O Jantar / The Dinner

Nota: ★★★☆

O Jantar/The Dinner, produção americana de 2017, com um belo elenco (Richard Gere, Laura Linney, Rebecca Hall, Steve Coogan, mais Chloë Sevigny numa participação especial), é um filme pesado, duro, forte, violento. Daqueles que mostram um grande número de eventos terríveis, e – pior ainda – um grande número de pessoas desprezíveis, nojentas, asquerosas. Continue lendo “O Jantar / The Dinner”

Doze Jurados / De Twaalf

[rating;3.5]

Doze Jurados, série belga da região de Flandres lançada em 2019, tem várias qualidades, de deixar cinéfilo boquiaberto, com vontade de aplaudir de pé como na ópera. O elenco é um deles. É uma coisa acachapante. São muitos personagens importantes, pelo menos duas dezenas – e todos os atores que os interpretam estão nada menos que ótimos. Continue lendo “Doze Jurados / De Twaalf”

Wasp Network: Rede de Espiões / Wasp Network

Nota: ★★★☆

Wasp Network é um filme fascinantemente internacional, globalizado. Narra fatos – reais – passados em Cuba, nos Estados Unidos e na América Central; é uma co-produção França-Brasil-Espanha-Bélgica, escrita e dirigida pelo francês Olivier Assayas, esse realizador que é a globalização em pessoa, filho de pai judeu turco – Jacques Rémy, nascido Raymond Assayas – que primeiro se radicou com a Itália e se casou com uma moça de origem húngara. Continue lendo “Wasp Network: Rede de Espiões / Wasp Network”

Sem Amor / Nelyubov

Nota: ★★★½

Sem Amor (2017), do diretor russo Andrey Zvyagintsev, é um filme aterrador. Apavorante, chocante, horripilante. Não, não é um filme de terror. Não tem fantasmas vingativos, espíritos maus – são só seres humanos. Sem Amor é um dos filmes mais pessimistas, mais desesperançados que já vi. Ele não tem dúvida alguma: tem certeza de que a humanidade é uma invenção que não deu mesmo certo.  Continue lendo “Sem Amor / Nelyubov”

Lion: Uma Jornada Para Casa / Lion

Nota: ★★★☆

Lion, co-produção Inglaterra-Austrália-EUA de 2016 que no Brasil ganhou no título o complemento de Uma Jornada Para Casa, foi premiadíssimo mundo afora. Ganhou 59 prêmios e teve outras fantásticas 104 indicações, inclusive 6 aos prêmios mais badalados do mundo, aquelas estatuetas douradas. Continue lendo “Lion: Uma Jornada Para Casa / Lion”

Roman J. Israel / Roman J. Israel, Esq.

Nota: ★★☆☆

O grande Denzel Washington recebeu a sua oitava indicação ao Oscar por seu desempenho como o personagem título deste filme de 2017, escrito e dirigido por Dan Gilroy. Não levou o que seria seu terceiro Oscar, mas isso não importa. É de fato uma atuação excepcional desse ator igualmente excepcional. Continue lendo “Roman J. Israel / Roman J. Israel, Esq.”

Minha Família Feliz / Chemi Bednieri Ojakhi / My Happy Family

Nota: ★★★★

Uma pérola, uma maravilha, uma extraordinária surpresa este filme que vem da Geórgia, em co-produção com Alemanha e França. Está sendo exibido na Netflix com o título em inglês, My Happy Family, o que não tem, é claro, sentido algum. Continue lendo “Minha Família Feliz / Chemi Bednieri Ojakhi / My Happy Family”

Um Banho de Vida / Le Grand Bain

Nota: ★★½☆

O ator e às vezes diretor Gilles Lellouche reuniu quatro dos mais famosos atores e às vezes diretores do cinema francês, todos entre os 45 e os 63 anos de idade, para fazer este Um Banho de Vida, no original Le Grand Bain – uma comédia sobre um grupo de homens que forma equipe de um esporte até há pouco apenas feminino, o nado sincronizado. Continue lendo “Um Banho de Vida / Le Grand Bain”

A Mula / The Mule

Nota: ★★★½

É impressionante como Clint Eastwood consegue dar um toque pessoal a seus filmes – obras em geral caras, de orçamento alto, bancadas por grandes estúdios, além de por sua própria produtora, a Malpaso. Não são produções independentes: são produtos de Hollywood, do grande sistema – e no entanto são, ao mesmo tempo, de maneira fantástica, pessoais. Continue lendo “A Mula / The Mule”

Estrelas de Cinema Nunca Morrem / Film Stars Don’t Die in Liverpool

Nota: ★★★½

Quando, em 1979, o jovem ator iniciante Peter conheceu Gloria Grahame, numa casa londrina em que a proprietária alugava quartos, não tinha qualquer noção de quem ela era. É até difícil acreditar nisso – mas é o que mostra o filme baseado no livro de memórias dele. E é, de alguma maneira, a chave para se compreender o relacionamento entre os dois. Continue lendo “Estrelas de Cinema Nunca Morrem / Film Stars Don’t Die in Liverpool”

O Fotógrafo de Mauthausen / El Fotógrafo de Mauthausen

Nota: ★★★☆

“Seguramente nenhum evento da História da humanidade foi tão dissecado pelo cinema quanto a Segunda Guerra Mundial”, escrevi em 1995, quando fazia exatos 50 anos que ela havia acabado. A afirmação continua valendo hoje, quase um quarto de século depois que foi feita, 74 anos após o final do conflito. Até porque de lá para cá dezenas e dezenas de novos filmes sobre a guerra foram e continuam sendo produzidos. Continue lendo “O Fotógrafo de Mauthausen / El Fotógrafo de Mauthausen”