Arquivos da Categoria: Europa

Terra e Liberdade / Land and Freedom


Nota: ★★★★

Obra-prima. Brilhante, emocionante, de fazer pensar e chorar. Desses filmes que fazem a vida valer a pena. Ler Mais »

A História de Adèle H. / L’Histoire d’Adèle H.

zzadele1

Nota: ★★★☆

Homem passional, apaixonado pelas mulheres e pelas paixões, François Truffaut tinha uma admiração sem fim por histórias de amor trágicas, tristíssimas, sem saída. Isso explica, acho, por que ele quis filmar a trágica, tristíssima, sem saída história de Adèle Hugo e seu amor louco, absolutamente insano, por um tenente inglês que não a amava. Ler Mais »

Blow-up

zzblow1

Nota: ★★★★

Uma das muitas coisas que me impressionaram, ao rever Blow-up agora, exatos 49 anos depois de ter visto duas vezes quase em seguida, com poucos dias de diferença, em 1967, foi: mas que antena fantástica tinham mestre Michelangelo Antonioni e seus colaboradores para escolher as pessoas nesta sua primeira aventura fora da Itália, em língua estrangeira. Ler Mais »

Ontem, Hoje e Amanhã/Ieri Oggi Domani

zzontem1

Nota: ★★½☆

Antes de mais nada: Ontem, Hoje e Amanhã, no original Ieri Oggi Domani, tem uma sequência antológica, maravilhosa, belíssima, encantadora, deliciosa. Ler Mais »

Phoenix

zzfenix1

Nota: ★★☆☆

Phoenix, caprichada produção de 2014, começa muito bem – e a expectativa então é de que teremos um grande filme. Afinal, o diretor Christian Petzold e sua atriz preferida Nina Hoss vinham de um filme belíssimo, Barbara (2012), com roteiro do diretor e de Harun Farocki, exatamente como este aqui. Ler Mais »

A Piscina / La Piscine

zzpiscina1

Nota: ★★★☆

Quanta lindeza. E quanta tristeza.

Essas expressões ficaram pipocando na minha cabeça assim que terminei de ver pela primeira vez A Piscina, exatos 47 anos após o lançamento do filme, em 1969. Ler Mais »

O Assassino / L’Assassino

zzassassino1

Nota: ★★★☆

Elio Petri (1929-1982) ficou conhecido em todo o mundo principalmente por dois filmes excelentes, impactantes, polêmicos a não poder, que despertaram grandes paixões: Investigação Sobre um Cidadão Acima de Qualquer Suspeita (1970) e A Classe Operária vai ao Paraíso (1971). Este O Assassino, seu primeiro longa-metragem, de 1961, já mostrava uma dose imensa de talento. Ler Mais »

Terra das Sombras / Shadowlands

zzsombras1

Nota: ★★★½

Há dois adjetivos, em especial, que 9 entre cada 10 críticos de cinema adoram usar quando querem desancar com um filme, quando querem reduzi-lo a pó de cocô do cavalo do bandido: “acadêmico” e “palavroso”. Ler Mais »

The Crown

zzcrown1

Nota: ★★★★

The Crown é um brilho, uma maravilha, um primor. Embora não tenha passado em sala de cinema, nas telas gigantescas – é uma produção original da Netflix, para distribuição via streaming, essa absoluta modernidade que pula portanto as salas e até mesmo os meios físicos, DVD e Blu-ray –, é cinema da melhor qualidade. Cinema para cinéfilo nenhum botar defeito. Ler Mais »

O Garoto Selvagem / L’Enfant Sauvage

l'enfant sauvage 1970 RŽal. : Franois Truffaut Collection Christophel

Nota: ★★★☆

Em seus parcos, exíguos 52 anos de vida, François Truffaut só teve tempo de fazer 24 filmes – 3 curtas e 21 longa-metragens. Poucos, mas, claro, o suficiente para assegurar seu lugar entre os maiores realizadores do primeiro século do cinema. Quatro deles foram sobre crianças, e três sobre crianças de alguma forma mal tratadas – pela vida, pela sociedade, pelos pais. Ler Mais »

Atirem no Pianista/Tirez sur le Pianiste

zztirez1

Nota: ★★☆☆

São estranhos, esquisitos, desconcertantes os primeiros minutos de Atirem no Pianista/Tirez sur le Pianiste (1960), o segundo longa-metragem de François Truffaut, que em sua obra fica ensanduichado entre dois filmes memoráveis, importantes, em todos os sentidos – Os Incompreendidos/Les Quatre-Cents Coups (1959) e Jules et Jim (1962). Ler Mais »

Minha Querida Dama / My Old Lady

zzlady1

Nota: ★★½☆

Kevin Kline, que andava meio sumido. Maggie Smith e Kristin Scott Thomas, que, felizmente, não andavam. Três excelentes, maravilhosos atores. Muita tomada de Paris, coisa de encher os olhos, o coração, a alma. Ler Mais »

Terceira Pessoa / Third Person

zzterceira1

Nota: ★☆☆☆

Terceira Pessoa/Third Person é, na minha opinião, a prova de que um grande autor e realizador pode pisar no tomate, fazer uma obra fraca. Paul Haggis já fez roteiros maravilhosos, já dirigiu belíssimos filmes. Aqui, errou a mão.  Ler Mais »

Alice e Martin / Alice et Martin

zzalice1

Nota: ★★½☆

Na primeira vez em que o diretor André Téchiné e Juliette Binoche trabalharam juntos, em 1985, em Rendez-Vous, ela estava com 21 aninhos e  bem em começo de carreira. Quando voltaram a se encontrar, 13 anos mais tarde, em 1998, para fazer este Alice e Martin, La Binoche já era uma grande estrela, das maiores do cinema mundial. Ler Mais »

O Novíssimo Testamento / Le Tout Noveau Testament

zzdeus1

Nota: ★★★★

Deus existe. Vive em Bruxelas, trancado num apartamento; não sai nunca à rua. Passa a maior parte do tempo em seu escritório, onde ninguém – nem sua mulher, nem sua filha de uns 12 anos – pode entrar. Fica ali trabalhando no computador, e seu trabalho consiste basicamente em fazer a humanidade infeliz. Ler Mais »