Arquivos do Rótulo: Drama

O Sentido do Fim / The Sense of an Ending

Nota: ★★★☆

É do tipo de filme que de fato importa: fala de pessoas comuns, relações afetivas, a vida o amor a morte. Conta a história de homem de 60 e tantos anos que, de repente, a partir de um acontecimento fortuito, passa a se lembrar de fatos que aconteceram quando era bem jovem, ainda adolescente, entrando na idade adulta – fatos sobre os quais ele não tinha voltado a pensar durante décadas. Ler Mais »

Homeland – A Quarta e a Quinta Temporadas

Nota: ★★★½

Na quarta e na quinta temporadas, lançadas respectivamente em 2014 e 2015, a equipe de Homeland – vasta, numerosa – realizou uma façanha: conseguiu melhorar ainda mais o que já era ótimo. Ler Mais »

A Senhora da Van / The Lady in the Van

Nota: ★★★☆

“A mostly true story”. Uma história praticamente real. Uma história em boa parte real. Ler Mais »

Chocolate / Chocolat

Nota: ★★★½

Quando Chocolate estava aí com uns 30 minutos, me ocorreu que faltava drama, tensão. Foi só pensar isso, e não deu outra: a partir daí, o espectador tem uma hora e meia de drama demais, tensão demais, tristeza demais. Ler Mais »

Laranjas e Sol / Oranges and Sunshine

Nota: ★★★½

O título suave, gostoso, até poético, Oranges and Sunshine (no Brasil felizmente a tradução literal, Laranjas e Sol), contrasta com a história que o filme conta – pesada, sombria, tenebrosa, das mais chocantes que pode haver. Ler Mais »

Julieta

Nota: ★★★★

Podemos perfeitamente achar que conhecemos bem as pessoas mais próximas de nós – e estarmos profundamente enganados. Até mesmo nossos filhos, que achamos que conhecemos desde antes de nascerem.  Ler Mais »

Major / Manop

Nota: ★★★☆

Major, produção russa de 2013, é um filme impressionante. Na forma, é duro, seco, cru, agressivamente distante de qualquer beleza. Mostra uma Rússia suja, pobre, feia, brutal, violenta, corrupta. Ler Mais »

O Mercador de Almas / The Long, Hot Summer

Nota: ★☆☆☆

The Long Hot Summer, no Brasil O Mercador de Almas, de 1958, é um absoluto espanto. O diretor é o ótimo Martin Ritt. O elenco é espetacular: Paul Newman, Joanne Woodwarsd, Anthony Franciosa, Lee Remick – linda de morrer aos 23 aninhos de idade –, Angela Lansbury. E, como se não bastasse, Orson Welles. Ler Mais »

Homeland – As três primeiras temporadas

Nota: ★★★½

Carrie Mathison é uma daquelas personagens absolutamente especiais, uma figura fascinante. Agente da CIA, tem um fantástico faro, uma incrível capacidade de percepção do que as pessoas nesse mundo louco da espionagem, da inteligência, da contra-inteligência – e do terrorismo – são na verdade, e do que elas tentam esconder. Ler Mais »

Manchester à Beira-Mar / Manchester by the Sea

Nota: ★★★★

Manchester by the Sea é um filmaço, uma beleza, uma maravilha. Drama familiar denso, pesado, tristíssimo, o filme, no entanto, é de encher os cinéfilos de alegria e esperança: sucesso de público e crítica, ele veio comprovar, mais uma vez, que há espaço, sim, para filmes sérios, voltados para platéias maduras. Ler Mais »

Longe Deste Insensato Mundo / Far From the Madding Crowd

Nota: ★★★½

É um luxo só a versão 2015 de Longe Deste Insensato Mundo, uma co-produção Inglaterra-EUA com o selo de garantia da BBC Films, um orçamento confortável, a direção segura do dinamarquês Thomas Vinterberg, um ótimo elenco e, nele, uma atriz mais que perfeita para o papel principal – Carey Mulligan. Ler Mais »

Tubarão / Jaws

Nota: ★★★★

Tubarão não seria o que é sem a música de John Williams. Aqueles acordes gravíssimos, soturnos, abafados, opressivos, que precedem cada ataque do monstro, definem todo o clima de medo, de pavor que permeia  o filme. Ler Mais »

Assumindo a Direção / Learning to Drive

Nota: ★★★☆

A catalã Isabel Coixet é uma realizadora de filmes sobre pessoas comuns, gente como a gente, e seus relacionamentos com os outros – afetivos, passionais, familiares. Ela fala sobre a imensa maior parte da humanidade, e não sobre os temas da maioria dos filmes de hoje: bandidos, ladrões, assassinos, traficantes, super-heróis ou seres de alguma outra dimensão, diferente desta em que vivemos o eventual leitor e eu. Ler Mais »

A Última Sessão de Cinema / The Last Picture Show

Nota: ★★★★

Nós todos envelhecemos – nós, os das gerações nascidas aí entre 1945 e 1955, que vimos A Última Sessão de Cinema quando éramos jovens e tínhamos desejos fortes e sonhos ambiciosos e nos apaixonamos pelo filme. Peter Bogdanovich e aquela penca de atores envelheceram, é claro, e nós os vimos envelhecer nas telas. Ler Mais »

A Garota Dinamarquesa / The Danish Girl

Nota: ★★★★

A Garota Dinamarquesa é um daqueles filmes absolutamente impecáveis, irrepreensíveis. Se é que existe perfeição em algo feito pelo homem, então A Garota Dinamarquesa é a perfeição. Ler Mais »