Arquivos da Categoria: EUA e Canadá

Flor de Cacto / Cactus Flower

Nota: ★☆☆☆

Ingrid Bergman, a mais bela mulher que já apareceu à frente de uma câmara de cinema, ficou exatos 20 anos sem filmar nos Estados Unidos, depois que ela e Hollywood se separaram de forma bastante litigiosa, em 1949. Flor de Cacto/Cactus Flower, de 1969, foi o primeiro filme após esse longo hiato. Ler Mais »

À Primeira Vista / At First Site

Nota: ★★½☆

O título – À Primeira Vista/At First Site – dá idéia de que pode ser uma comédia romântica. Não há nada cômico no filme dirigido por Irwin Winkler lançado em 1999. É uma daquelas duríssimas histórias de personagem que enfrenta terrível adversidade. A adversidade, aqui, é uma das mais pavorosas que pode haver: a cegueira. Ler Mais »

Sully: o Herói do Rio Hudson / Sully

Nota: ★★★★

Se for para procurar algum defeito em Sully (2016), creio que o único é que ele é muito curto. Tem apenas 96 minutos. Como é extraordinário, belíssimo, um filmaço, termina depressa – o espectador fica querendo um pouco mais. Ler Mais »

O Rio das Almas Perdidas / River of No Return

Nota: ★★★☆

Otto Preminger não queria dirigir o filme – nunca tinha feito um western, e jamais voltaria a fazer um. Marilyn Monroe não queria atuar nele. Mas atriz e diretor foram obrigados a trabalhar na produção por causa do contrato de cada um com o estúdio, a 20th Century Fox. Ler Mais »

Aliados / Allied

Nota: ★★★★

Aliados me deixou deslumbrado, boquiaberto, de queixo caído.

Vejo muitos filmes já faz tempo demais, e então, quando um filme novo me pega da maneira com que este Aliados pegou, fico ao mesmo tempo absolutamente contente e bastante surpreso. É uma sensação boa demais, e não é tão comum assim. Ler Mais »

A Maleta Fatídica / Nightfall

Nota: ★★½☆

Um estudioso da obra de Jacques Tourneur (1904-1977) diz que, em seus filmes, há sempre o incrível e o inconcebível. Nightfall, no Brasil A Maleta Fatídica, que o diretor francês realizou em 1956, durante o longo período que passou em Hollywood, comprova bem isso. Ler Mais »

Onde Começa o Inferno / Rio Bravo

Nota: ★★★★

Depois de muitos anos de grandes sucessos, tanto Howard Hawks quanto John Wayne haviam enfrentado fracassos, quando se reuniram para fazer Rio Bravo, em 1958. Ler Mais »

Um Senhor Estagiário / The Intern

Nota: ★★½☆

As voltas que o mundo dá. Em 2006, Anne Hathaway era Andy, a jovem jornalista recém-formada que se sujeitava às piores provações como secretária de uma megera no competitivíssimo mundo de Manhattan, o miolo da capital do mundo, em O Diabo Veste Prada. Ler Mais »

Torrentes de Paixão / Niagara

Nota: ★★★☆

Niagara, no Brasil Torrentes de Paixão, de 1953, é muito provavelmente o primeiro filme noir em Technicolor. O primeiro noir com o batom da femme fatale absolutamente vermelho forte, vivo, diferentemente dos grandes noirs que vieram antes, todos em glorioso preto-e-branco, com jogos de luz e sombra, chiaroscuro, herança de uma das suas maiores influências, o expressionismo alemão dos anos 20.    Ler Mais »

Frenesi / Frenzy

Nota: ★★★★

Para fazer seu filme de número 52 (e que acabaria sendo seu penúltimo), Frenesi, lançado em 1972, Alfred Hitchcock voltou à capital de seu país natal, que havia abandonado três décadas antes para se instalar em Hollywood, a Meca da gente de cinema. Ler Mais »

O Mestre dos Gênios / Genius

Nota: ★★★★

Várias, muitas, numerosas vezes o cinema, a arte das imagens em movimento, prestou homenagens à literatura, a arte das palavras. Eu diria que Genius, a co-produção EUA-Inglaterra de 2016, no Brasil O Mestre dos Gênios, é uma das mais belas de todas. Ler Mais »

No, No, Nanette / Tea for Two

Nota: ★★☆☆

O título original do filme é o mesmo da canção famosérrima, “Tea for Two”. No Brasil e em outros países, ganhou o título de No, No, Nanette. A Nanette da história é interpretada por Doris Day, em seu primeiro papel como a principal figura do elenco, o primeiro nome a aparecer nos créditos iniciais. Ler Mais »

Cortina Rasgada / Torn Curtain

Nota: ★★½☆

Cortina Rasgada, o filme número 50 de Alfred Hitchcock, foi muitíssimo mal recebido pela crítica ao ser lançado em 1966. Depois de rever o filme agora, me ocorreu que pode haver diversas explicações para isso. Vários motivos, não excludentes – ao contrário. Ler Mais »

Um Amor de Vizinha / And So It Goes

Nota: ★★★☆

Quem não gosta de filmes previsíveis deve passar bem longe de And So It Goes, no Brasil Um Amor de Vizinha, que o veterano e sempre bom Rob Reiner lançou em 2014. Afinal, é uma comedinha romântica, e comedinhas românticas são necessariamente previsíveis. Ler Mais »

Romance e Cigarros / Romance & Cigarettes

Nota: ★★★☆

Romance e Cigarros, de 2005, foi o terceiro dos até agora cinco longa-metragens dirigidos pelo sempre ótimo ator John Turturro. Ele foi também o autor da história e do roteiro. Ler Mais »