Arquivos do Rótulo: Comédia

Um Assaltante Bem Trapalhão / Take the Money and Run

Nota: ★★★☆

O primeiro personagem que Woody Allen criou para ele mesmo interpretar, em seu filme de estréia como diretor (e co-autor do roteiro), de 1969, é, como perfeitamente define o título brasileiro, um assaltante bem trapalhão. Ler Mais »

Rock em Cabul / Rock the Kasbah

Nota: ★★★½

Rock em Cabul, no original Rock the Kasbah (2015), é um filme furiosamente engraçado, desavergonhada, deliciosamente anti PC (não Partido Comunista, mas politically correct), louca, alucinadamente fantasioso. É muito doidão, e no entanto se baseia – em parte – numa história real. E, no fim, vira o que diz o título original: uma ode à luta contra a opressão, a tirania. Ler Mais »

Maggie Tem um Plano / Maggie’s Plan

Nota: ★★★☆

Rotular Maggie Tem um Plano/Maggie’s Plan, de 2015, o quinto filme dirigido por Rebecca Miller ao longo de 20 anos, como uma comédia romântica seria imperfeito e reducionista. O filme tem, sem dúvida, muitos elementos de comédia romântica, inclusive humor e amor, mas é mais que isso. Ler Mais »

Paterson

Nota: ★★★★

Não é preciso despertador: todo santo dia Paterson (Adam Driver) acorda no mesmo horário – ou quase exatamente no mesmo horário. Acorda, dá uma olhada no relógio de pulso que deixa no criado mudo ao lado da cama, faz um carinho ou fala alguma coisa, baixinho, com Laura (Golshifteh Farahani). Ler Mais »

Contos de Nova York / New York Stories

Nota: ★★★☆

Três absolutos craques, dos melhores não apenas do cinema americano como da História do cinema – Martin Scorsese, Francis Ford Coppola, Woody Allen. Três dos mais talentosos criadores surgidos a partir do final dos anos 60. Ler Mais »

Dirigindo no Escuro / Hollywood Ending

Nota: ★★★☆

Dirigindo no Escuro/Hollywood Ending, de 2002, o 32º filme de Woody Allen, é uma furiosa gozação da indústria do cinema, de Hollywood. Até aí, nada demais da conta: dezenas e dezenas de filme gozam Hollywood – basta lembrar das sátiras violentas de Mel Brooks, como Banzé no Oeste e Alta Ansiedade, e as estreladas por Leslie Nielsen, como Apertem os Cintos… O Piloto Sumiu e Duro de Espiar. Ler Mais »

A Senhora da Van / The Lady in the Van

Nota: ★★★☆

“A mostly true story”. Uma história praticamente real. Uma história em boa parte real. Ler Mais »

Meus Vizinhos São um Terror / The ‘Burbs

Nota: ★★½☆

Este The ‘Burbs, no Brasil Meus Vizinhos São um Terror, definitivamente não é um filme para todas as platéias. Boa parte das pessoas com toda certeza achará o filme bobo demais. Ler Mais »

Sombras da Noite / Dark Shadows

Nota: ★★★☆

Fico impressionado, bestificado: como as pessoas conseguem ter essas idéias? Que dom maravilhoso, especial, elas têm para bolar coisas como a trama deste Sombras da Noite/Dark Shadows? Ler Mais »

Ricos, Bonitos e Infiéis / Town & Country

Nota: ★☆☆☆

O elenco é espetacular: Warren Beatty, Diane Keaton, Goldie Hawn, Nastassja Kinski, Andie MacDowell. Uma participação especial do veterano Charlton Heston. E ainda um jovenzinho Josh Hartnett em começo de carreira. Ler Mais »

O Cavaleiro Solitário / The Lone Ranger

Nota: ★★★½

Eis aí algo que milhões e milhões de pessoas já sabiam, e para mim foi uma surpresa: este O Cavaleiro Solitário/The Lone Ranger, de 2013, é uma absoluta maravilha, uma perfeita delícia. Uma das diversões mais gostosas que vi nos últimos muitos anos. Ler Mais »

Cartas para Julieta / Letters to Juliet

Nota: ★★½☆

Piegas e bonitinho. Ou então – se o espectador deixar de lado seu rígido espírito crítico – extremamente romântico e bem bonitinho. É assim este Cartas para Julieta, mais uma comedinha romântica do cinemão comercial americano passada na Itália. Ler Mais »

Sob o Sol da Toscana / Under the Tuscan Sun

Nota: ★★☆☆

É um fenômeno: tudo que se relaciona com Sob o Sol da Toscana é um tremendo sucesso. Ler Mais »

Duets: Vem Cantar Comigo / Duets

Nota: ★★½☆

Duets é um filme sobre karaokê – sobre a onda, a febre do karaokê. Não chega a ser um bom filme: é bastante irregular, com ótimos momentos e outros bem ruins, ou estranhos, ou muito exagerados. Mas me pareceu bem simpático, gostoso de se ver. Ler Mais »

Holiday

Nota: ½☆☆☆

Holiday tem três bons atores – Jean-Pierre Darroussin, Judith Godrèche e Josiane Balasko –, e uma sinopse anunciava um filme de suspense. Assim, me dispus a ver. Ler Mais »