12 Horas / Gone

Nota: ★★½☆

12 Horas, no original Gone, thriller do cinemão americano, de 2012, parte de uma premissa interessante. Quando sua irmã desaparece, uma jovem tem a certeza de que ela foi levada por seu sequestrador – o mesmo homem que, um ano antes, a havia mantido presa num buraco no meio de uma floresta. Continue lendo “12 Horas / Gone”

Segredos de Alcova e O Diário de uma Camareira

Nota: ★★☆☆

Nota: ★★½☆

Ao longo de sua História, o cinema se mostrou encantado com Le Journal d’une Femme de Chambre, o romance do francês Octave Mirbeau publicado em 1900. A história foi filmada quatro vezes, em 1916, 1946, 1964 e 2015 – duas delas por diretores que estão entre os melhores, mais importantes de todos. Continue lendo “Segredos de Alcova e O Diário de uma Camareira”

Sete Psicopatas e um Shih Tzu / Seven Psychopaths

Nota: ★★½☆

Sete Psicopatas e um Shih Tzu, de 2012, tem várias cenas que poderiam estar em qualquer slasher movie, aquele tipo de filme de terror especialmente violento em que costuma esguichar sangue das veias das pessoas como se fosse um grande gêiser islandês, para a alegria de adolescentes desmiolados. Inclusive cenas de navalha cortando o pescoço e sangue esguichando como se fosse um grande gêiser islandês. Continue lendo “Sete Psicopatas e um Shih Tzu / Seven Psychopaths”

Dor e Glória / Dolor y Gloria

Nota: ★★★☆

Dor e Glória, o filme que Pedro Almodóvar fez no ano em que completou 70 de vida, reflete bem a passagem do tempo, a idade. O grande realizador está ficando velho – o que é um truísmo, uma obviedade, uma consequência da lei da natureza. Um tanto surpreendente é que o filme mostra um Almodóvar suave, doce, cheio de carinho com seus personagens, e até mesmo positivo, esperançoso, believer. Continue lendo “Dor e Glória / Dolor y Gloria”

História de um Casamento / Marriage Story

Nota: ★★☆☆

Os críticos a-do-ram Noah Baumbach. Até mesmo aqueles espectadores que se têm como intelectuais, só vêem “cinema de arte” e torcem o narizinho empinado para “filmes americanos” costumam gostar de Noah Baumbach, como gostam de Hal Hartley e Darren Aronofsky. Noah Baumbach é cool, é cult. Continue lendo “História de um Casamento / Marriage Story”