Quando Explode a Vingança / Giù la Testa / Duck You Sucker


Nota: ★★★☆

Anotação em 2008: Estávamos zapeando quando vimos que este filme ia começar – um Sergio Leone inédito. Só depois do filme terminado, ao consultar os alfarrábios, vi que este foi um dos últimos dele, entre o Era Uma Vez no Oeste, de 1968, e o Era Uma Vez na América, de 1984. Continue lendo “Quando Explode a Vingança / Giù la Testa / Duck You Sucker”

O Milho Está Verde / The Corn is Green


Nota: ★★☆☆

Anotação em 2007, com complemento em 2008: Os imensos talentos de Katharine Hepburn, uma das mais extraordinárias atrizes da história do cinema, mulher de personalidade e vontades fortes, e George Cukor, um dos grandes diretores do cinema americano, um entendido da alma feminina, trabalharam juntos nada menos que dez vezes, entre 1932 e 1979. Este filme aqui foi o último deles. Continue lendo “O Milho Está Verde / The Corn is Green”

Daisy Miller


Nota: ★★½☆

Anotação em 2007, com complemento em 2008: Nos extras do DVD de Daisy Miller, feitos já no século XXI, o diretor Peter Bogdanovich diz que o filme não recebeu a atenção que merecia porque naquele tempo, 1974, não estavam em moda as adaptações de obras literárias de época. Pode ser. Mas tem muito mais coisa aí. Continue lendo “Daisy Miller”

O Enigma de Andrômeda / The Andromedra Strain


Nota: ★★★☆

Anotação em 2006, com complemento em 2008: Rever este filme de ficção científica décadas depois da primeira vez serve para confirmar que ele é muito bem feito, correto, com um visual avançado para a época, início dos anos 70. E estabeleceu um padrão que seria seguido por muitos outros. Continue lendo “O Enigma de Andrômeda / The Andromedra Strain”

Noite Interminável / Endless Night


Nota: ★½☆☆

Anotação em 2004, com complemento em 2008: A trama é bastante inverossímil, mas o filme tem coisas interessantes Há algum atrativo, no entanto – inclusive algumas invencionices na narrativa, e a reviravolta final de fato que é inesperada e causa surpresa. A produção é cuidada, e tem o luxo de ter trilha sonora de Bernard Herrmann, um dos monstros da música para o cinema. Continue lendo “Noite Interminável / Endless Night”

Avanti! Amantes à Italiana / Avanti!


Nota: ★★★☆

Anotação em 2004, com complemento em 2008: Um dos últimos filmes do mestre Billy Wilder – depois deste aqui, ele só faria mais três, e se aposentaria bem prematuramente. É uma delícia de comédia com algum toque suave de humor negro numa paisagem esplendorosamente bela e radiante de sol de uma ilha italiana. Continue lendo “Avanti! Amantes à Italiana / Avanti!”

Perseguidor Implacável / Dirty Harry


Nota: ★★☆☆

Anotação em 2001, com complemento em 2008: Esse é outro filme famosão que eu nunca tinha visto na vida, e só vim ver quando ele já tinha 30 anos de idade. É extremamente bem feito, com extraordinária fotografia em San Francisco e arredores, boa música de Lalo Schifrin. E fascistão, fascistão, como os Duro de Morrer da vida. Continue lendo “Perseguidor Implacável / Dirty Harry”