Dr. Fantástico / Dr. Strangelove Or: How I Learned To Stop Worrying and Love The Bomb

Nota: ★★★★

Há filmes que ficam velhos, datados. Os que abusam dos maneirismos, dos modismos de seu tempo, esses tendem a envelhecer bem rapidamente, ao contrário dos que optam por uma narrativa mais escorreita, mais clássica. Estes últimos são naturalmente mais tendentes a virarem clássicos. Continue lendo “Dr. Fantástico / Dr. Strangelove Or: How I Learned To Stop Worrying and Love The Bomb”

Gentleman Jack

Nota: ★★★☆

No meio do terceiro dos oito episódios da série Gentleman Jack, caprichada produção da BBC e da HBO de 2019, a protagonista da história, Anne Lister, num momento de muito otimismo, confidencia à sua tia idosa e homônima, Anne, que está pensando em morar com Miss Walker. As duas têm se dado muito bem, e poderiam ser companheiras pelo resto da vida, Anne Lister conta para a tia. Seria uma combinação prudente – duas respeitáveis mulheres morando juntas como companhia uma para a outra. Continue lendo “Gentleman Jack”

Chamas do Destino / Le Bazar de la Charité

Nota: ★★★☆

A partir de um fato real – uma tragédia, um incêndio em área nobre de Paris em 1897 que causou 126 mortes, quase todas de mulheres ricas –, a escritora e roteirista Catherine Ramberg criou uma história absolutamente fascinante, impressionante, magnífica. Continue lendo “Chamas do Destino / Le Bazar de la Charité”

Coronel Blimp: Vida e Morte / The Life and Death of Colonel Blimp

Nota: ★★★★

Coronel Blimp: Vida e Morte, da dupla inglesa Michael Powell e Emeric Pressburger, de 1943, é uma obra-prima, um filmaço, dos maiores que já houve. E tem uma história de vida, se é que se pode usar a expressão, tão rica, complexa e séria quanto a trama que conta. Continue lendo “Coronel Blimp: Vida e Morte / The Life and Death of Colonel Blimp”

Doze Jurados / De Twaalf

Nota: ★★★½

Doze Jurados, série belga da região de Flandres lançada em 2019, tem várias qualidades, de deixar cinéfilo boquiaberto, com vontade de aplaudir de pé como na ópera. O elenco é um deles. É uma coisa acachapante. São muitos personagens importantes, pelo menos duas dezenas – e todos os atores que os interpretam estão nada menos que ótimos. Continue lendo “Doze Jurados / De Twaalf”

Wasp Network: Rede de Espiões / Wasp Network

Nota: ★★★☆

Wasp Network é um filme fascinantemente internacional, globalizado. Narra fatos – reais – passados em Cuba, nos Estados Unidos e na América Central; é uma co-produção França-Brasil-Espanha-Bélgica, escrita e dirigida pelo francês Olivier Assayas, esse realizador que é a globalização em pessoa, filho de pai judeu turco – Jacques Rémy, nascido Raymond Assayas – que primeiro se radicou com a Itália e se casou com uma moça de origem húngara. Continue lendo “Wasp Network: Rede de Espiões / Wasp Network”

Sem Amor / Nelyubov

Nota: ★★★½

Sem Amor (2017), do diretor russo Andrey Zvyagintsev, é um filme aterrador. Apavorante, chocante, horripilante. Não, não é um filme de terror. Não tem fantasmas vingativos, espíritos maus – são só seres humanos. Sem Amor é um dos filmes mais pessimistas, mais desesperançados que já vi. Ele não tem dúvida alguma: tem certeza de que a humanidade é uma invenção que não deu mesmo certo.  Continue lendo “Sem Amor / Nelyubov”

Minha Família Feliz / Chemi Bednieri Ojakhi / My Happy Family

Nota: ★★★★

Uma pérola, uma maravilha, uma extraordinária surpresa este filme que vem da Geórgia, em co-produção com Alemanha e França. Está sendo exibido na Netflix com o título em inglês, My Happy Family, o que não tem, é claro, sentido algum. Continue lendo “Minha Família Feliz / Chemi Bednieri Ojakhi / My Happy Family”

Estrelas de Cinema Nunca Morrem / Film Stars Don’t Die in Liverpool

Nota: ★★★½

Quando, em 1979, o jovem ator iniciante Peter conheceu Gloria Grahame, numa casa londrina em que a proprietária alugava quartos, não tinha qualquer noção de quem ela era. É até difícil acreditar nisso – mas é o que mostra o filme baseado no livro de memórias dele. E é, de alguma maneira, a chave para se compreender o relacionamento entre os dois. Continue lendo “Estrelas de Cinema Nunca Morrem / Film Stars Don’t Die in Liverpool”

O Fotógrafo de Mauthausen / El Fotógrafo de Mauthausen

Nota: ★★★☆

“Seguramente nenhum evento da História da humanidade foi tão dissecado pelo cinema quanto a Segunda Guerra Mundial”, escrevi em 1995, quando fazia exatos 50 anos que ela havia acabado. A afirmação continua valendo hoje, quase um quarto de século depois que foi feita, 74 anos após o final do conflito. Até porque de lá para cá dezenas e dezenas de novos filmes sobre a guerra foram e continuam sendo produzidos. Continue lendo “O Fotógrafo de Mauthausen / El Fotógrafo de Mauthausen”