Vincent Quer Ver o Mar / Vincent will Meer

Nota: ★★★½

Um filme alemão, de diretor e atores desconhecidos (por mim, pelo menos), sobre três jovens em uma clínica para pessoas com problemas psiquiátricos. Pode parecer pesado, soturno, angustiante – e chato. Certo? Erradíssimo. Vincent Quer Ver o Mar é uma beleza, um ótimo filme, e até alegre, de bem com a vida. Continue lendo “Vincent Quer Ver o Mar / Vincent will Meer”

Não Me Abandone Jamais / Never Let Me Go

Nota: ★★★☆

Este Não Me Abandone Jamais, com título que parece de drama romântico, é um belo filme – belo, bem feitíssimo e profundamente triste. É também estranho, insólito. Não tem nada a ver com um drama romântico. Trata-se de uma ficção, uma distopia, que não se passa no futuro, mas no passado. Continue lendo “Não Me Abandone Jamais / Never Let Me Go”

Os Amores de Johnny / Nice Guy Johnny

Nota: ★★★☆

O garotão Edward Buns acertou a mão no seu filme de 2010. Acertou em cheio, mais uma vez. Os Amores de Johnny/Nice Guy Johnny é uma comédia gostosa, divertida, inteligente, sobre juventude, a transição para a idade adulta, amor, casamento, o momento de decisão, da escolha do que se vai fazer na vida. Continue lendo “Os Amores de Johnny / Nice Guy Johnny”

Sexo Sem Compromisso / No Strings Attached

Nota: ★½☆☆

Anotação em 2011: Ninguém é de ferro, todo mundo tem direito a um descanso. A moça Natalie Portman, essa maravilha, esse portento, uma das melhores atrizes de sua geração, descansou dos papéis pesados, duros, nesta comedinha romântica bobinha como tantas, previsível como todas, só que mais previsível e bobinha ainda do que a maioria. Continue lendo “Sexo Sem Compromisso / No Strings Attached”

As Múmias do Faraó / Les Aventures Extraordinaires d’Adèle Blanc-Sec

Nota: ★★★½

Anotação em 2011: Uma diversão deliciosa, espetacular, tão bem humorada quanto maravilhosamente bem realizada, com um visual acachapante, um ritmo ágil, frenético, uma reconstituição de época de babar, excelentes piadas, excelente texto. Continue lendo “As Múmias do Faraó / Les Aventures Extraordinaires d’Adèle Blanc-Sec”

O Discurso do Rei / The King’s Speech

Nota: ★★★★

Anotação em 2011: Só não se pode dizer que há incontáveis filmes sobre os reis e rainhas da Inglaterra porque, como bem lembrava o Heitor da Luz, tudo, absolutamente tudo é contável, até os grãos de areia do Saara. Mas uma coisa é certa: O Discurso do Rei é um dos melhores de todos os zilhões deles – se não for o melhor. Continue lendo “O Discurso do Rei / The King’s Speech”

O Primeiro Que Disse / Mine Vaganti

Nota: ★★★☆

Anotação em 2011: Mais um belo filme do diretor Ferzan Ozpetek, o terceiro que vejo dele. Uma sensível mistura de comédia e drama, uma história de vida em família, homossexualismo, as escolhas que se fazem, os segredos que se escondem, a eterna lição de que é preciso lutar pelas coisas que se quer. Continue lendo “O Primeiro Que Disse / Mine Vaganti”

O Assassino em Mim / The Killer Inside Me

Nota: ★½☆☆

Anotação em 2011: O Assassino em Mim, do inglês de fôlego de gato Michael Winterbottom, é um filme estiloso, bem feitíssimo, com uma magnífica direção de arte, uma esplendorosa reconstituição de época – anos 1950, numa cidadezinha do Texas. É também de imensa violência – uma coisa extremamente doentia, asquerosamente doentia. Continue lendo “O Assassino em Mim / The Killer Inside Me”