Almas Gêmeas / Heavenly Creatures

zzheaven1

Nota: ★★★½

Antes de se firmar como o mago das superproduções com aventuras de mundos fantásticos, diferentes deste nosso insensato aqui – a trilogia O Senhor dos Anéis, depois a trilogia O Hobbit –, o então bem jovem neo-zelandês Peter Jackson chocou e encantou todos os cinéfilos do planeta com uma história tragicamente real: um crime brutal cometido por duas adolescentes em seu país, em meados dos anos 1950. Continue lendo “Almas Gêmeas / Heavenly Creatures”

Walt nos Bastidores de Mary Poppins / Saving Mr. Banks

zzsaving1

Nota: ★★★½

Nos primeiros 10, 15 minutos do fascinante Saving Mr. Banks, no Brasil Walt nos Bastidores de Mary Poppins, o espectador fica se perguntando: como uma mulher tão absolutamente chata, mal-humorada, de mal com a vida, intolerável, pôde criar um personagem tão alegre, tão delicioso quanto Mary Poppins? Continue lendo “Walt nos Bastidores de Mary Poppins / Saving Mr. Banks”

Segredos Enterrados / Les Secrets

zzsegredos1

Nota: ★☆☆☆

Com muita boa vontade e condescendência, seria possível dizer que este Segredos Enterrados, no original Les Secrets, da tunisiana Raja Amari, pode ser interessante para quem queira saber sobre os hábitos de uma civilização em tudo diferente da nossa, talvez mais próxima da dos venusianos ou jupiterianos do que tudo o que conhecemos. Continue lendo “Segredos Enterrados / Les Secrets”

Um Grito no Escuro / A Cry in the Dark

Nota: ★★★½

Um Grito no Escuro é um belíssimo filme, um emocionante drama familiar baseado numa história real. Poderia ser só isso, e já seria excelente, mas ele vai muito além. Ele deixa qualquer espectador que tenha um mínimo de sensibilidade com vergonha de algumas atitudes que ele próprio, espectador, já tomou na vida. Continue lendo “Um Grito no Escuro / A Cry in the Dark”

London River – Destinos Cruzados / London River

Nota: ★★★★

Anotação em 2011: Uma beleza de filme, uma obra de arte. Duro, triste, amargo como os temas que aborda – o mundo pós 11 de setembro, os ataques terroristas na Inglaterra em 2005, os preconceitos raciais. Uma bela lição de humanismo, uma elegia à capacidade que as pessoas têm de suplantarem seus preconceitos e serem solidários. Continue lendo “London River – Destinos Cruzados / London River”

A Última Onda / The Last Wave


Nota: ★★☆☆

Anotação em 2009: Em 1977, quando fez este filme, aos 33 anos de idade, o australiano Peter Weir já demonstrava ser um cineasta de grande talento. Demonstrava também ser um artista sério, dedicado aos temas mais importantes e difíceis que há na vida, os grandes e básicos questionamentos – quem somos, o que somos, para onde vamos. O filme, no entanto, que começa muito bem, acaba virando uma decepção. Continue lendo “A Última Onda / The Last Wave”