A Busca / Historia de un Crimen: La Búsqueda

Nota: ★★★☆

Em 2010, uma tragédia familiar chocou e comoveu o México: uma garotinha de 4 anos de idade desapareceu de sua casa, num condomínio de ricos na cidade de Huixquilucan, na região metropolitana da capital federal. Nove dias depois, seu corpo foi encontrado – em seu próprio quarto, na sua própria cama. Continue lendo “A Busca / Historia de un Crimen: La Búsqueda”

Doze Jurados / De Twaalf

[rating;3.5]

Doze Jurados, série belga da região de Flandres lançada em 2019, tem várias qualidades, de deixar cinéfilo boquiaberto, com vontade de aplaudir de pé como na ópera. O elenco é um deles. É uma coisa acachapante. São muitos personagens importantes, pelo menos duas dezenas – e todos os atores que os interpretam estão nada menos que ótimos. Continue lendo “Doze Jurados / De Twaalf”

Até a Vista, Querida / Murder, My Sweet

Nota: ★★★☆

Quando Murder, My Sweet, no Brasil Até a Vista, Querida, de 1943, já passa da metade de seus 95 minutos, o detetive particular Philip Marlowe vai à casa da bela jovem Ann Grayle, a filha de um milionário que ele havia conhecido dias antes. Está um lixo, um caco: sua roupa está toda desgrenhada, suja, amarrotada. Despenteado, a barba de três dias por fazer, parece que foi atropelado por um caminhão. Continue lendo “Até a Vista, Querida / Murder, My Sweet”

Lágrimas Tardias / Too Late for Tears

Nota: ★★★☆

Não tem para ninguém. Nem para a Phyllis Dietrichson de Barbara Stanwyck em Pacto de Sangue (1944), nem para a Cora Smith de O Destino Bate à Porta (1946) – nem para nenhuma outra. Embora essas personagens e atrizes citadas sejam muito mais famosas, a Jane Palmer de Lizabeth Scott em Lágrimas Tardias (1949) é a pior femme fatale dos filmes noir.

Continue lendo “Lágrimas Tardias / Too Late for Tears”

O Caminho da Tentação / Pitfall

Nota: ★★★½

John Forbes, o protagonista de O Caminho da Tentação/Pitfall, que André de Toth lançou em 1948, tem tudo que uma pessoa pode querer na vida – e milhões e milhões e milhões de seres humanos não têm. Uma mulher muito bela, boa pessoa, que o ama, um filho aí de uns 8, 10 anos legal, inteligente, esperto, que o adora. Uma casa ampla, gostosa, confortável, num bom bairro de Los Angeles, um emprego sólido. Continue lendo “O Caminho da Tentação / Pitfall”

12 Horas / Gone

Nota: ★★½☆

12 Horas, no original Gone, thriller do cinemão americano, de 2012, parte de uma premissa interessante. Quando sua irmã desaparece, uma jovem tem a certeza de que ela foi levada por seu sequestrador – o mesmo homem que, um ano antes, a havia mantido presa num buraco no meio de uma floresta. Continue lendo “12 Horas / Gone”

Lost Girls – Os Crimes de Long Island / Lost Girls

Nota: ★★★☆

Lost Girls, produção do cinema independente americano de 2020, deixa um travo duro, amargo, ruim, na garganta do espectador. Conta uma recente e triste, tristíssima história real, escancarando que, em pleno século XXI , em região privilegiada do país mais rico do mundo, a polícia falha – e falha brutalmente, pavorosamente. Continue lendo “Lost Girls – Os Crimes de Long Island / Lost Girls”

À Meia-Luz / Gaslight e À Meia-Luz / Gaslight

Nota: ★★★½

Nota: ★★½☆

À Meia-Luz/Gaslight, de 1944, é uma caprichada e aclamada produção de Hollywood, com diretor e atores de prestígio – George Cukor e Ingrid Bergman, Charles Boyer, Joseph Cotten. Teve nada menos que 7 indicações ao Oscar, inclusive o de atriz coadjuvante para Angela Lansbury em sua estréia no cinema, aos 17 anos de idade – e marcou o primeiro dos 3 Oscars da carreira de Ingrid. Continue lendo “À Meia-Luz / Gaslight e À Meia-Luz / Gaslight”

Sete Psicopatas e um Shih Tzu / Seven Psychopaths

Nota: ★★½☆

Sete Psicopatas e um Shih Tzu, de 2012, tem várias cenas que poderiam estar em qualquer slasher movie, aquele tipo de filme de terror especialmente violento em que costuma esguichar sangue das veias das pessoas como se fosse um grande gêiser islandês, para a alegria de adolescentes desmiolados. Inclusive cenas de navalha cortando o pescoço e sangue esguichando como se fosse um grande gêiser islandês. Continue lendo “Sete Psicopatas e um Shih Tzu / Seven Psychopaths”