Arquivos do Rótulo: Ficção Científica

Gattaca – Experiência Genética / Gattaca

Nota: ★★★★

Andrew Niccol é um dos mais extraordinários escritores e diretores do cinema mundial nas últimas décadas. As histórias que cria são brilhantes, sérias, profundas, e com grande originalidade; trazem discussões fascinantes sobre algumas das questões mais importantes com que a humanidade se defronta. Gattaca (1997), o primeiro dos oito filmes que escreveu ao longo dos últimos quase 20 anos, já era uma prova disso. Ler Mais »

Meu Amante é do Outro Mundo / Earth Girls are Easy

Nota: ★★☆☆

Se no futuro estudiosos – terráqueos ou alienígenas – quiserem pesquisar sobre as obras do cinemão comercial americano mais despudoradamente bobas, besteróicas, mais desavergonhadamente distantes de qualquer lógica ou seriedade durante os anos 1980, este filme aqui é um prato cheio. Ler Mais »

A Chegada / Arrival

Nota: ★★★☆

É um fenômeno: a cada ano, desde 2013, o cinemão comercial de Hollywood tem lançado uma grande produção de ficção científica, cara, caprichadíssima. Todos eles são bons filmes, feitos por grandes realizadores, com ótimos atores, e foram sucesso de bilheteria e também de crítica, conquistando indicações ao Oscar e amealhando dezenas de prêmios planeta afora. Ler Mais »

Fahrenheit 451

Nota: ★★★½

Fahrenheit 451, o quinto longa-metragem de François Truffaut, o primeiro em cores e o único feito em país estrangeiro, a Inglaterra, tem uma das frases mais belas, mais fortes, mais marcantes, mais dramáticas destes cento e dez anos de cinema: – “Do you ever read the books you burn?” Ler Mais »

Interestelar / Interstellar

Nota: ★★★½

Com Interestelar, de 2014, Christopher Nolan comprova definitivamente que é um mestre na arte de contar histórias complexas, imaginativas, não-lineares, às vezes difíceis, bem difíceis – e, apesar disso, ou talvez por isso mesmo, agradar a multidões. Ler Mais »

O Dorminhoco / Sleeper

zzdorme1

Nota: ★★★☆

Duas palavras me vieram à cabeça de cara enquanto revíamos O Dorminhoco/Sleeper, que Woody Allen cometeu em 1973: bobo e engraçado. As duas coisas em grandes doses. O Dorminhoco é muito, é extremamente bobo – e muito, extremamente engraçado. Ler Mais »

A Hora Final / On the Beach

zzbeach1

Nota: ★★★☆

A Hora Final, no original On the Beach, de Stanley Kramer, é um filme importante. Merece o maior respeito. Foi um dos primeiros a mostrar o planeta após a guerra nuclear, o fim do mundo, o armagedom. Ler Mais »

Perdido em Marte / The Martian

zzmarte1

Nota: ★★★☆

Depois de ver Perdido em Marte/The Martian, me ocorreu que Ridley Scott é hoje assim uma espécie de Cecil B. deMille, de David Lean. O Cecil B. DeMille das superproduções O Maior Espetáculo da Terra (1952) e Os Dez Mandamentos (1956), o David Lean da segunda fase, a das superproduções, a partir de A Ponte do Rio Kwai (1957). Ler Mais »

Privilégio / Privilege

zzprivilégio1

Nota: ★☆☆☆

Em 1967, o ano em que os Beatles lançaram Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band e Magical Mystery Tour e os Stones, Between the Buttons e Their Satanic Majesties Request, um estranho filme previa que, no futuro próximo, a Grã-Bretanha viveria num extraordinariamente tenebroso mundo em que governo, religião e indústria cultural se uniriam para usar a música pop como elemento de dominação da juventude. Ler Mais »

Lucy

zzlucy1

Nota: ★★★★

Lucy, que Luc Besson escreveu, produziu e dirigiu, é um filme brilhante. Brilhante.

É o adjetivo mais adequado ao filme, na minha opinião – embora seja um tanto gasto, um tanto carcomido pelo uso indiscriminado. Ler Mais »

ela / her

zzher1

Nota: ★★★½

Primeiras impressões sobre her, a ficção científica de Spike Jonze de 2013: a) Joaquin Phoenix tem uma atuação absolutamente fenomenal, uma coisa fora de série; Ler Mais »

Minha Nova Vida / How I Live Now

zzhow1

Nota: ★★★☆

Minha Nova Vida/How I Live Now, do competente diretor escocês Kevin Macdonald, lançado em 2013, é um filme pretensioso, ambicioso. É uma distopia – uma terrível, apavorante visão de como poderá ser a Inglaterra, a mais sólida e longeva democracia do planeta, em um futuro bem próximo, num mundo assolado pelo terrorismo que leva à Terceira Guerra Mundial. Ler Mais »

Os 12 Macacos / 12 Monkeys

zzmacacos1

Nota: ★★★½

Eis aí um filme que fica melhor com a passagem do tempo. Ou, a rigor, um filme de que, com a passagem do tempo, a gente aprende gostar mais. Admirei Os 12 Macacos muito mais agora, 17 anos após ter visto pela primeira vez. Ler Mais »

Contágio / Contagion

zzcontagio1

Nota: ★★★☆

O horror mais apavorante não vem de fantasmas, de seres do outro mundo: vem da cabeça da gente, essa cabeça que pode explodir, como dizia o jovem Walter Franco. Estão aí filmes apavorantes como O Iluminado, Repulsa ao Sexo e O Inquilino para provar isso. Ler Mais »

Frank e o Robô / Robot & Frank

zzfrank1

Nota: ★☆☆☆

A idéia básica é interessante, poderia talvez resultar em um bom filme: num futuro próximo, homem idoso, que vive sozinho numa casa isolada e enfrenta a perda da memória, passa a ter como cuidador um robô. Ler Mais »