Arquivos do Rótulo: 2010’s

O Cavaleiro Solitário / The Lone Ranger

Nota: ★★★½

Eis aí algo que milhões e milhões de pessoas já sabiam, e para mim foi uma surpresa: este O Cavaleiro Solitário/The Lone Ranger, de 2013, é uma absoluta maravilha, uma perfeita delícia. Uma das diversões mais gostosas que vi nos últimos muitos anos. Ler Mais »

Cartas para Julieta / Letters to Juliet

Nota: ★★½☆

Piegas e bonitinho. Ou então – se o espectador deixar de lado seu rígido espírito crítico – extremamente romântico e bem bonitinho. É assim este Cartas para Julieta, mais uma comedinha romântica do cinemão comercial americano passada na Itália. Ler Mais »

A Acusada / Lucia de B.

Nota: ★★★☆

Ao contrário de tantos filmes que fazem questão de trazer, logo de cara, a frase “baseado em fatos reais”, Lucia de B., no Brasil A Acusada, não usa essa afirmação. Mas não esconde, de forma alguma, que é, sim, a recriação no cinema de uma história real – uma dura, trágica, apavorante história real, acontecida há pouco tempo na civilizadíssima Holanda. Ler Mais »

Pastoral Americana / American Pastoral

Nota: ★★★★

Há muito, muito tempo acho que uma das piores tragédias que podem acontecer a uma pessoa é perder o filho ainda jovem. Pastoral Americana mostra que há tragédia ainda maior: perder o filho com o filho ainda em vida. Ler Mais »

Elle

Nota: ★★★☆

Elle vem sendo maciçamente, abundantemente incensado desde que foi exibido na mostra competitiva do Festival de Cannes, no dia 21 de maio de 2016. Ganhou 55 prêmios mundo afora, e teve mais 70 outras indicações. Ler Mais »

A Garota no Trem / The Girl on the Train

Nota: ★★☆☆

Três mulheres jovens e belas, uma delas tristíssima, angustiada, com inveja profunda da vida feliz que já teve, não tem mais e as outras ainda desfrutam. A questão eterna da maternidade. Traição, infidelidade – muita traição, muita infidelidade. E ainda a presença sempre, constante de trem, viagens de trem, o mais cinematográfico de todos os meios de transporte. Ler Mais »

Holiday

Nota: ½☆☆☆

Holiday tem três bons atores – Jean-Pierre Darroussin, Judith Godrèche e Josiane Balasko –, e uma sinopse anunciava um filme de suspense. Assim, me dispus a ver. Ler Mais »

O Presidente / President

Nota: ★★★★

O Presidente é um filme forte, poderoso, fascinante, muitas vezes descaradamente assustador. Ler Mais »

Terra Estranha / Strangerland

Nota: ★☆☆☆

Terra Estranha/Strangerland, uma co-produção Austrália-Irlanda – possivelmente a primeira que reúne esses dois países – é um filme feito por mulheres. São mulheres a autora da história e co-autora do roteiro, Fiona Seres, a diretora, Kim Farrant, a protagonista, interpretada por Nicole Kidman, e a personagem chave da trama, uma garota de 15 anos de idade. Ler Mais »

Viver é Fácil com os Olhos Fechados / Vivir es Fácil Con los Ojos Cerrados

Nota: ★★★½

Em 1966, no auge da beatlemania, John Lennon interrompeu as turnês e as gravações, abandonou os colegas e foi para o Sul da Espanha trabalhar como ator em um filme ambientado na Segunda Guerra Mundial, Como eu Ganhei a Guerra/How I Won the War, que estrearia no ano seguinte. Ler Mais »

Sully: o Herói do Rio Hudson / Sully

Nota: ★★★★

Se for para procurar algum defeito em Sully (2016), creio que o único é que ele é muito curto. Tem apenas 96 minutos. Como é extraordinário, belíssimo, um filmaço, termina depressa – o espectador fica querendo um pouco mais. Ler Mais »

Aliados / Allied

Nota: ★★★★

Aliados me deixou deslumbrado, boquiaberto, de queixo caído.

Vejo muitos filmes já faz tempo demais, e então, quando um filme novo me pega da maneira com que este Aliados pegou, fico ao mesmo tempo absolutamente contente e bastante surpreso. É uma sensação boa demais, e não é tão comum assim. Ler Mais »

A Pequena Morte / The Little Death

Nota: ★★★☆

A Pequena Morte é assim uma espécie de variação do Pequeno Dicionário Amoroso de Sandra Werneck. Só que não trata propriamente de amor, e sim de sexo. Mais especificamente, de formas, ahnnn, digamos, menos usuais de sexo. Ler Mais »

Um Senhor Estagiário / The Intern

Nota: ★★½☆

As voltas que o mundo dá. Em 2006, Anne Hathaway era Andy, a jovem jornalista recém-formada que se sujeitava às piores provações como secretária de uma megera no competitivíssimo mundo de Manhattan, o miolo da capital do mundo, em O Diabo Veste Prada. Ler Mais »

O Congresso Futurista / The Congress

Nota: ★★★☆

É forçoso admitir: O Congresso Futurista, no original só The Congress, é um filme peculiar. Original, sem paralelo. E profundamente inquietante, perturbador. Ler Mais »