Cálculo Mortal / Murder by Numbers

Nota: ★★★☆

Murder by Numbers, no Brasil Cálculo Mortal, que Barbet Schroeder lançou em 2002, é um bom thriller, valorizado por excelentes atuações e alguns cenários deslumbrantes da costa da Califórnia. Sandra Bullock, essa moça que divide opiniões – parece ter tantos admiradores quanto detratores –, nunca esteve tão bem nem tão bela, na opinião deste admirador aqui. Continue lendo “Cálculo Mortal / Murder by Numbers”

Flores Partidas / Broken Flowers

Nota: ★★★½

Até que demoraram muito para se encontrar esses dois senhores, Jim Jarmusch e Bill Murray. Porque a sensação que se tem é de foram feitos para trabalhar juntos, o diretor mais minimalista, mais nonchalant, mais suavemente hilariante, e o ator mais minimalista, mais nonchalant, mais suavemente hilariante do cinema americano das últimas muitas décadas.  Continue lendo “Flores Partidas / Broken Flowers”

Looney Tunes: De Volta à Ação / Looney Tunes: Back in Action

Nota: ★★½☆

Em 2003, a Warner Bros. resolveu fazer um filme em homenagem aos Looney Tunes, os desenhos animados produzidos entre 1930 e 1969 pelo estúdio, que tornaram conhecidos no mundo inteiro personagens como o Pernalonga, o Patolino, o Frajola, o Piu-Piu e tantos outros. Continue lendo “Looney Tunes: De Volta à Ação / Looney Tunes: Back in Action”

Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra / Pirates of the Caribbean: The Curse of the Black Pearl

Nota: ★★★☆

Há filmes baseados em romances, novelas, contos, peças de teatro, óperas, histórias reais, histórias criadas diretamente para o cinema. Tem de tudo. Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra certamente foi o primeiro baseado no nome de uma atração de um parque de diversões. Continue lendo “Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra / Pirates of the Caribbean: The Curse of the Black Pearl”

Land Girls

Nota: ★★½☆

Land Girls começa com uma tomada que é brilho puro, um show, uma maravilha, talento e cuidado artesanal saindo pelo ladrão. Em uma única tomada, longa, a câmara passeia pela plataforma de uma estação de trem apinhada de gente, no interior da Inglaterra, durante a Segunda Guerra Mundial, dá um giro de 360 graus sobre si mesma, e nos apresenta as três principais personagens da primeira temporada da série. Continue lendo “Land Girls”

Dirigindo no Escuro / Hollywood Ending

Nota: ★★★☆

Dirigindo no Escuro/Hollywood Ending, de 2002, o 32º filme de Woody Allen, é uma furiosa gozação da indústria do cinema, de Hollywood. Até aí, nada demais da conta: dezenas e dezenas de filme gozam Hollywood – basta lembrar das sátiras violentas de Mel Brooks, como Banzé no Oeste e Alta Ansiedade, e as estreladas por Leslie Nielsen, como Apertem os Cintos… O Piloto Sumiu e Duro de Espiar. Continue lendo “Dirigindo no Escuro / Hollywood Ending”

O Caso Farewell / L’Affaire Farewell

Nota: ★★★½

Como alguns outros grandes realizadores antes dele – John Huston, Otto Preminger, Erich von Stroheim, para citar só alguns –, o sérvio Emir Kusturica gosta de se aventurar como ator. E, como os três citados, quando faz isso, brilha. A interpretação de Emir Kusturica neste L’Affaire Farewell é magnífica, fantástica, extraordinária. Continue lendo “O Caso Farewell / L’Affaire Farewell”

A Vítima Perfeita / In Her Skin ou I Am You

Nota: ★★½☆

A Vítima Perfeita, produção australiana de 2009, relata uma história real: no dia 1º de março de 1999, Rachel, uma moça de 15 anos, de hábitos regulares, tranquila, sem problema algum na escola ou na família, amadíssima pelos pais, com namorado firme, desapareceu misteriosamente em Melbourne. Continue lendo “A Vítima Perfeita / In Her Skin ou I Am You”