A Rainha Tirana / The Virgin Queen


Nota: ★☆☆☆

Anotação em 1999: Filmezinho danado de chato. É daquele pior tipo de filme histórico de Hollywood. Pra começo de conversa, não tem qualquer tipo de compromisso com a verdade histórica; e é daquele tipo – felizmente enterrado por filmes mais recentes – em que o passado é todo estúdio e limpinho, as roupas limpinhas, as ruas limpinhas. Continue lendo “A Rainha Tirana / The Virgin Queen”

A Modelo e a Casamenteira / The Model and the Marriage Broker


Nota: ★★★☆

Anotação em 1999, com complemento em 2008: Mais um filme da época de ouro de Hollywood que vi graças ao Telecine 5. Charles Brackett, comparsa do Billy Wilder em vários bons filmes, é um dos três autores do roteiro, e também o produtor. Como o diretor é Cukor, é um filme sobre mulheres, com alma feminina. Continue lendo “A Modelo e a Casamenteira / The Model and the Marriage Broker”

Lembra-te Daquela Noite / Remember the Night


Nota: ★★☆☆

Anotação em 1999: Tem aquele charme de filme dessa época dourada, os anos 1940, e, em especial o charme com o qual me fascino cada vez mais de Barbara Stanwyck, essa atriz de presença extremamente forte e beleza estranha e hoje fora do padrão. Mas a trama é tão pouco verossímil, tão insensata, tão estranha. Continue lendo “Lembra-te Daquela Noite / Remember the Night”

Homens em Fúria / Odds Against Tomorrow


Nota: ★★★☆

Anotação em 1999, com complemento em 2019: Uma espécie assim de O Segredo das Jóias/The Asphalt Jungle da filmografia do diretor Robert Wise. É sobre o planejamento de um assalto, a partir da idéia de um ex-tira aposentado, cansado da vida franciscana (Ed Begley). Continue lendo “Homens em Fúria / Odds Against Tomorrow”

Casei-me com um Morto / No Man of Her Own


Nota: ★★★½

Anotação em 1999, com complemento em 2008: Uma belíssima trama. Parte de um belo achado, e vai firme nele: mulher pobre, infeliz, abandonada grávida pelo amante, conhece durante viagem de trem mulher rica, recém-casada com homem muito rico, grávida; há um acidente, a rica e o marido morrem, a pobre é tomada como a nora pelos pais que esperavam o casal para conhecer a noiva. Continue lendo “Casei-me com um Morto / No Man of Her Own”

Os Guarda-Chuvas do Amor / Les Parapluies de Cherbourg


Nota: ★★★★

Neste ano de 2008, alguns meses atrás, a jornalista Cora Ronai fez em sua coluna no jornal O Globo uma lista dos piores filmes de todos os tempos, e incluiu Les Parapluies de Cherbourg, a pérola com que Jacques Demy presenteou o mundo em 1964 – 44 antes da lista de Cora Ronai, portanto. Continue lendo “Os Guarda-Chuvas do Amor / Les Parapluies de Cherbourg”

Pacto de Sangue / Double Indemnity e Assassinos / The Killers


Nota: ★★★★

Anotação em 1998: Interessantíssima coincidência ter visto numa mesma semana estes dois belos filmes, grandes clássicos do film noir, que têm tantas semelhanças e aproximações. A primeira semelhança, claro, é o próprio estilo, dois filmes sobre crime com o maravilhoso estilo noir, as tramas complexas, cheias de sordidez e corrupção, o preto e branco, muitas sombras, a influência do expressionismo alemão trazida pelos imigrantes que fugiam do nazismo. Continue lendo “Pacto de Sangue / Double Indemnity e Assassinos / The Killers”

Os Companheiros / I Compagni


Nota: ★★★★

Anotação em 1997: Ao rever o filme agora (em 1997), beirando os 50 anos de idade, exatos 32 anos depois de ter visto pela primeira vez, eu ia me lembrando de cada cena, de cada diálogo. Que beleza de filme. Uma beleza tão espantosa que permanece inabalável, tão forte hoje, nestes tempos pós-fim do comunismo, quanto era antes. Continue lendo “Os Companheiros / I Compagni”

Os Visitantes da Noite / Les Visiteurs du Soir


Nota: ★★½☆

Anotação em 1996, com complemento em 2008: O filme famosíssimo de Marcel Carné, feito em 1942, é pesadão, teatral, com diálogos artificiais. Tudo só funciona mesmo como documento histórico de uma parábola feita para enfrentar a censura dos invasores nazistas e do governo de Vichy. Os críticos chamaram o filme de “irrealismo poético”. Continue lendo “Os Visitantes da Noite / Les Visiteurs du Soir”