Minha Família Feliz / Chemi Bednieri Ojakhi / My Happy Family

Nota: ★★★★

Uma pérola, uma maravilha, uma extraordinária surpresa este filme que vem da Geórgia, em co-produção com Alemanha e França. Está sendo exibido na Netflix com o título em inglês, My Happy Family, o que não tem, é claro, sentido algum. Continue lendo “Minha Família Feliz / Chemi Bednieri Ojakhi / My Happy Family”

Estrelas de Cinema Nunca Morrem / Film Stars Don’t Die in Liverpool

Nota: ★★★½

Quando, em 1979, o jovem ator iniciante Peter conheceu Gloria Grahame, numa casa londrina em que a proprietária alugava quartos, não tinha qualquer noção de quem ela era. É até difícil acreditar nisso – mas é o que mostra o filme baseado no livro de memórias dele. E é, de alguma maneira, a chave para se compreender o relacionamento entre os dois. Continue lendo “Estrelas de Cinema Nunca Morrem / Film Stars Don’t Die in Liverpool”

O Fotógrafo de Mauthausen / El Fotógrafo de Mauthausen

Nota: ★★★☆

“Seguramente nenhum evento da História da humanidade foi tão dissecado pelo cinema quanto a Segunda Guerra Mundial”, escrevi em 1995, quando fazia exatos 50 anos que ela havia acabado. A afirmação continua valendo hoje, quase um quarto de século depois que foi feita, 74 anos após o final do conflito. Até porque de lá para cá dezenas e dezenas de novos filmes sobre a guerra foram e continuam sendo produzidos. Continue lendo “O Fotógrafo de Mauthausen / El Fotógrafo de Mauthausen”

Aqui em Casa Tudo Bem / A Casa Tutti Bene

Nota: ★★★☆

Quem estiver atrás de surpresas, reviravoltas, ineditismos não vai achar nada disso em A Casa Tutti Bene, no Brasil Aqui em Casa Tudo Bem (2018), de Gabriele Muccino. É um mezzo drama, mezzo comédia sobre família, relações familiares – e então não cabem surpresas, reviravoltas, ineditismos. Continue lendo “Aqui em Casa Tudo Bem / A Casa Tutti Bene”

A Jovem Rainha / The Girl King

Nota: ★★★☆

Kristina Augusta, única filha legítima do rei Gustav Adolf II, a Rainha Kristina da Suécia, é uma figura absolutamente, loucamente fascinante. É uma daquelas pessoas cujas vidas parecem ter sido a criação de um ou mais roteiristas de excepcional criatividade, provavelmente embalados por algum ácido ou erva de primeiríssima qualidade. Continue lendo “A Jovem Rainha / The Girl King”

Elisa & Marcela / Elisa y Marcela

Nota: ★★★☆

Elisa & Marcela (2019) é um filme que se dedica com imenso empenho a demonstrar como é extremamente belo o amor de duas pessoas – e como pode ser estupidamente forte, violento, virulento, agressivo o preconceito de parte da sociedade contra aquilo que não entende, não admite, não aprova. Continue lendo “Elisa & Marcela / Elisa y Marcela”

Crônicas de San Francisco / Mais Crônicas de San Francisco / Outras Crônicas de San Francisco

Nota: ★★★☆

Nota: ★★☆☆

Nota: ★★★☆

Pode não ser a mais longa saga mostrada em filme. Afinal, os três filmes The Godfather, de Francis Ford Coppola, também têm personagens que vão evoluindo ao longo de muitos anos, de décadas. A série Star Wars está sempre lançando uma novidade, e então não dá para comparar. Continue lendo “Crônicas de San Francisco / Mais Crônicas de San Francisco / Outras Crônicas de San Francisco”

O Assassinato de Trotsky / The Assassination of Trotsky

Nota: ★★½☆

O Assassinato de Trotsky é uma co-produção França-Itália-Inglaterra de 1972, dirigida por um cineasta de grande prestígio, o americano Joseph Losey, com estrelas de primeiríssima grandeza – Richard Burton, Alain Delon, Romy Schneider – e outros atores importantes – Valentina Cortese, Enrico Maria Salermo, Jean Desailly. Continue lendo “O Assassinato de Trotsky / The Assassination of Trotsky”

Segredos de Alcova e O Diário de uma Camareira

Nota: ★★☆☆

Nota: ★★½☆

Ao longo de sua História, o cinema se mostrou encantado com Le Journal d’une Femme de Chambre, o romance do francês Octave Mirbeau publicado em 1900. A história foi filmada quatro vezes, em 1916, 1946, 1964 e 2015 – duas delas por diretores que estão entre os melhores, mais importantes de todos. Continue lendo “Segredos de Alcova e O Diário de uma Camareira”

À Meia-Luz / Gaslight e À Meia-Luz / Gaslight

Nota: ★★★½

Nota: ★★½☆

À Meia-Luz/Gaslight, de 1944, é uma caprichada e aclamada produção de Hollywood, com diretor e atores de prestígio – George Cukor e Ingrid Bergman, Charles Boyer, Joseph Cotten. Teve nada menos que 7 indicações ao Oscar, inclusive o de atriz coadjuvante para Angela Lansbury em sua estréia no cinema, aos 17 anos de idade – e marcou o primeiro dos 3 Oscars da carreira de Ingrid. Continue lendo “À Meia-Luz / Gaslight e À Meia-Luz / Gaslight”

Mago, o Falso Deus / The Magus

Nota: ★☆☆☆

Há duas opiniões deliciosas, sensacionais, sobre The Magus, no Brasil Mago, o Falso Deus, a história criada pelo inglês John Fowles e transformada em filme com roteiro do próprio autor – o único roteiro que ele se aventurou a fazer na vida. Dirigido pelo inglês Guy Green, o filme foi lançado em 1968, no auge da psicodélia, do tremor de terra na política e na sociedade de diversos países, como a França, os Estados Unidos, a Checoslováquia, o Brasil. Continue lendo “Mago, o Falso Deus / The Magus”