicólogos William e Elizabeth Marston e sua aluna, depois assistente e depois amante Olive Byrne são absolutamente extraordinárias. Continue lendo “Professor Marston e as Mulheres Maravilhas / Professor Marston and the Wonder Women”

Juventudes Roubadas / Testament of Youth

Nota: ★★★☆

O começo do filme é espetacular, um brilho, uma maestria. A primeira imagem que vemos é o rosto de uma jovem e bela mulher, em close-up, ocupando a tela inteira – Alicia Vikander, essa atriz fantástica, que já surgiu com o brilho de uma supernova. A câmara se distancia um pouco do rosto dela, e vemos que ela está na rua, no meio de uma multidão em festa. Continue lendo “Juventudes Roubadas / Testament of Youth”

Até o Último Homem / Hacksaw Ridge

Nota: ★★★½

A vida de Desmond Doss é uma história riquíssima, fascinante, fantástica. Era sem dúvida preciso contá-la no cinema, para que milhões e milhões de pessoas a ficassem conhecendo. Mel Gibson, essa figura que se tornou tão polêmica, fez um filme à altura da vida do homem. Uma vida espetacular, um filme espetacular. Continue lendo “Até o Último Homem / Hacksaw Ridge”

Michael Collins, o Preço da Liberdade / Michael Collins

Nota: ★★★☆

 

O diretor Neil Jordan e o ator Liam Neeson são contemporâneos e conterrâneos. O primeiro nasceu em 1950, em Isligo, e o segundo, em 1952, em Ballymenna, a 190 km da outra cidade. Cada uma delas, no entanto, fica num país diferente. Continue lendo “Michael Collins, o Preço da Liberdade / Michael Collins”

Lola Montès

Nota: ★★★½

Os adjetivos mais ácidos, mais avassaladores – e também os mais babantes, mais superlativos – foram usados para classificar Lola Montès, de 1955, o último filme de Max Ophüls. Fascinante – porque, se existe filme inclassificável, é Lola Montès, exatamente como, se houver realizador inclassificável, é Max Ophüls. Continue lendo “Lola Montès”

O Destino de uma Nação / Darkest Hour

Nota: ★★★½

Darkest Hour, no Brasil O Destino de uma Nação (2017), do jovem talentosérrimo Joe Wright, defende uma tese: a de que foi Winston Churchill que fez o Reino Unido lutar contra a Alemanha nazista. Foi obra dele – e ele teve que enfrentar dura oposição de muita gente que preferia tentar um acordo de paz com Adolf Hitler. Continue lendo “O Destino de uma Nação / Darkest Hour”

The Post: A Guerra Secreta / The Post

Nota: ★★★★

The Post, o filme de Steven Spielberg de 2017 sobre o jornal Washington Post e os Papéis do Pentágono, é um filme extraordinário em todos os sentidos, um filmaço, uma obra-prima – e de imensa importância, por relatar aqueles fatos que são fundamentais não apenas para a História dos Estados Unidos da América como também de toda a civilização humana. Continue lendo “The Post: A Guerra Secreta / The Post”

Victoria e Abdul: o Confidente da Rainha / Victoria & Abdul

Nota: ★★★½

Há filmes demais sobre os reis e rainhas britânicos. Demais, demais da conta. A culpa, creio, não é do cinema, é da família real. Quem manda que ela tenha tantas histórias maravilhosas, sensacionais, algumas tristes, trágicas, outras divertidas, engraçadas, mas todas sempre fascinantes? Continue lendo “Victoria e Abdul: o Confidente da Rainha / Victoria & Abdul”