Um Amor de Vizinha / And So It Goes

Nota: ★★★☆

Quem não gosta de filmes previsíveis deve passar bem longe de And So It Goes, no Brasil Um Amor de Vizinha, que o veterano e sempre bom Rob Reiner lançou em 2014. Afinal, é uma comedinha romântica, e comedinhas românticas são necessariamente previsíveis. Ler Mais »

007 Contra Goldfinger / Goldfinger

Nota: ★★★☆

Muita gente diz que Goldfinger é o melhor dos filmes de James Bond. Eu não saberia dizer: não pertenço à imensa legião de fãs de carteirinha de James Bond; devo ter visto só a metade dos 24 feitos até agora, se é que vi tantos. Ler Mais »

Creepy / Kurîpî: Itsuwari no rinjin

Nota: ★★☆☆

Creepy, policial de 2016 dirigido por Kiyoshi Kurosawa, começa muito bem, com uma belíssima abertura. Segue bem, com um clima denso de mistério bem realçado pela trilha sonora impressionante. Mas, depois da metade de seus longos 130 minutos, se perde feio numa trama inexplicável e inexplicavelmente cheia de furos. Ler Mais »

Romance e Cigarros / Romance & Cigarettes

Nota: ★★★☆

Romance e Cigarros, de 2005, foi o terceiro dos até agora cinco longa-metragens dirigidos pelo sempre ótimo ator John Turturro. Ele foi também o autor da história e do roteiro. Ler Mais »

A Hospedeira / The Host

Nota: ★★★☆

Convivem dentro do mesmo corpo da personagem interpretada por Saoirse Ronan dois seres – um humano e um de outro planeta muito mais desenvolvido que o nosso. Ler Mais »

Paris em Abril / April in Paris

Nota: ★½☆☆

April in Paris, musical da Warner Bros. feito para Doris Day brilhar, tem dois pontos em comum com Cantando na Chuva, da MGM. Os dois filmes foram lançados no mesmo ano, 1952. E ambos levam o título de uma canção que foi criada muito antes deles. Ler Mais »

Loucas de Alegria / La Pazza Gioia

Nota: ★★★☆

Beatrice é podre de rica, teve um monte de boas oportunidades na vida. Está em geral alegre, até demais; fala pelos cotovelos, sem parar. Donatella é de família pobre, teve uma vida cheia de perdas e tragédias; é frágil, calada, fechada em si mesma. Ler Mais »

MIB: Homens de Preto / Men in Black

Nota: ★★★½

Men in Black, de 1997, assim como suas duas continuações, é uma absoluta delícia, uma diversão maravilhosa, inventiva, inteligente, fascinante. Ler Mais »

Tudo Vai Ficar Bem / Every Thing Will Be Fine

Nota: ★★½☆

Tudo Vai Ficar Bem, de 2015, é o primeiro longa-metragem de ficção de Wim Wenders desde 2008, quando fez Palermo Shooting. Entre os dois, o grande realizador fez vários documentários, entre eles o belo Pina (2011), homenagem à coreógrafa Pina Bausch. Ler Mais »

Um Preço para Cada Crime / The Enforcer

Nota: ★★½☆

Em 1951, o mesmo ano do excelente, maravilhoso Uma Aventura na África/The African Queen, Humphrey Bogart interpretou um tipo raro em sua carreira cheia de papéis de vilão, bandido, aventureiro, solitário: em The Enforcer, no Brasil Um Preço para Cada Crime, ele faz um dedicado homem da lei, o enforcer do título original, um promotor público. Ler Mais »

Programado para Vencer / The Program

Nota: ★★★½

A história de Lance Armstrong, um dos desportistas mais famosos do mundo, sete vezes vencedor do Tour de France, é absolutamente impressionante, fascinante – e aterradora. Nas mãos de Stephen Frears, um dos melhores cineastas que há, não poderia ser diferente: este The Program, no Brasil Programado para Vencer, é um filmaço. Ler Mais »

Quando a Mulher se Atreve / In Old Oklahoma ou War of the Wildcats

Nota: ★★½☆

Nas décadas de 30 e 40, John Wayne fazia tantos filmes que os produtores andavam sem imaginação para criar títulos. Foram 66 filmes entre Men Without Women, o primeiro de 1930, e Alleghny Uprising, o último de 1939, e 32 entre Dark Command, o primeiro de 1940, e Sands of Iwo Jima, o último de 1949. Ler Mais »

Sete Dias Sem Fim / This is Where I Leave You

Nota: ★★★☆

Ô saco: mais um filme americano sobre família disfuncional.

Os mal-humorados poderiam perfeitamente dizer a frase acima. Prefiro dizer “ô delícia: mais um filme americano sobre família disfuncional”.

Ler Mais »

Preso na Escuridão / Abre los Ojos

Nota: ★★★½

Abre los Ojos, no Brasil Preso na Escuridão, de 1997, foi o segundo longa-metragem co-escrito e dirigido por Alejandro Amenábar. Veio logo depois de Morte ao Vivo/Tesis, do ano anterior. Dois belíssimos filmes, o bastante para chamar a atenção do mundo para esse jovem nascido em Santiago do Chile e criado desde 1 ano de idade na Espanha. Ler Mais »

Downton Abbey – A Sexta Temporada

Nota: ★★★★

Em O Leopardo, seu único livro, o príncipe Giuseppe Tomasi Lampedusa colocou na boca de Tancredi Falconeri, o sobrinho predileto do protagonista, o príncipe de Salina, don Fabrizio Corbera, a frase que se tornou histórica: “Se quisermos que tudo permaneça como está, é preciso que tudo mude”.  Ler Mais »