Flores Partidas / Broken Flowers

Nota: ★★★½

Até que demoraram muito para se encontrar esses dois senhores, Jim Jarmusch e Bill Murray. Porque a sensação que se tem é de foram feitos para trabalhar juntos, o diretor mais minimalista, mais nonchalant, mais suavemente hilariante, e o ator mais minimalista, mais nonchalant, mais suavemente hilariante do cinema americano das últimas muitas décadas.  Continue lendo “Flores Partidas / Broken Flowers”

História de um Casamento / Marriage Story

Nota: ★★☆☆

Os críticos a-do-ram Noah Baumbach. Até mesmo aqueles espectadores que se têm como intelectuais, só vêem “cinema de arte” e torcem o narizinho empinado para “filmes americanos” costumam gostar de Noah Baumbach, como gostam de Hal Hartley e Darren Aronofsky. Noah Baumbach é cool, é cult. Continue lendo “História de um Casamento / Marriage Story”

De Pernas Pro Ar

Nota: ★★☆☆

De Pernas Pro Ar, lançado no finalzinho de 2010, é um fenômeno. Teve 3,5 milhões de espectadores nos cinemas, um número extraordinário para o cinema brasileiro. Com tamanho sucesso, teria mesmo que virar franquia, e em 2012 veio De Perna Pro Ar 2, que conseguiu suplantar o primeiro, com 4,8 milhões de ingressos vendidos. Continue lendo “De Pernas Pro Ar”

Segredos de Natal / Zeit der Geheimnisse

Nota: ★★★☆

Zeit der Geheimnisse, exibido pela Netflix no Brasil como Segredos de Natal, nos países de língua inglesa como Holiday Secrets, é um tanto difícil de definir e tão fascinante quanto a família que apresenta – quatro gerações de mulheres, basicamente de mulheres, em que os homens são apenas e tão somente complementos supérfluos. Muitas vezes pesos desnecessários. Continue lendo “Segredos de Natal / Zeit der Geheimnisse”

Lady Bird: A Hora de Voar / Ladybird

Nota: ★★★☆

Lady Bird (2017), que no Brasil ganhou um complemento e virou Lady Bird: A Hora de Voar – talvez porque quase no fim a personagem título entra em um avião –, tem um lado de novidade, de frescor, e de outro um jeitão tremendo de déjà-vu. É o primeiro filme dirigido pela jovem e simpaticíssima atriz e roteirista Greta Gerwig. Mas é também o décimo bilionésimo filme sobre as desventuras e atribulações de um/uma adolescente em flor. Continue lendo “Lady Bird: A Hora de Voar / Ladybird”

Adorável Pecadora / Let’s Make Love

Nota: ★★☆☆

Let’s Make Love, de 1960, que no Brasil ganhou o absurdo título de Adorável Pecadora, foi o penúltimo filme de Marilyn Monroe. Depois dele viria apenas Os Desajustados/The Misfits, de 1961. Quando morreu, em 5 de agosto de 1962, com apenas 36 anos, estava começando a filmar Something’s Gotta to Give, com George Cukor, o mesmo realizador deste Let’s Make Love. Continue lendo “Adorável Pecadora / Let’s Make Love”

A Lavanderia / The Laundromat

Nota: ★★★½

A Lavanderia, que o incansável workaholic Steven Soderbergh lançou em 2019, é uma paulada, um panfletaço contra as mazelas do capitalismo, em especial da área das finanças, contra a forma com que funciona boa parte do sistema financeiro mundial. É uma paulada, um panfletaço, e portanto não tem nada a ver com sutileza, elegância, refinamento. Continue lendo “A Lavanderia / The Laundromat”

Num Dia Claro de Verão / On a Clear Day You Can See Forever

Nota: ★★☆☆

Barbra Streisand aos 28 anos, em seu terceiro filme, depois dos sucessos Funny Girl (1968) e Alô, Dolly (1969). Yves Montand com seu absoluto charme chegando aos 50 anos. Na direção, Vincente Minnelli, o mestre do musical  e da comédia elegantes. Continue lendo “Num Dia Claro de Verão / On a Clear Day You Can See Forever”

Oito Mulheres e um Segredo / Ocean’s 8

Nota: ★★½☆

Oito Mulheres e um Segredo/Ocean’s 8, produção cara do cinemão americano, tinha bons elementos para fazer sucesso. O título original (assim como o brasileiro) já faz referência clara à trilogia da década passada, que juntava um elenco estelar liderado por George Clooney, Brad Pitt e Matt Damon – e que foi, é claro um sucesso espetacular. Continue lendo “Oito Mulheres e um Segredo / Ocean’s 8”

Ser ou Não Ser / To Be or Not To Be

Nota: ★★★★

Ser ou Não Ser, de Ernst Lubitsch, é um filme absolutamente brilhante. Tem inteligência faiscando, como no mais feérico show de fogos de artifício. Mas cometeu um crime: fez graça com a tragédia do nazismo no momento exato em que o Eixo – Alemanha, Itália e Japão – estava em guerra contra praticamente o resto do mundo. Continue lendo “Ser ou Não Ser / To Be or Not To Be”

Friends – A Primeira Temporada

Nota: ★★★☆

Friends completou um quarto de século em setembro de 2019 como uma das séries de televisão mais queridas por multidões de espectadores mundo afora. É impressionante como é grande a legião de fãs, e é impressionante como o amor deles pela série é imenso. Continue lendo “Friends – A Primeira Temporada”